Menu
2018-10-04T17:45:10-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Sob suspeita

Salmonella volta a assombrar a JBS nos EUA e isso foi péssimo para as ações

Segundo Departamento de agricultura norte-americano, três mil toneladas de carne podem estar contaminadas

4 de outubro de 2018
17:30 - atualizado às 17:45
Embalagem de carne bovina
Imagem: Shutterstock

A Salmonella voltou a assombrar a JBS, mas desta vez na fábrica do grupo em Arizona, nos Estados Unidos.

A JBS Tolleson Inc. anunciou nesta quinta-feira, 4, um recall de 3 mil toneladas de carne por conta de uma possível contaminação por salmonela, segundo o departamento norte-americano de agricultura (USDA).

Com isso, a companhia passou a recolher do mercado produtos de carne bovina crua, incluindo carne moída, que foram acondicionados entre 26 de julho e 7 de setembro e enviados para varejistas de todo o país. O lote possivelmente infectado tem o número "EST 267", conforme a marca de inspeção do USDA.

'Nível 1'

Ainda segundo órgão, entre os dias 5 de agosto a 6 de setembro, 57 pacientes de 16 Estados norte-americanos foram identificados com a doença bacteriana.

Em uma escala de 1 a 3, sendo 1 o pior, a agência classificou o recall da JBS Tolleson como nível 1, o que significa que há uma probabilidade razoável de que o uso do produto cause consequências sérias e adversas à saúde ou até mesmo a morte.

Em comunicado, os Serviços de Inspeção e Segurança Alimentar do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (FSIS, na sigla em inglês), disse se preocupar com os consumidores que possam ter esses produtos estocados em casa, aconselhando que evitem consumir, joguem fora ou retornem os produtos onde foram comprados.

A salmonella é uma bactéria que pode ser ingerida pelo consumido de alimentos contaminados com fezes de animais. Entre os sintomas mais comuns estão diarreia, vômito, cólica abdominal e febre.

E o mercado reage...

É claro que a notícia não pegou nada bem entre os investidores da JBS. O papel da empresa na bolsa logo abriu o dia em baixa e assim se manteve durante todo o pregão. No fim do dia, encerrou as negociações em queda de 4,74%.

Não é a primeira vez

Em maio do ano passado, um estudo realizado pela Proteste encontrou níveis maiores que o permitido pela legislação brasileira de Salmonella em carnes da Friboi, pertencente à JBS. À época, a empresa contestou as afirmações ao dizer que o método da pesquisa "não é indicado para os micro-organismos citados". A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) considerou o estudo válido.

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mercados hoje

Exterior animado embala alta do Ibovespa na abertura; dólar vai a R$ 4,08

Mercados internacionais estão otimistas com o andamento das negociações entre Estados Unidos e China e a vitória do partido Conservador no Reino Unido

em são paulo

Natura conclui maior instalação de painéis solares orgânicos

Foram colocados 1.580 painéis numa área de aproximadamente 1.800 metros quadrados, capazes de gerar 201 KWh por dia, segundo a companhia

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

impasse

China ainda não confirmou acordo comercial com EUA

Comunicado mostra imprevisibilidade de um processo de negociação que abala os mercados financeiros mundiais desde meados do ano passado

melhora no indicador

‘Prévia’ do PIB avança 0,17% em outubro

IBC-Br considera a trajetória das variáveis da agropecuária, indústria e serviços, além de impostos sobre produtos

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

No radar: 33º recorde na bolsa e fraude na Via Varejo

O Ibovespa bateu seu 33º recorde neste ano ontem e o dólar fechou abaixo de R$ 4,10. Entre as empresas o destaque é a Via Varejo, que deixou todo mundo de cabelo em pé ao confirmar uma fraude bilionária. Combina bem com o clima de sexta-feira 13. O que você precisa saber hoje: Mercados • O […]

Hora de dar tchau

BNDES avalia vender sua fatia na Petrobras em oferta que pode chegar a R$ 24 bi

Intenção do banco é vender toda a fatia que detém hoje da petroleira, ou seja, 10% do total de ações ordinárias emitidas pela Petrobras via oferta pública de ações

avanço no paraná

Ânima compra UniCuritiba por R$ 130 milhões

Dono de conceito máximo do MEC (nota 5) e prestes a completar 70 anos de história, o UniCuritiba é a quinta maior instituição privada da região Sul

voltando atrás

Sob pressão, relator propõe reduzir fundo eleitoral para R$ 2 bilhões

Comissão Mista do Orçamento, formada por deputados e senadores, aprovou na semana passada relatório de Domingos Neto que prevê R$ 3,8 bilhões para o fundo usado para financiar as campanhas eleitorais

Novidades no setor

Ford pode investir R$ 1,4 bi na Bahia, afirma sindicato

Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, o que o presidente da Ford América do Sul, Lylle Watters, pediu na semana passada, em reunião com os trabalhadores, “é a precarização da mão de obra”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements