O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-16T09:39:16-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Aperta o play!

O dragão da inflação continua furioso – veja como proteger seus investimentos das chamas

No podcast Touros e Ursos desta semana, os melhores investimentos para se proteger da inflação no momento

16 de abril de 2022
9:30 - atualizado às 9:39
Dragão cuspindo fogo inflação
Investimentos atrelados ao IPCA protegem o poder de compra do patrimônio do investidor. Imagem: Shutterstock

Os bancos centrais vêm tentando domar o dragão da inflação, mas ele continua furioso lançando chamas sobre a economia global, sobretudo a população mais pobre. Nem o ovo de Páscoa saiu ileso, como você bem deve ter notado, caso tenha tentado comprar algum chocolate para este feriadão.

Na última semana, a divulgação de índices de preços ainda pressionados, no Brasil e nos Estados Unidos, preocupou autoridades monetárias e investidores.

Por aqui, o IPCA de março apresentou alta mensal de 1,62%, acima do teto das estimativas de 1,44%, atingindo a maior variação para um mês de março desde o Plano Real. Em 12 meses, a inflação oficial foi de 11,30%. O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que a inflação “surpreendeu”.

Já nos EUA, o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do mês de março foi de 1,2%, em linha com o esperado. Mas o acumulado em 12 meses, de 8,5%, superou as expectativas de 8,4%, e tornou-se a maior inflação de base anual desde a de dezembro de 1981. O Fed manteve o discurso duro da ata da sua última reunião, deixando o mercado apreensivo em relação às próximas elevações de juros.

Como proteger seus investimentos da inflação

Mas se o consumidor está sentindo a alta dos preços no supermercado, nos postos de combustível e nos seus prestadores de serviço habituais, o investidor pode estar vendo o valor do seu patrimônio ser corroído pelas chamas do dragão.

Felizmente, o Brasil tem um vasto cardápio de investimentos indexados à inflação, herança do nosso passado hiperinflacionário. Há opções capazes de proteger mesmo as reservas dos menores poupadores contra a perda do poder de compra causada pela disparada nos preços.

Esse foi o tema do nosso podcast Touros e Ursos desta semana. Eu e o Victor Aguiar conversamos sobre os investimentos capazes de te proteger da inflação neste momento. Para conhecê-los, basta apertar o play no tocador abaixo!

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

BR Properties (BRPR3) vende 80% do portfólio para fundo canadense, em transação de quase R$ 6 bilhões

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa

CAMINHO ABERTO

TCU aprova privatização da Eletrobras (ELET3); fique por dentro da decisão do tribunal

Uma das prioridades do governo federal, privatização da Eletrobras ainda enfrenta outros obstáculos

CHARLIE BROWN DEU A LETRA

Na mão grande: Putin confisca e subsidiária do Google (GOGL34) na Rússia beira a falência; entenda a história

Governo russo confia na censura e na propaganda para moldar a opinião pública — táticas que lançaram as empresas de tecnologia em uma luta complicada. Ao mesmo tempo, o Kremlin tem procurado impedir que as big techs deixem o país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies