Menu
2019-04-04T13:41:42+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Mercados

Reforma só no segundo semestre e sem o R$ 1 trilhão do Paulo Guedes

Pesquisa do Bank of America Merrill Lynch mostra investidores otimistas, mas querendo progresso em outras áreas além da Previdência. Bovespa deve ir acima dos 110 mil pontos

19 de março de 2019
13:11 - atualizado às 13:41
Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

Em sua pesquisa com gestores voltados à América Latina, o Bank of America Merrill Lynch capta um sentimento positivo com relação ao Brasil e firme aposta no mercado de ações, com o Ibovespa acima dos 110 mil pontos até o fim do ano, dólar mais barato e juros (Selic) estáveis ou mais baixos.

Os riscos para esse cenário benigno estão na agenda de reformas, algo citado por 60% dos participantes, o dobro da pesquisa feita no mês passado. Assim, os riscos externos, como China e um dólar, mais forte estão menos relevantes.

Especificamente sobre Brasil, 31% dos gestores acreditam que a perspectiva para o país ficaria ainda melhor se ocorresse progresso em outras reformas, com autonomia forma do Banco Central e reforma tributária.

Previdência

Todos os gestores pesquisados acreditam na aprovação da reforma da Previdência, mas há variações com relação ao prazo de aprovação e economia esperada. Cada vez menos gestores acreditam em aprovação no primeiro semestre, com a pesquisa atual captando 80% de citações para o segundo semestre, era 61% no mês passado.

Também parece existir uma maior aceitação com uma diluição da economia prevista, mesmo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, praticamente implorando por seu R$ 1 trilhão de impacto em todas suas aparições púbicas.

Para mais de 90% da amostra, uma economia de R$ 700 bilhões seria considerada “positiva”, o que implicaria em uma diluição de cerca de 30%. Apenas 12% acham que uma economia de R$ 400 bilhões, como a proposta pelo governo Michel Temer, seria “positiva”.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Bovespa e dólar

Entre os pesquisados, 38% ainda planejam ampliar sua posição em ações e para 78% deles, essa classe de ativos terá desempenho melhor (outperform) nos próximos seis meses, contra 64% da sondagem anterior.

O Ibovespa, principal índice da B3, deve ir acima dos 110 mil pontos até o fim do ano e para 75% a taxa de câmbio deve estar abaixo de R$ 3,80. Em fevereiro, no entanto, era maior o número de gestores que acreditam em Ibovespa acima dos 120 mil pontos.

Para a taxa Selic, atualmente fixada em 6,5% ao ano, 81% dos gestores esperam juro entre 6% e 7,5% até o fim de 2019, e para 78% dos participantes o Brasil recupera o “grau de investimento” até o fim do governo Jair Bolsonaro (2022).

A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 14 de março, com 119 participantes nas pesquisas regionais, responsáveis por US$ 261 bilhões em ativos.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Roupa nova

Banco Inter dará início às negociações com units na bolsa na sexta-feira

Os certificados de ações terão o código BIDI11 e representam duas ações preferenciais (PN) e uma ordinária (ON) do Banco Inter, que também vai aderir ao Nível 2 de governança da bolsa e estuda captar R$ 1 bilhão em uma oferta de ações

Vai uma carona aí?

Uber completa cinco anos de Brasil com 2,6 bilhões de viagens

Se você acha que anda muito de Uber, olha só isso: o usuário que mais usou o Uber no Brasil nesses últimos cinco anos fez mais de 5 mil viagens pelo app, o que corresponde a cerca de 3 viagens de Uber por dia. Haja boleto!

De olho na Venezuela

Bolsonaro: “É importante buscar solução para Venezuela, até Evo se posicionou

Segundo o presidente, não ficou surpreso com o posicionamento de Morales, uma vez que o chefe de Estado boliviano já havia dados sinais positivos quando decidiu prender o italiano Cesare Battisti

Ainda sobre Eduardo

Para Mourão, indicação de Eduardo para embaixada nos EUA está dentro do padrão

“Dentro das regras da escolha para quem não é da carreira diplomática, ele está dentro do padrão. É uma decisão do presidente. Decisão a gente não discute”, disse.

Fracasso de crítica

A base de assinantes da Netflix cresceu menos que o esperado — e o mercado reagiu mal

Os resultados trimestrais da Netflix decepcionaram o mercado, em especial os números de expansão de novos usuários. Como resultado, as ações despencaram no after market de Nova York

Seu Dinheiro na sua noite

Posto Ipiranga entre o FGTS e a reforma

As histórias que mexeram com o Seu Dinheiro hoje

Há limite para o Magalu?

Ações do Magazine Luiza já subiram mais de 30% neste ano. Para o Bradesco BBI, há espaço para mais

Apesar dos ganhos expressivos dos papéis do Magazine Luiza nos últimos anos, o Bradesco BBI acredita que os papéis ainda podem subir mais, uma vez que a empresa possui boas perspectivas para surfar a nova onda do e-commerce

opinião de peso

FMI: Brasil deve atuar com limitada intervenção no câmbio ante volatilidade

Na avaliação do Fundo, as autoridades brasileiras devem manter “fortes amortecedores” para o caso de eventos globais desestabilizadores

mais do que peso real

Argentina estudará mudanças para criação de moeda única do Mercosul, diz ministro

Diferentemente do que Guedes havia sinalizado, Dujovne apontou para a criação de uma moeda única para todo o Mercosul

saldo

Fluxo cambial total em julho até dia 12 é negativo em US$ 1,227 bi

Canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 188 milhões no período, resultado de aportes no valor de US$ 20,941 bilhões e de retiradas no total de US$ 21,130 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements