Menu
2021-03-09T09:59:51-03:00
Estadão Conteúdo
Revisão para cima

OCDE eleva previsão de alta do PIB global em 2021, de 4,2% para 5,6%

O principal motivo para a melhora da revisão é uma perspectiva econômica mais forte para os EUA, que deverão crescer 6,5% em 2021, segundo relatório publicado hoje

9 de março de 2021
9:59
Post,Covid-19,Era,Helping,Hand,For,Business,And,Economy,Concept.
Imagem: Shuttertstock

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) previu nesta terça-feira (9) que o Produto Interno Bruto (PIB) global crescerá 5,6% este ano, depois de sofrer contração de 3,4% em 2020 em meio aos efeitos da pandemia de covid-19. Em dezembro, a OCDE tinha uma projeção mais modesta para a expansão global em 2021, de 4,2%.

A OCDE, que tem sede em Paris, França, espera agora que a economia mundial retorne aos níveis pré-pandemia em meados deste ano, seis meses antes do que calculava em dezembro de 2020.

O principal motivo para a melhora da revisão é uma perspectiva econômica mais forte para os EUA, que deverão crescer 6,5% em 2021, segundo relatório publicado hoje pela OCDE. A projeção anterior era de alta de 3,2%.

Economista-chefe da OCDE, Laurence Boone atribuiu a nova previsão para os EUA à expectativa de mais estímulos fiscais. No fim de semana, o Senado americano aprovou a proposta fiscal de US$ 1,9 trilhão do presidente Joe Biden. A expectativa é que o pacote receba o aval final da Câmara dos Representantes nesta semana.

Boone comentou que a política fiscal tem contribuído muito para a recuperação econômica, mas destacou que também é preciso acelerar as campanhas de vacinação contra a covid-19.

No documento, a OCDE elevou também as projeções de crescimento da zona do euro neste ano, de 3,6% para 3,9%, assim como para o Reino Unido, de 4,2% para 5,1%.

Por outro lado, a previsão para o avanço do PIB da China em 2021 foi ligeiramente revisado para baixo, de 8% para 7,8%. Em relação a outras grandes economias da Ásia, a OCDE agora prevê que Japão e Índia crescerão 2,7% e 12,6%, respectivamente, este ano. Antes, as estimativas eram de 2,3% e 7,9%.

Ainda no relatório, a OCDE comenta que o recente avanço nos rendimentos dos Treasuries reflete expectativas de crescimento e inflação maiores e poderá levar a uma fuga de capitais de países emergentes, onde as campanhas de vacinação estão atrasadas e cuja recuperação econômica deverá ser mais demorada.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado trazendo uma maior cautela ao cenário, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

produção em baixa

Netflix decepciona em novos assinantes, mas nega impacto da concorrência

Papéis da empresa negociados na Nasdaq caíam mais de 10% no after market; pandemia impactou em novas produções, com reflexo no balanço da companhia

Desencontro acadêmico perdoado

Eike Batista é absolvido pela CVM em processo sobre ‘inconsistências’ no currículo

A farsa do fundador do Grupo X, que se apresentava com diferentes credenciais para cada uma das empresas, foi descoberta após sua prisão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies