Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
2019-05-09T09:28:38+00:00
Crypto News

O melhor e o pior investimento

Apesar de todo o papo sobre ser uma “bolha”, o bitcoin é até agora o melhor investimento do ano, com alta de 53%

8 de maio de 2019
20:38 - atualizado às 9:28
Bitcoin
Bitcoin: alta de 53 por cento — mais que petróleo, ações de tech e real estate norte-americano - Imagem: Shutterstock

Eu não sou nem um pouco supersticioso, mas eu tenho algumas boas histórias na vida com o número 6, que acho um tanto curiosas.

Minha pontuação para entrar na faculdade foi 66,6, e terminei meu curso na mesma faculdade com nota média de 6,3.

Além disso, foi na casa dos 600 dólares que fiz o meu primeiro grande aporte em bitcoin e, na casa dos 6 mil dólares, o mais recente grande aporte, no fim do ano.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

E, como você deve imaginar, naquele momento, em setembro de 2018, eu acreditava que tínhamos chegado a um mercado flat e que uma volta da cripto estava bem próxima.

Fui pego no contrapé e vi essa grana chegar aos 3 mil dólares. Foi dolorido, mas o meu dinheiro estava exatamente onde minha boca estava.

O “skin in the game” é como a meritocracia, um belo conceito, mas vivê-lo tem suas dores.

E agora, com a volta parcial do bitcoin, alguns já começam a falar do tema como donos da verdade, sempre chamando esse mercado de bolha, fraude e até de veneno de rato.

Por isso peço para esses que falam do tema com propriedade que ponham o “skin in the game” em prática.

A CME está aberta em horário de mercado para os “bears” entrarem em uma ponta vendida e realmente provarem que acreditam que isso tudo é uma bolha.

Enquanto isso, até o momento, o bitcoin é o melhor investimento do ano, com alta de 53 por cento — mais rentável que petróleo, ações de tech e real estate norte-americano.

“Mas em janelas curtas qualquer um é campeão de rentabilidade.”

Verdade. Então me mostre uma janela de cinco ou dez anos em que o bitcoin não foi um dos melhores ou o melhor investimento do mercado.

De março de 2013 até março de 2018, tivemos mais de 6 mil por cento de rentabilidade.

Agora, coloque qualquer investimento ao lado disso e veja o poder que o bitcoin tem em um portfólio diversificado.

É exatamente essa narrativa que os fundos de investimento começam a comprar em relação ao mercado cripto. Além disso, os dados de baixíssima correlação com o mercado tradicional também atraem qualquer gestor de portfólio.

Aos poucos, o mercado vai descobrindo o bitcoin como investimento e também como instrumento de finanças descentralizadas.

A Abra (carteira de cripto) já permite que, através do bitcoin, os seus usuários consigam se expor ao risco de ações do mercado norte-americano.

Com o mínimo de 5 dólares já é possível se posicionar long (comprado) em ações da Google, Amazon, Alibaba e muitas outras.

Apesar de essa funcionalidade do app ser muito revolucionária, ainda é só uma das primeiras coisas que as criptos nos permitem. Trata-se de uma inovação tal qual o e-mail no começo da internet: muito útil naquele momento, mas, nos dias de hoje, algo banal.

Quanto à minha história com o número 6: acredito que o ponto alto dos próximos dias será esse flerte com os 6 mil dólares.

Ultrapassando essa marca, acho que uma data também importante é o 6 de junho (6/6), apenas pela numerologia envolvida. Nada mais.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Economia aquecida?

Empresários esperam queda na inadimplência e mais investimentos até o fim do ano

Pesquisa também mostra que 55% das empresas têm a intenção de aportar recursos em novos produtos e serviços, 53% querem dar um upgrade tecnológico e 46% capacitar seus profissionais

Seu Dinheiro na sua noite

O elefante na loja de cristais dos mercados

No seu livro Princípios – leitura obrigatória (ao lado do meu romance Os Jogadores, é claro…) –, Ray Dalio afirma que o importante para quem investe não é prever o futuro, mas captar mudanças no ambiente econômico enquanto elas estão acontecendo. O bilionário gestor do maior “hedge fund” do mundo sabe que é natural os […]

Sete blocos envolvidos

MPF entra com ação para impedir leilão de petróleo ao lado de Abrolhos

MPF na Bahia sustenta que blocos não deveriam ir a leilão sem os devidos estudos ambientais prévios

Papel passado

Bolsonaro sanciona com vetos MP da liberdade econômica

Presidente disse durante a cerimônia de sanção que o governo avalia projeto para incentivar a abertura de empresas

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast Touros e Ursos: A Selic caiu novamente. E agora, como ficam os seus investimentos?

Repórteres do Seu Dinheiro trazem em podcast semanal um panorama sobre tudo o que movimentou os seus investimentos nesta semana

A grana tá solta

Governo libera R$ 12,459 bilhões do Orçamento de 2019 e educação leva a maior fatia do bolo

Parte desse dinheiro não poderá ser distribuída livremente já que, do total, R$ 2,6 bilhões vêm das receitas recuperadas por meio da Operação Lava Jato

Tesourada no governo também

Ministério da Economia corta projeção da Selic em 2019 de 6,2% para 5,9%

Projeção para o câmbio médio deste ano passou de R$ 3,8 para R$ 3,9. Já a estimativa para a alta da massa salarial passou de 5,5% para 4,9%

Meio ambiente em jogo

Amazon entra na onda verde e assina acordo ambicioso para combater mudanças climáticas

Como parte do plano, Bezos disse ainda que vai adquirir 100 mil vans de entregas elétricas da startup de veículos elétricos Rivian e que elas vão começar a rodar a partir de 2021

O céu é o limite?

Ações da Braskem disparam na bolsa após notícias sobre venda pela Odebrecht

Construtora teria recontratado a empresa Lazard para dar continuidade às negociações de venda da sua participação na Braskem

Nova tecnologia

Tim prepara novos polos de testes do 5G no Brasil

“Queremos disponibilizar a tecnologia o quanto antes para que os desenvolvedores comecem a projetar aplicações. Quando o 5G chegar, elas já estarão disponíveis”, explicou, em entrevista ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements