Menu
2019-05-09T15:14:58-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Balanço

Lucro do Banco do Brasil em 2019 deve ficar perto do teto das projeções, dizem analistas

Após o resultado acima do esperado no primeiro trimestre, analistas começam a trabalhar com lucro próximo a R$ 17,5 bilhões para o Banco do Brasil neste ano

9 de maio de 2019
14:50 - atualizado às 15:14
Fachada do edifício sede do Banco do Brasil em Brasília.
Fachada do edifício sede do Banco do Brasil em Brasília - Imagem: Fernando Bizerra/Agência Senado

Após o resultado acima do esperado no primeiro trimestre, o Banco do Brasil deve atingir um lucro próximo ao teto das projeções feitas pela instituição em 2019, que variam entre R$ 14,5 bilhões e R$ 17,5 bilhões, de acordo com analistas que acompanham o banco.

Nos três primeiros meses do ano, o resultado do Banco do Brasil foi de R$ 4,247 bilhões, um avanço de 40% em relação ao mesmo período do ano passado.

As projeções do mercado apontam para um lucro de R$ 16,6 bilhões do BB neste ano. Mas os analistas esperam uma revisão para cima desse número depois do lucro do primeiro trimestre.

As ações do BB (BBAS3) reagem bem ao balanço, principalmente se levarmos em conta o desempenho ruim da bolsa como um todo hoje. Por volta das 14h28, os papéis eram negociados em alta de 0,47%, cotados a R$ 50,83. Confira também a nossa cobertura completa de mercados.

Embora o lucro tenha ficado acima das estimativas, os analistas chamam a atenção para o fato de o resultado ter sido beneficiado por uma alíquota menor de imposto no período. "A taxa efetiva foi excepcionalmente baixa (17%) e não acreditamos que ela continuará nesse nível", escreveram os analistas do Itaú BBA.

Veja a seguir qual foi a leitura dos analistas sobre os resultados do Banco do Brasil e a recomendação para as ações:

UBS - Acima do esperado em margens, provisões e impostos

Recomendação: compra

Preço-alvo: R$ 68,00

"O Banco do Brasil se beneficiou de menores impostos no trimestre, mas os fundamentos melhoraram mais do que o esperado em várias frentes: margem financeira, custos, provisões e capital - com as tarifas sendo o principal ponto fraco -, o que sustenta nossa visão de que o BB é a melhor opção para a recuperação cíclica da economia."

Itaú BBA - Mirando o topo da projeção de lucro por ação

Recomendação: outperform (compra)

Preço-alvo: R$ 63,00

"Os resultados consolidam nossa visão de que o ponto médio do guidance [projeção] de resultados do Banco do Brasil (R$ 16 bilhões) é conservador, e não excluímos uma revisão para cima do consenso para o lucro (...) O banco continua a reduzir suas principais diferenças (qualidade dos ativos, capital e rentabilidade), o que dará sustento ao momento positivo de resultados."

BTG Pactual - Última linha foi inegavelmente forte

Recomendação: neutra

Preço-alvo: R$ 52,00

"O Banco do Brasil apresentou um forte lucro recorrente. Quando olhamos para o núcleo do resultado, contudo, os números não nos inspiraram, pelo menos quando comparados com as nossas próprias estimativas (...) Nós estamos otimistas com os bancos brasileiros em 2019, e apesar da recomendação neutra, nossa visão para as ações do BB é definitivamente positiva."

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O melhor do seu dinheiro

Avanço na PEC Emergencial e dólar a R$ 5,70

Hoje foi um dia daqueles em que Ibovespa e dólar caminharam para o mesmo sentido – para cima. As notícias têm sido agridoces para o mercado financeiro, então enquanto algumas coisas animam de um lado, outras preocupam do outro. No front da PEC Emergencial, as coisas avançaram, e parece que vai ter, afinal, algum controle […]

Primeiro passo

Os documentos que você deve reunir para declarar o imposto de renda 2021

Reunir a documentação que te auxilia no preenchimento da declaração é o primeiro passo. Empresas tiveram até a última sexta (28) para entregar os informes de rendimentos.

FECHAMENTO

Ibovespa reage na reta final e sobe mais de 1% com novidades sobre PEC Emergencial; dólar também sobe refletindo cautela

A bolsa chegou a cair mais de 2%, enquanto o Banco Central precisou injetar mais de US$ 2 bilhões para tentar segurar o câmbio

Chama o Max

Devo comprar ações da Jereissati para surfar na retomada da economia? Confira a análise

Como investidor, você pode tirar proveito da retomada da economia através dos papéis de uma das mais promissoras microcaps nacionais.

Fundos de investimento

Ney Miyamoto deixa equipe de gestão da Alaska

Fundador e um dos executivos mais experientes da equipe da Alaska, Miyamoto permanece como sócio e investidor dos fundos da casa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies