IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2018-11-28T12:51:27-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Governança corporativa

Minoritários do Smiles sofrem derrota na CVM em queda de braço com a Gol

Xerife do mercado de capitais negou pedido para interromper o prazo de convocação da assembleia de acionistas para amanhã e que deve ser o primeiro passo para a incorporação do programa de fidelidade pela empresa aérea

28 de novembro de 2018
12:09 - atualizado às 12:51
Avião da Gol pintado com o logo do Smiles
Avião da Gol pintado com o logo do Smiles - Imagem: Divulgação

Os minoritários do programa de fidelidade Smiles sofreram uma derrota na queda de braço que travam contra a empresa. Ou melhor, com a empresa aérea Gol, controladora do programa de pontos que tem ações listadas na B3.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) negou o pedido feito pela Oceana e outras cinco gestoras de fundos para interromper o prazo de convocação da assembleia de acionistas marcada para amanhã, dia 29 de novembro.

A disputa entre os acionistas do Smiles começou no mês passado, quando a Gol anunciou que não renovaria o contrato com o Smiles, que vence em 2032. Além disso, informou que pretende incorporar o programa de fidelidade de volta para dentro da companhia.

Se você quiser saber toda a história que motivou a disputa, eu recomendo a leitura da matéria que a Marina Gazzoni escreveu aqui para o Seu Dinheiro. Mas o mercado reagiu muito mal à reorganização pretendida pela Gol. Em particular os minoritários, que dormiram acionistas de um programa de fidelidade e acordaram como acionistas de uma empresa aérea.

A assembleia de amanhã que os minoritários esperavam barrar tem na pauta uma mudança no estatuto da Smiles para permitir a criação de um comitê independente para negociar os termos da reorganização.

Os membros do comitê independente já foram escolhidos pelo conselho do Smiles, e são todos nomes conhecidos do mercado: Ana Novaes e José Luiz Osório, que já integraram a CVM, e José Guimarães Monforte.

Uma sobe e a outra desce

As gestoras também pediram para que a xerife do mercado de capitais reconhecesse que houve prática de manipulação de mercado e abuso do poder de controle pela Volluto, acionista controlador da Gol, e pela companhia aérea.

Para os minoritários, a Gol tem interesse em reduzir o valor do Smiles na bolsa. As ações acumulam queda de mais de 40% no ano, uma das maiores entre os papéis que compõem o Ibovespa, índice que reúne as principais ações negociadas na B3.

Já as ações da companhia aérea caminharam na direção contrária e sobem 40% no ano. Tanto a alta da Gol como a queda do Smiles se intensificaram depois do anúncio da reestruturação.

No início da tarde de hoje, as ações do programa de fidelidade recuavam 0,71%, enquanto as da Gol subiam 1,36%.

O que disse a xerife

Em reunião do colegiado realizada ontem, o colegiado da CVM avaliou que não há como afirmar, a priori, que a mudança no estatuto que será discutida na assembleia vai determinar uma efetiva composição de um comitê para avaliar a operação.

A autarquia que regula o mercado de capitais já abriu processo administrativo para investigar a incorporação do Smiles. E disse que os critérios para a criação e a conduta do comitê independente ao longo da negociação serão analisados nesse processo.

O colegiado da CVM também indeferiu o pedido das gestoras sobre as supostas práticas de manipulação de mercado e abuso de poder.

"As presentes conclusões não prejudicam a posterior apuração de responsabilidade por eventuais infrações que porventura venham a ser verificadas na operação", ainda de acordo a CVM. Ou seja, apesar da derrota para os minoritários, o jogo ainda não acabou.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

FIIs HOJE

Fundo imobiliário HCTR11 usa reservas e segura dividendos, mas negocia com desconto de mais de 19% na B3

29 de novembro de 2022 - 12:27

A manutenção do nível atual foi possível graças à reserva de resultado do fundo, que compensou o efeito da deflação sobre o rendimento do portfólio

FALÊNCIA DA CORRETORA

‘Investigando o colapso da FTX’: comitê quer ouvir corretora sobre falência — e processo pode endurecer a lei sobre criptomoedas

29 de novembro de 2022 - 12:13

Em um post nas redes sociais, Maxine Waters, presidente do Comitê de Serviços Financeiros dos EUA, confirmou o agendamento da sessão para 13 de dezembro

TECNOLOGIA

VAR 2.0? Conheça a bola altamente tecnológica que ajudou o juiz a anular o gol de Vini Junior na Copa do Mundo

29 de novembro de 2022 - 11:38

Batizada como Al Rihla, a bola da Copa do Mundo contém dois sensores que emitem 500 sinais de localização por segundo à sala do VAR

DUELO DE GIGANTES

Elon Musk declara guerra contra a Apple pelo “fim da censura” e de taxas excessivas — e ele não é o único

29 de novembro de 2022 - 11:18

CEO da Tesla criticou a empresa de Tim Cook após suposta ameaça da Apple de remover o Twitter da loja de aplicativos App Store; entenda a disputa

RECALCULANDO

JP Morgan muda a recomendação para as ações da B3 (B3SA3); veja se é hora de comprar

29 de novembro de 2022 - 10:45

Além da mudança na avaliação da B3 (B3SA3), o banco também revisou suas projeções para o setor de meios de pagamento como um todo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies