Menu
2018-11-16T12:14:20-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Bolsa

Ações da BR Distribuidora disparam depois que Mourão fala em privatização

A “palavra mágica” para os ouvidos do mercado foi dita pelo vice-presidente eleito por videoconferência em um evento do Bradesco BBI em Nova York

13 de novembro de 2018
15:00 - atualizado às 12:14
Posto de combustíveis Petrobras / BR Distribuidora
Imagem: Shutterstock

A palavra mágica "privatização" levou a uma corrida na tarde de hoje às ações da BR Distribuidora, rede de distribuição e postos de combustíveis controlada pela Petrobras.

As ações chegaram a mais de 8% na máxima do dia após o vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, afirmar que a empresa pode passar para as mãos da iniciativa privada. Ele disse que essa também é a opinião do presidente eleito Jair Bolsonaro, de acordo com informações da agência Bloomberg.

Antes da fala de Mourão, os papéis da empresa eram negociados em queda, em linha com o resto da bolsa hoje. No fechamento, as ações da BR subiram 5,49%.

O general da reserva falou hoje por videoconferência em um evento do Bradesco BBI em Nova York. Ele também disse que o atual presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, deve ser mantido no cargo no governo Bolsonaro.

A BR Distribuidora abriu o capital no fim do ano passado. Na ocasião, a Petrobras vendeu 28,75% do capital da empresa, por pouco mais de R$ 5 bilhões.

A oferta de ações da subsidiária fez parte do plano da estatal de reduzir o endividamento. A Petrobras chegou a negociar a venda direta da participação a investidores estratégicos, mas não fechou acordo.

Desde a estreia, as ações da BR Distribuidora acumulam uma alta de 48,6%, sem considerar a variação de hoje, de acordo com a Economatica. O valor de mercado da companhia no fechamento de ontem era de pouco menos de R$ 25 bilhões.

Sem considerar a valorização de hoje na bolsa, a participação da Petrobras na empresa equivale a R$ 17,8 bilhões. Mas deve aumentar consideravelmente se a privatização de fato caminhar.

Embraer

Além da BR Distribuidora, as ações da Embraer pegam uma carona nas declarações de Mourão. O vice de Jair Bolsonaro disse que o acordo da fabricante de aeronaves brasileira com a americana Boeing e a Embraer é bom será mantido pelo novo governo.

Depois da declaração, os papéis da Embraer deixaram as mínimas do dia e fecharam em alta de quase 3%, ante uma queda de 0,71% do Ibovespa, o principal índice da bolsa.

Ainda segundo Mourão, o Brasil poderá privatizar entre 140 e 150 empresas estatais.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Subindo forte

Mercado Bitcoin anuncia mais um passo para IPO, Bitcoin dispara e bate novo recorde

Os números preliminares apontam para uma valorização entre R$ 10 bilhões e R$ 15 bilhões, que levam em conta dados do exterior e ritmo de crescimento

O melhor do Seu Dinheiro

Do zero aos 50 milhões (e contando)

Eu não faço a menor ideia de quais aplicativos você tem instalados no seu celular. Mas me arriscaria a dizer que um deles é o do PicPay. Se por acaso eu acertei o palpite, não foi por nenhuma força sobrenatural, mas por uma mera questão estatística. Afinal, a carteira digital criada em 2012 por três […]

Avanço da pandemia

Brasil registra 13,5 milhões de casos de covid-19 e 354,6 mil óbitos

Número de recuperados é de quase 12 milhões – 88,5% do total

Esquenta dos Mercados

Orçamento e CPI da Covid seguem no radar do investidor, com inflação dos EUA à caminho

O noticiário de Brasília segue o mesmo, enquanto os indicadores econômicos devem chacoalhar o mercado

nova retomada

BR Malls e Aliansce Sonae reabrem alguns shopping centers

Empresas retomam operações de unidades em locais em que houve flexibilização das medida de combate à covid-19

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies