Menu
2019-04-04T14:49:39-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Projeções

OCDE corta projeção do PIB do Brasil para 2019

Organização cortou estimativa do PIB de 2,5% para 2,1% em 2019, anunciou nesta quarta-feira

21 de novembro de 2018
9:34 - atualizado às 14:49
brasil-crise
Crise no Brasil - Imagem: Shutterstock

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) cortou sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil de 2,5% para 2,1% em 2019.

O anúncio foi realizado nesta quarta-feira, 21, na divulgação do relatório "Perspectiva Econômica" de novembro. A estimativa para 2018, porém, ficou intacta em relação aos números de setembro, em 1,2%.

Para a organização, o país é apontado, inclusive, como uma das fontes de instabilidade para a economia global no ano que vem.

"A perspectiva mais turbulenta em 2019 reflete prospectos em deterioração, principalmente em mercados emergentes como a Turquia, a Argentina e o Brasil, enquanto a desaceleração adicional em 2020 é mais um reflexo de desdobramentos em economias avançadas à medida que o comércio em ritmo mais lento e os suportes fiscal e monetários mais baixos se fazem presentes", diz a entidade em documento.

Para a OCDE, a incerteza política em torno da implementação de reformas estruturais, como a da Previdência, tem peso significativo e poderia "descarrilar" a retomada econômica. "Mas se a incerteza se esvair e as reformas avançarem como presumidas, o investimento vai se tornar mais forte", diz o relatório.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

pandemia

Covid-19: número de mortes sobe para 361,8 mil no Brasil

Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 3.459 mortes no país

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies