Menu
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Privatização

Venda da Cemig pode acontecer antes se preço refletir ajuste na empresa, diz Zema

Se o mercado precificar bem, por que esperar pela privatização?, disse o governador eleito de Minas Gerais

22 de novembro de 2018
14:48 - atualizado às 19:32
Governador de MG, Romeu Zema - Imagem: Raul Junior/BTG

A eventual privatização da estatal de energia Cemig pode acontecer até mesmo antes que o novo governo conclua o processo de saneamento da empresa. A afirmação é do governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo).

"Se o mercado precificar bem, por que esperar [pela privatização]?", disse Zema, que participou hoje de evento promovido pelo BTG Pactual, em São Paulo.

Como esperado, os investidores reagiram imediatamente às declarações do governador eleito. As ações da Cemig fecharam em alta de mais de 5%, enquanto o Ibovespa terminou o dia em leve alta de 0,24%.

Existem dois caminhos possíveis para a venda das empresas controladas pelo Estado, segundo o governador eleito. O primeiro seria fazer a melhora da gestão para recuperar o valor das companhias como a Cemig e a Copasa, de saneamento, em um processo de venda.

Mas caso o mercado esteja disposto a assumir o saneamento da empresa, e ainda ofereça ao Estado em uma privatização um preço que já considere a companhia ajustada, a venda poderia acontecer antes.

Constituição de Minas estabeleceu que empresas estatais, como a Cemig, só poderiam ser privatizadas mediante referendo popular. A alteração foi feita na gestão de Itamar Franco no governo do Estado. "Temos que mudar a Constituição para proceder a privatização", afirmou Zema.

O governador eleito de Minas disse ainda que o Estado pretende aderir ao programa de recuperação fiscal do governo federal. Para isso, ele anunciou o nome de Gustavo Barbosa para a Secretaria da Fazenda do Estado. Ele ocupou a mesma função no Rio de Janeiro quando o Estado aderiu ao programa de recuperação federal.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Nada animador

Tesla derrete na bolsa de Nova York após anunciar corte de 7% no quadro de funcionários

Após o anúncio feito pelo CEO da empresa, Elon Musk, através de um email, os papéis da montadora registravam queda de 12% na Nasdaq

Caso Queiroz de volta?

Marco Aurélio Mello dá sinais de que vai rejeitar a suspensão das investigações envolvendo Flávio Bolsonaro

Ministro do STF disse que a “lei vale para todos” e lembrou que, em casos semelhantes, negou seguimento aos processos

Indo pro mercado

Governo de São Paulo anuncia que fundo imobiliário do Estado sairá em março

Segundo o governador João Doria, comercialização do fundo terá início em março deste ano

Nova fase da petroleira

Petrobras anuncia enterro de empréstimos feitos junto aos bancos públicos

Presidente da estatal, Roberto Castello Branco, disse que a petroleira não pegará mais dinheiro com BNDES e Banco do Brasil

Testando a equipe

Por que Davos será decisivo para Bolsonaro?

Sem a presença de Trump, Macron, Macri e Xi Jinping, presidente brasileiro terá um espaço privilegiado no evento

Estreia do novo governo

Discurso de Bolsonaro em Davos defenderá reformas e pilares do liberalismo de Guedes

Apesar do rascunho do discurso já estar pronto, a versão final só deve sair após uma ajudinha de Paulo Guedes

Seu mentor de investimentos

O que você precisa de fato entender na hora de investir seu dinheiro

Nos mercados mundo afora, pouco importa se você é um expert da tecnologia ou das commodities. Na hora H, o que vale mesmo é saber de preço

Ministro da Casa Civil

Para Onyx, família Bolsonaro é vítima de tentativa de desgaste

Vice-presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, atendeu a um pedido da defesa de Flávio Bolsonaro e determinou a suspensão da investigação sobre movimentações de Queiroz

Tá ruim? Injeta dinheiro que melhora!

Mercado azedou? A bolsa caiu? Chama o Fed!

Mudança de discurso do Banco Central americano explica boa parte desse rali das bolsas de valores neste começo de 2019. A questão é: isso vai durar?

Impactou nos papéis

Copel e Sanepar não devem ser vendidas, diz governador do Paraná

Ratinho Júnior sugeriu que as empresas poderiam seguir o exemplo da Compagas, que já conta com uma parceria com grupos privados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu