Menu
2018-10-25T18:15:56-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Oferta de ações

Stone dispara na estreia em Nova York e deixa fundadores bilionários

As ações da empresa brasileira dispararam mais de 30% no primeiro dia de negócios e eram negociadas na casa de US$ 31,50 na tarde de hoje

25 de outubro de 2018
17:18 - atualizado às 18:15
maquininha-balcao-stone
Maquininha de cartões da Stone -

A empresa brasileira de maquininhas de cartão Stone estreou hoje na bolsa americana Nasdaq em grande estilo. As ações dispararam mais de 30% no primeiro dia de negócios e eram negociadas na casa de US$ 31,50 na tarde de hoje.

Os investidores que conseguiram comprar os papéis da empresa na disputada oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) pagaram US$ 24 por ação. O valor ficou acima da faixa definida pelos bancos que coordenam a oferta, que variava de US$ 21 a 23.

No total, a oferta deve movimentar US$ 1,5 bilhão, considerando a venda de todos os lotes de ações.

Garotos-propaganda

Durante o processo do IPO, a Stone ganhou dois grandes garotos-propaganda. Primeiro foi o bilionário americano Warren Buffett, que investiu US$ 340 milhões na companhia ao comprar pouco mais de 14 milhões ações.

Na reta final da operação, foi a vez da chinesa Ant Financial demonstrar interesse em investir US$ 100 milhões na empresa brasileira. A companhia foi criada por Jack Ma, do site de comércio eletrônico Alibaba.

Novos bilionários

Com a oferta bem sucedida, André Street e Eduardo Pontes, fundadores da Stone, se juntaram ao seleto clube dos bilionários. A fortuna combinada dos dois deve ficar na casa dos US$ 2,6 bilhões, já considerando a alta de hoje das ações da empresa na bolsa.

Mesmo antes da entrada dos investidores no IPO a Stone já contava com sócios de peso, como a Gávea Investimentos, do ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga, e a gestora britânica Actis. Ambas aproveitaram a oferta para vender uma parte de suas ações e embolsar o lucro com o investimento.

Leia também:

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

número recorde

Balança comercial tem superávit de US$ 6,164 bilhões em setembro

Apesar do recorde, tanto as exportações quanto as importações registraram quedas na média diária em comparação a setembro de 2019

APOSTAS

XP aposta em ações defensivas e BTG recomenda exposição a construção e e-commerce para outubro

Banco e corretora divulgam carteiras recomendadas após volatilidade de setembro, quando Ibovespa acumulou queda de 4,80%

Impostos e contribuições

Receita: Arrecadação em agosto soma R$124,5 bilhões, acima do teto das projeções

O valor arrecadado no mês passado foi o maior para meses de agosto desde 2014, quando a arrecadação no oitavo mês do ano foi de R$ 127,405 bilhões.

Recuperação acelerada

PMI industrial brasileiro acelera 64,9 em setembro e atinge máxima histórica

É a terceira vez consecutiva que o indicador quebra seu recorde histórico de alta, após julho (58,2) e agosto (64,7)

MERCADO DE TRABALHO

EUA: Pedidos de auxílio-desemprego caem 36 mil, a 837 mil

Resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements