Menu
Luciana Seabra
Advogada do Investidor
Luciana Seabra
É CFP®, especialista em fundos de investimento e sócia da Empiricus
2019-04-20T16:27:38-03:00

Verde: excesso de pessimismo desapareceu e avanço nos preços agora depende de agenda do novo presidente

Em carta aos cotistas, equipe escreve que desenvolvimentos otimistas nos preços precisam de cenário externo mais positivo e resolução da eleição de fato, com sinalizações positivas em termos de equipe e execução de uma boa agenda fiscal e de reformas

5 de outubro de 2018
11:42 - atualizado às 16:27

O cenário que a equipe da Verde, de Luis Stuhlberger, esperava ver se desenrolar ao longo de outubro foi antecipado para a semana pré-eleição. "A grande surpresa foi que esse processo de rejeição à esquerda ocorreu de maneira muito acelerada, especialmente nos últimos dia", constatou na carta a cotistas que acaba de ser divulgada.

A Verde, que administra 26 bilhões de reais, aumentou a exposição a bolsa e reduziu as proteções do fundo ao longo de setembro ao considerar que havia um foco excessivo unidimensional na rejeição ao candidato Bolsonaro. A alta dos últimos dias, entretanto, fez a equipe voltar a olhar para o mercado de forma contida. "A eleição ainda é extremamente apertada, não podemos esquecer", escreveu. "Com os mercados nos preços atuais, parte da assimetria existente – o que considerávamos excesso de pessimismo – desapareceu", somou.

Daqui por diante, segundo a opinião expressa na carta, desenvolvimentos otimistas nos preços de ativos precisam de uma confluência de (i) cenário externo mais positivo e (ii) resolução da eleição de fato, com sinalizações positivas em termos de equipe e execução de uma boa agenda fiscal e de reformas.

Houve também vento contrário do lado global, considerou a equipe da Verde, que vinha se desenvolvendo em uma direção mais construtiva, com sinais de pico do dólar – o que é historicamente bom para emergentes. No entanto, as taxas de juros dos mercados desenvolvidos voltaram a subir de maneira importante, injetando boa dose de risco no curto prazo.

Além de ter aumentado a posição em Bolsa, aproveitando a volatilidade de setembro, a Verde manteve posições em juro real na parte intermediária da curva, as famosas NTN-Bs, com proteção em posições que ganham com o ajuste para cima nos juros americanos.

Em setembro, o Verde teve ganhos no portfólio de ações no Brasil e nas posições tomadas em juros globais. As perdas vieram das posições em juro real e cupom cambial. O saldo foi negativo: queda de 0,3%. No ano, o fundo entrega 3,55%, atrás dos 4,81% do CDI.

Desde a criação do fundo Verde, em 1997, ele rende 15.134%. Nada mal contra os 2.001% do CDI no período.

Em conversa com o Seu Dinheiro, há duas semanas, Stuhlberger revelou sua tese de investimentos com mais detalhes. Você pode ver aqui.

Para ler a carta da Verde na íntegra, siga por este caminho.

 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

ALÍVIO

Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz

Média móvel de novos casos ficou em 22.483 no sábado, alta de 11% em relação aos casos da semana anterior

LUTO

Morre presidente da Samsung, aos 78 anos

Lee Kun-hee foi responsável por transformar a companhia em um dos maiores conglomerados do mundo

INFLAÇÃO

Custo alto deve se manter até 2021 no material de construção

Superaquecimento de itens é reflexo de distorção entre oferta e demanda, diz pesquisadora da FGV

“efeito de três pontos”

O [mau] comportamento dos mercados: as semelhanças entre a trajetória do câmbio e de uma bola de basquete

O câmbio vai oscilar ao gosto das notícias – das guerras comerciais à falta de agenda econômica do governo federal. Mas existe um estranho – e ainda pouco compreendido – “efeito de três pontos”.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies