Menu
2019-06-12T15:18:37+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
quem vai e quem não vai?

Câmara sinaliza acordo para reforma sem Estados e municípios

Líderes da Câmara disseram nesta quarta-feira, 12, que um acordo foi fechado com o relator da reforma da Previdência; Maia disse que relatório será lido nesta quinta-feira

12 de junho de 2019
14:38 - atualizado às 15:18
Rodrigo Maia
Maia disse que o relatório da reforma da Previdência será lido na Comissão Especial nesta quinta, 13. - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Os líderes da Câmara disseram nesta quarta-feira, 12, que um acordo foi fechado com o relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), para retirar do texto Estados e municípios do seu relatório. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), seguiu a mesma linha.

Maia disse que o relatório da reforma da Previdência será lido na Comissão Especial nesta quinta, 13. Ele ainda disse que o relatório deverá ser votado pelo plenário da Casa na primeira semana de julho. "É depois do relatório apresentado que vão aparecer as polêmicas", disse ele.

Para o líder do PP, Arthur Lira, os Estados e municípios podem voltar a serem incluídos na reforma no plenário, por emenda, mas ele não acredita que haverá votos para isso. "Se os governadores quiserem garantirem os votos, eles apresentam a emenda", disse o líder da Maioria, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Segundo apuração do Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), alguns pontos ainda não foram definidos, como a inclusão de mudanças para policiais. Há uma tendência de que a capitalização fique de fora, o que ainda não foi batido o martelo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Além disso, o relator deve restringir o pagamento do benefício do abono salarial a quem ganha até 1,4 salário mínimo (R$ 1.397,20), o que reduziria o impacto da medida em cerca de R$ 80 bilhões, como o Broadcast já tinha adiantado.

Já o líder do MDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), disse que acredita que a idade mínima para mulheres se aposentarem deve ficar em 62 anos, com um tempo mínimo de contribuição de 15 anos. Esse prazo seria uma demanda da bancada feminina que Moreira estaria disposto a atender.

Fala oposição

A líder da minoria na Câmara, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), afirmou que a oposição vai obstruir toda a pauta da Câmara para debater a crise política, após o vazamento de supostos diálogos envolvendo o ministro da Justiça, Sergio Moro.

Feghali afirmou que quer usar a sessão de hoje para discutir crise política. "Queremos votar projetos sobre Brumadinho amanhã, hoje tem que ser um dia de afirmação do parlamento brasileiro", comentou.

Segundo ela, até terça a oposição deve conseguir assinaturas para a criação de uma CPMI da Lava Jato no Congresso.

A líder afirmou ainda que os partidos de esquerda vão atuar para que a reforma da Previdência não seja votada neste semestre e que eles têm uma reunião com o relator da proposta nesta quarta-feira às 17 horas.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Seu dinheiro no domingo

O mercado sempre oscila entre o cenário perfeito e o desesperador. Saber onde estamos é o segredo para ganhar dinheiro

Se a percepção prevalente no mercado é de que as coisas só podem melhorar, o investidor deve encarar isso com cautela

DIÁLOGO CORDIAL

Presidente do BNDES conversou com ministro da Economia sobre demissão

Levy entregou seu pedido de demissão do cargo ao ministro após ser alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro neste sábado (15)

TCHAU

Presidente do BNDES confirma pedido de demissão após declarações de Bolsonaro

Levy foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro no sábado (15), em função da nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor

REDUÇÃO DE DANOS

Nada impede que a capitalização seja aprovada no 2º semestre, diz Maia no Twitter

O presidente da Câmara defendeu que a questão pode até ficar de fora do primeiro texto da reforma, mas destacou propostas já em andamento na área

CABEÇA A PRÊMIO

Gustavo Franco e Salim Mattar são cotados para substituir Levy

A avaliação é a de que a permanência do atual presidente do BNDES tornou-se insustentável depois da bronca em público do presidente

OS 10 MAIS RICOS DO MUNDO

Larry Page, o bilionário que criou o Google, ama carros voadores e tem o salário de US$ 1

O Seu Dinheiro estreia hoje (16) um série com a história dos 10 homens mais ricos do mundo. Quem são? Como vivem? Como ficaram bilionários? E que lições você pode aprender com eles? Começamos a contagem regressiva de fortunas (haja dedo) com Larry Page, o décimo homem mais rico do mundo, e todo domingo traremos uma história nova.

O CLIMA ESQUENTOU

Bolsonaro ameaça demitir Levy por nomeação de diretor que trabalhou no governo PT

Na sexta-feira, 14, durante café da manhã com jornalista, Bolsonaro demitiu o presidente dos Correios, general Juarez Cunha

RALI

Nada de Bitcoin: criptomoeda que valorizou 330% em 2019 tem outro nome

Segundo analistas, há pelo menos duas razões claras para o movimento de alta do Litecoin. Entenda o que está causando esse fenômeno

ENTREVISTA

“Não vou impor uma solução e destruir a reforma”, diz Samuel Moreira

Relator da proposta conta ter abdicado inclusive de convicções próprias em favor da construção de um texto com apoio suficiente das lideranças

NOS TRILHOS

Rumo avaliará participar de Fiol e Ferrogrão

Ferrovias estão entre os mais importantes projetos ferroviários para o escoamento de commodities, como grãos e minério de ferro, do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements