Menu
2018-10-03T11:38:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Suspeitas

Distribuidoras de combustível ao Aeroporto de Guarulhos entram na mira do Cade

Investigação teve início em 2014 quando a distribuidora de combustíveis Gran Petro denunciou empresas por impedirem sua atuação no aeroporto

3 de outubro de 2018
11:36 - atualizado às 11:38
Aeroporto de Guarulhos
Investigação teve início em 2014 quando Gran Petro disse, em denúncia, que empresas estariam impedindo sua atuação no aeroporto - Imagem: Shutterstock

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu processo contra empresas envolvidas com a distribuição de combustível ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, por suspeita de barrarem a entrada de concorrentes na operação. A informação é do Broadcast, do Estadão, desta quarta-feira, 3.

Entram na lista da investigação a Raízen Combustíveis, BR Distribuidora, Air BP e a própria GRU Airport.

O processo foi instaurado ontem pela superintendência-geral após investigação que teve início em 2014, com a denúncia da Gran Petro de que as distribuidoras e a administradora estariam impedindo sua atuação no aeroporto.

Contrato ilegal

As três distribuidoras investigadas teriam um contrato com a GRU Airport que prevê que a entrada de outra empresa na base de distribuição compartilhada pelas empresas no aeroporto depende da anuência das participantes. De acordo com o Cade, esse dispositivo foi investigado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que concluiu que ele infringia contrato de concessão da administradora com a União.

"Após o início das investigações no Cade, as distribuidoras concordaram em avaliar a entrada da Gran Petro na base de distribuição do aeroporto de Guarulhos, mas impuseram uma série de exigências e dificuldades que podem configurar condutas anticompetitivas", diz a nota do órgão.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

pandemia

Covid-19: Brasil passa das 210 mil mortes causadas pela pandemia

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 452 óbitos pela covid-19

seu dinheiro na sua noite

Antes tarde do que mais tarde

Com o uso emergencial de duas vacinas contra o coronavírus aprovado no Brasil, ainda que com muito atraso em relação a outros países (incluindo emergentes), o brasileiro pode enfim vislumbrar a possibilidade de um retorno à vida normal. Está certo que ainda vai demorar, e provavelmente veremos o resto do mundo voltar à normalidade, enquanto […]

Fechamento

Vacina empolga, mas incertezas ainda são muitas e limitam os ganhos do Ibovespa; dólar fica estável

Embora o início da vacinação tenha criado um princípio de euforia, as incertezas ainda são muitas e nublam o cenário

atenção, acionista

Itaúsa anuncia o pagamento de juros sobre capital próprio adicionais

Base do pagamento é a posição acionária final do dia 22 de janeiro; provento tem retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,01768 por ação

insatisfações com a estatal

Petrobras sai em defesa de sua política de preços

Estatal listou uma série de respostas para justificar eventuais aumentos concedidos ou que possam vir a ser feitos este ano, diante de preços de petróleo em franca recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies