Você pode ter uma renda semanal de até 500 dólares na sua conta; descubra como aqui

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:10:33-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
AINDA DENTRO DA META

Mercado continua sentindo cheiro de inflação maior para este ano

Essa é a quarta alta de previsão do indicador no ano, segundo boletim Focus, do Banco Central

8 de outubro de 2018
10:40 - atualizado às 14:10
Fachada do Banco Central do Brasil (BC); greve servidores
Estimativa do mercado para o IPCA foi de 4,30% para 4,40% neste anoImagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

O mercado financeiro elevou, mais uma vez, a estimativa de inflação para este ano, segundo relatório de mercado Focus divulgado nesta segunda-feira (8).

Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, os economistas subiram a estimativa de 4,30% para 4,40% em 2018. Essa é a quarta alta do indicador no ano que, há um mês, estava em 4,05%. Para 2019, o mercado continua prevendo um índice de 4,20%. Há um mês, estava em 4,11%.

Para 2020, a projeção do Focus para o IPCA continuou a 4%. Pra 2021, a expectativa foi de 3,97% para 3,95%. Há quatro semanas, era 4% e 3,87%, respectivamente.

Com isso, as estimativas do IPCA ainda seguem dentro da meta de 4,5% para o ano.

O relatório também trouxe outras previsões:

  • Produto Interno Bruto (PIB): caiu de 1,35% a 1,34% para 2018 e manteve estável em 2,50% para 2019.  Os economistas também não alteraram previsão para 2020 e 2021, que continuou em 2,5%
  • Dólar: o mercado manteve as projeções anteriores para 2018, a R$ 3,89, e para 2019, a R$ 3,83
  • Taxa básica de juros (Selic): estável em 6,50% em 2018 e 8% para 2019
  • Balança comercial: projeção de 2018 subiu de US$ 54,6 bilhões para US$ 55 bilhões; para 2019, foi de US$ 45,6 para US$ 46,3 bilhões

IGP-M

O relatório também mostrou a média das projeções para o IGP-M em 2018 permaneceu em 9,60%. Há um mês, estava em 8,25%. No caso de 2019, a alta do IGP-M projetada foi de 4,50% para 4,49%, ante os mesmos 4,49% de quatro semanas antes.

Os Índices Gerais de Preços (IGPs) são calculados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV)  e são afetados pelo desempenho do câmbio e pelos produtos de atacado, em especial os agrícolas.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DIA 38

Os bombeiros chegaram: ata do Copom e Alckmin tentam baixar a temperatura da relação entre Lula e Campos Neto

7 de fevereiro de 2023 - 20:42

Do outro lado, parlamentares do PSOL e do PT querem apresentar requerimento para convidar o presidente do BC a comparecer em uma audiência pública na Câmara para explicar as razões dos juros altos

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Super Quarta fora de época, as melhores ações de atacarejo e o que pensa o Credit Suisse sobre o Nubank; confira os destaques do dia

7 de fevereiro de 2023 - 19:38

Não estamos na quarta-feira e nem houve decisão dupla de política monetária, mas o dia (07) foi marcado por uma inegável energia de Super Quarta. No Brasil e nos Estados Unidos só se falou sobre os juros e o que esperar do futuro.  Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, agradou Wall Street ao não dar […]

OI OU TCHAU?

Qual é o futuro da Oi (OIBR3)? CEO conta o que vai acontecer com a operadora após proteção judicial

7 de fevereiro de 2023 - 19:01

Rodrigo Abreu deu as explicações após os executivos da empresa saírem de reunião em Brasília com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

Balanço 2022

Provisões contra calote da Americanas afetam lucro do Itaú, mas banco ainda registra recorde no ano

7 de fevereiro de 2023 - 18:36

Assim como o Santander, Itaú evitou se referir nominalmente à Americanas na divulgação de resultados e citou “evento subsequente”

MUNDIAL DE CLUBES

Além do Mundial: veja o que mais o Flamengo perdeu com papelão no Marrocos

7 de fevereiro de 2023 - 18:30

Para além da derrota em campo, o Flamengo deixou de ganhar uma soma expressiva ao não se classificar para a final do Mundial de Clubes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies