Menu
2019-05-09T09:13:13-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Banco digital

Banco Inter vende 40% de “balcão digital” de seguros para a Wiz por R$ 114 milhões

Anúncio da parceria foi feito junto com o lucro do banco digital no primeiro trimestre, que subiu 15,7% em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 12,1 milhões

8 de maio de 2019
22:48 - atualizado às 9:13
Aplicativo do Banco Inter
Aplicativo do Banco Inter - Imagem: Divulgação

O Banco Inter começa a colher os frutos do grande "balcão digital" que conta com mais de 2 milhões de clientes de sua conta corrente digital sem tarifas. O banco mineiro anunciou na noite desta quarta-feira a venda de 40% de sua plataforma de seguros (Inter Seguros) para a Wiz, por R$ 114 milhões.

Pelo acordo, o Inter vai receber R$ 45 milhões na data de fechamento do negócio. O pagamento dos outros R$ 69 milhões será dividido em quatro parcelas anuais, sujeitas a ajustes de acordo com o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização) da Inter Seguros, que registrou lucro de R$ 11,1 milhões.

O Banco Inter vale hoje R$ 6,3 bilhões na bolsa, de acordo com dados da Economatica. Desde a abertura de capital na B3, há um ano, as ações (BIDI4) mais que triplicaram de valor.

O negócio abre um novo canal de venda para a Wiz, corretora que possui exclusividade para operar no balcão da Caixa Econômica Federal. O futuro da empresa, que também tem ações listadas (WIZS3), estava em aberto, já que o contrato com o banco público termina em 2021.

O anúncio da parceria entre o Banco Inter e a Wiz foi feito junto com o lucro do banco digital no primeiro trimestre, que subiu 15,7% em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 12,1 milhões.

A rentabilidade do Inter foi de 5,1% nos três primeiros meses do ano, abaixo dos 10,8% do mesmo período do ano passado. Mas vale lembrar que a comparação não é perfeita, porque o patrimônio líquido do banco aumentou depois do IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações), realizado no segundo trimestre de 2018.

A carteira de crédito do banco atingiu R$ 3,5 bilhões em março, com crescimento de 30,8% nos últimos 12 meses.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Segredos da bolsa

Com PIB brasileiro em foco, investidores monitoram juros futuros americanos e tensão em Brasília

O grande evento da semana é a divulgação dos números do Produto Interno Bruto brasileiro no ano passado, mas os investidores também monitoram o clima político em Brasília e os sinais de “superaquecimento” da economia americana

Novos tempos

Alvo de Bolsonaro, home office avança no setor público

Bolsonaro usou trabalho remoto para atacar presidente da Petrobras

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies