Menu
2018-10-08T02:05:06-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Marina Gazzoni
Marina Gazzoni
CEO do Seu Dinheiro. É CFP® (Certified Financial Planner). Tem graduação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e MBA em Informação Econômico-Financeira e Mercado de Capitais no Instituto Educacional BM&FBovespa. Foi Diretora de Conteúdo e editora-chefe do Seu Dinheiro, editora de Economia do G1 e repórter de O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo e do portal IG.
Eleições 2018

Bolsonaro e Haddad vão para 2º turno em eleição marcada pela polarização entre direita e esquerda

Votações de Bolsonaro e Haddad ficaram acima do que apontavam as pesquisas e fora do intervalo considerado tolerável pela margem de erro

7 de outubro de 2018
19:06 - atualizado às 2:05
Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, candidatos às eleições presidenciais de 2018
Candidatos às eleições presidenciais 2018 - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil e Sérgio Silva/Wikimedia Commons

O Brasil terá um embate entre direita e esquerda no segundo turno. Jair Bolsonaro (PSL) ficou com 46,03% dos votos válidos e Fernando Haddad (PT) conquistou 29,28%, com 99% das urnas apuradas, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A eleição marcou a morte do Centrão e a polarização extrema do país. Os candidatos que tentaram ser uma terceira via ao radicalismo, como Ciro Gomes, Marina Silva e Geraldo Alckmin, não conseguiram angariar votos.

A decisão da eleição ocorreu na reta final. Um dos fatos mais marcantes da eleição foi o atentado contra Bolsonaro no dia 6 de setembro, que deixou o líder das pesquisas internado no último mês da campanha. O caso trouxe exposição a Bolsonaro e ele ganhou mais votos após o episódio.

Outro fato marcante da reta final foi o avanço de Haddad. Antes de 17 de setembro, o petista não aparecia nas pesquisas no segundo turno. A vaga no segundo turno mostra que a estratégia do PT de lançar Lula como candidato, mesmo ele estando preso em Curitiba, foi bem-sucedida. O ex-presidente aparecia em primeiro lugar nas intenções de voto antes da eleição e conseguiu transferir um número suficiente de eleitores para garantir Haddad no segundo turno.

Reação dos mercados

O mercado começou a eleição na torcida por Geraldo Alckmin, que fechou um acordo com o Centrão e prometia propor as reformas econômicas no início do mandato. Como Alckmin não emplacou, o mercado financeiro rapidamente migrou para a torcida de Jair Bolsonaro. Na última semana, com o avanço do capitão do Exército trouxe euforia aos mercados, que passaram a vislumbrar a possibilidade da vitória de Bolsonaro no primeiro turno.

Não foi o que aconteceu, mas a votação de Bolsonaro (e também de Haddad) ficou acima do que apontavam as pesquisas e fora do intervalo considerado tolerável pela margem de erro. Na última pesquisa do Ibope, divulgada na véspera da eleição, Bolsonaro tinha 41% dos votos válidos, contra 25% de Haddad.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

esquenta dos mercados

Otimismo com novo pacote de estímulo nos Estados Unidos anima bolsas globais

No Brasil, os investidores seguem atentos ao noticiário em Brasília e nas novidades envolvendo a forma de financiamento do Renda Cidadã

DINHEIRO NO BOLSO

SulAmérica vai pagar R$ 75 milhões em JCP aos acionistas

Valores estão previstos para serem pagos a partir de 16 de abril de 2021, em uma parcela única

OFERTA NA BOLSA

Natura anuncia oferta global de ações de R$ 6,2 bilhões

Empresa quer levantar recursos para acelerar o crescimento nos próximos três anos e reduzir o endividamento em dólar

Gestão na crise

Com alta das taxas, Armor Capital vê oportunidade para entrar “aos poucos” em prefixados

Anúncio do Renda Cidadã é negativo e aumentou o risco fiscal, mas os juros não devem subir para os patamares que o mercado negocia hoje, diz Alfredo Menezes, CEO da Armor

medida anticrise

Governo vai prorrogar novamente corte de jornada e salário

Programa foi anunciado em abril como medida para evitar um aumento ainda maior do desemprego diante da pandemia do novo coronavírus

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements