💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2018-11-16T12:14:20-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Bolsa

Ações da BR Distribuidora disparam depois que Mourão fala em privatização

A “palavra mágica” para os ouvidos do mercado foi dita pelo vice-presidente eleito por videoconferência em um evento do Bradesco BBI em Nova York

13 de novembro de 2018
15:00 - atualizado às 12:14
Petrobras BR
Imagem: Shutterstock

A palavra mágica "privatização" levou a uma corrida na tarde de hoje às ações da BR Distribuidora, rede de distribuição e postos de combustíveis controlada pela Petrobras.

As ações chegaram a mais de 8% na máxima do dia após o vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, afirmar que a empresa pode passar para as mãos da iniciativa privada. Ele disse que essa também é a opinião do presidente eleito Jair Bolsonaro, de acordo com informações da agência Bloomberg.

Antes da fala de Mourão, os papéis da empresa eram negociados em queda, em linha com o resto da bolsa hoje. No fechamento, as ações da BR subiram 5,49%.

O general da reserva falou hoje por videoconferência em um evento do Bradesco BBI em Nova York. Ele também disse que o atual presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, deve ser mantido no cargo no governo Bolsonaro.

A BR Distribuidora abriu o capital no fim do ano passado. Na ocasião, a Petrobras vendeu 28,75% do capital da empresa, por pouco mais de R$ 5 bilhões.

A oferta de ações da subsidiária fez parte do plano da estatal de reduzir o endividamento. A Petrobras chegou a negociar a venda direta da participação a investidores estratégicos, mas não fechou acordo.

Desde a estreia, as ações da BR Distribuidora acumulam uma alta de 48,6%, sem considerar a variação de hoje, de acordo com a Economatica. O valor de mercado da companhia no fechamento de ontem era de pouco menos de R$ 25 bilhões.

Sem considerar a valorização de hoje na bolsa, a participação da Petrobras na empresa equivale a R$ 17,8 bilhões. Mas deve aumentar consideravelmente se a privatização de fato caminhar.

Embraer

Além da BR Distribuidora, as ações da Embraer pegam uma carona nas declarações de Mourão. O vice de Jair Bolsonaro disse que o acordo da fabricante de aeronaves brasileira com a americana Boeing e a Embraer é bom será mantido pelo novo governo.

Depois da declaração, os papéis da Embraer deixaram as mínimas do dia e fecharam em alta de quase 3%, ante uma queda de 0,71% do Ibovespa, o principal índice da bolsa.

Ainda segundo Mourão, o Brasil poderá privatizar entre 140 e 150 empresas estatais.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

DO TETO NÃO PASSA

O caos de Putin! Ameaça russa gera congestionamento de navios, mas preço do barril desaba; entenda

6 de dezembro de 2022 - 18:32

Depois de cair mais de 3% na segunda-feira (06), o Brent — usado como referência internacional — levou um tombo ainda maior hoje, recuando 4%; entenda o que está por trás desse movimento

SEU DINHEIRO NA COPA

Confira os dias dos jogos das quartas-de-final da Copa do Mundo e o horário de Brasil x Croácia

6 de dezembro de 2022 - 17:59

Encerradas as oitavas-de-final, estão definidos os confrontos valendo vaga nas semifinais da Copa do Mundo do Catar

REAJUSTE NO QUADRO

Ninguém fica ileso: Morgan Stanley demite 2% da equipe global. Mas a queda da bolsa não é a única razão dos cortes

6 de dezembro de 2022 - 17:27

A tradicional instituição financeira cortou cerca de 2% do seu quadro de funcionários nesta terça-feira (6); ainda não há informações específicas sobre como a medida impactará as atividades no Brasil

CRISE SEM FIM?

S&P corta rating do IRB (IRBR3) e abre a porta para novos rebaixamentos caso a resseguradora não saia do prejuízo; veja a nova nota da companhia

6 de dezembro de 2022 - 16:56

A agência de classificação mudou de “brAAA”, a nota mais alta em escala nacional, para “brAA+” o rating da companhia

NO RASTRO DA FALÊNCIA

Balanço da Alameda revelado: investimentos de altíssimo risco em criptomoedas e inconsistências mostram bastidores da falência da FTX

6 de dezembro de 2022 - 16:28

Conhecer essas informações pode auxiliar os órgãos fiscalizadores a evitar novas fraudes no setor de criptomoedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies