Menu
2019-04-04T14:10:49-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Revista britânica

Depois de dois ataques a Bolsonaro, The Economist volta a falar de eleição brasileira

Revista publicou uma reportagem em que defende o sistema de votação eletrônico, afirmando que o modelo tornou as eleições mais seguras

6 de outubro de 2018
19:15 - atualizado às 14:10
urna eletrônica brasileira
Urna eletrônica - Imagem: Shutterstock

Depois de criticar Jair Bolsonaro em uma de suas capas e divulgar um vídeo contra o candidato nas redes sociais, a The Economist voltou a publicar conteúdos relacionados às eleições neste sábado, 6. Mas dessa vez a revista britânica mudou o foco e falou sobre a desconfiança que parte dos brasileiros têm com relação à urna eletrônica.

A reportagem defende o uso do sistema eletrônico, afirmando que ele "tornou as eleições brasileiras mais confiáveis, não menos". Lembrou também que, em 22 anos de votações eletrônicas, não foi comprovado nenhum caso sólido de adulteração dos resultados. O texto cita que discursos contra a urna eletrônica ganharam força no Brasil em meio a um contexto "marcado pelo descontentamento popular com o establishment político corrupto".

Discursos pró-urna

A véspera da eleição foi marcada por discursos de defesa ao uso das urnas eletrônicas. A procuradora-geral da República e eleitoral, Raquel Dodge, disse que "não é fácil atingir o ponto de credibilidade que a Justiça Eleitoral brasileira alcançou".

Dodge participou hoje do processo de verificação dos sistemas de votação, na sede do Tribunal Superior Eleitoral, onde foram conferidas a autenticidade e a integridade de quatro softwares utilizados no recebimento dos arquivos das urnas eletrônicas e a inserção dos dados no sistema de totalização da Corte.

Os TRE's também fizeram os últimos ajustes nas máquinas e imprimiram documentos que comprovam que todas as urnas chegarão zeradas aos pontos de voto.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

seu dinheiro na sua noite

Expectativa vs. realidade

Quando eu estava na terceira série do ensino médio, o coordenador do curso deu um alerta aos alunos: em geral os estudantes agem como se o vestibular fosse o objetivo final, e quando passam têm aquela sensação de “ah! Nunca mais vou precisar estudar!” Mas é depois do vestibular que a coisa começa a ficar […]

mudança nas estruturas

Acionistas da Cosan aprovam reorganização societária

Com isso, Cosan Logística e Cosa Limited serão incorporadas pela Cosan

FECHAMENTO DA SEMANA

Ano novo, vida velha: Ibovespa recua e dólar sobe mais de 2% com piora do cenário fiscal e avanço da covid-19

Semana foi negativa para os mercados brasileiros mesmo após a aprovação de vacinas e entusiasmo com Biden no exterior

preocupação

Ex-BCs dizem que atraso na vacinação preocupa por pressão fiscal

Carlos Viana disse não ver uma mudança estrutural no processo inflacionário no País, onde, assim como a atual direção do BC, vê como temporário os choques de preços

pandemia

Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

Diferença da análise do segundo lote para o primeiro está no fato de que o envase e os processos de rotulagem e embalagem ocorrem no Instituto Butantan

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies