Menu
2018-12-17T17:21:10-02:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Nova carteira

BR Distribuidora deve entrar no Ibovespa a partir de janeiro

Chegada ao principal índice da bolsa ocorre um ano depois da oferta inicial de ações feita pela companhia

17 de dezembro de 2018
17:02 - atualizado às 17:21
Posto de combustíveis Petrobras / BR Distribuidora
Ação já havia sido incluída na primeira prévia, divulgada em 4 de dezembroImagem: Shutterstock

Um ano depois de ter feito sua estreia na bolsa com uma oferta inicial de ações, a BR Distribuidora deve entrar no principal índice da B3. O papel da companhia aparece na segunda prévia do Ibovespa, divulgada nesta segunda-feira, 17. A nova carteira vai vigorar de 7 de janeiro a 3 de maio de 2019.

A ação já havia sido incluída na primeira prévia, divulgada em 4 de dezembro. Segundo a B3, os ativos da BR Distribuidora terão participação de 0,534%. A terceira (e última) preliminar será divulgada em 4 de janeiro de 2019.

Mais uma para a lista

Como nenhuma ação foi excluída, o índice passará a ter 66 ações de 63 empresas. O anúncio dessa lista é importante porque serve de base para as carteiras dos fundos atrelados ao seu desempenho, os chamados Exchange Traded Funds (ETF) e dos fundos passivos. Além disso, o Ibovespa também serve como uma espécie de guia dos grandes investidores locais e internacionais na hora de montarem seus investimentos.

Nos cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice são Vale ON (10,856%), Itaú Unibanco PN (10,796%), Bradesco PN (8,462%), Petrobras PN (6,899%) e Petrobras ON (4,961%).

Para efeitos de comparação, os ativos que apresentaram o maior peso na composição da carteira anterior do índice, válida de 3 de setembro de 2018 a 4 de janeiro de 2019, foram: Vale ON (12,886%), Itaú Unibanco PN (10,442%), Bradesco PN (7,180%), Petrobras PN (6,444%) e Ambev (6,421%).

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Apertem os cintos

Segredos da bolsa: Termina mais um trimestre que valeu por um ano

Semana traz agenda intensa de indicadores tanto no Brasil quanto nos EUA; cautela e volatilidade tendem a seguir em cena

EUA X China

Trump X TikTok: empresa chinesa tenta impedir proibição de downloads

Decisão judicial pode barrar restrição, que passaria a valer a partir de meia-noite deste domingo nos Estados Unidos.

A 38 dias da eleição

Trump anuncia nomeação de Barrett para a Suprema Corte

Nomeação ainda precisa ser confirmada pelo Senado, que hoje tem maioria Republicana.

Últimos ajustes

Guedes se reúne com líder do governo na Câmara para discutir Reforma Tributária

Segundo o deputado Ricardo Barros, na segunda-feira a proposta já estará fechada para uma rodada de discussão com os líderes da base governista no Congresso.

Em 2020

Pandemia tira R$ 12 bilhões em investimentos

Investimentos públicos em infraestrutura deverão ser 10% menores em relação ao estimado antes da pandemia de covid-19.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements