Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
JP Morgan
Publicações
De olho no Twitter

O impacto dos tuítes de Trump: JP Morgan cria índice para analisar efeito de suas publicações

Depois de analisar os mais de 10 mil tuítes feitos pelo presidente norte-americano desde que assumiu, os especialistas chegaram a conclusão que os tuítes do presidente geram volatilidade no mercado

Entrevista

‘Teremos um ciclo melhor do que o de 2006 e 2007’

Para o presidente do banco americano JPMorgan no Brasil, José Berenguer Neto, o ciclo de entusiasmo no mercado brasileiro tem potencial para ser maior do que o observado há mais de uma década

E ainda estamos em maio...

Para analistas, economia caminha para ano perdido

Em 2019, 11 instituições financeiras já estão com estimativas inferiores a 1,0% para o crescimento desta ano. Em pesquisa anterior, apenas 3 previam crescimento menor

Bancos

O que o CEO do JPMorgan tem a dizer sobre o rumo da economia global

Em sua carta anual, Jamie Dimon, presidente do maior banco americano, faz uma breve menção ao Brasil ao destacar que, em meio às preocupações com a recessão global, o país “virou a esquina economicamente”

A primeira do governo Bolsonaro

Tesouro Nacional emite US$ 1,5 bilhão em captação de títulos de dívida no exterior

Tesouro costuma ser um dos primeiros a captar no mercado de dívida externa, o que acaba servindo como uma marcação de preços para emissões privadas

Crypto News

Long bitcoin, short JPM coin

Conheça a criptomoeda totalmente controlada pelo JP Morgan, que terá como missão ajudar na transferência de recursos internacionais do banco

PARA VOLTAR AS BOAS

A sugestão do analista do JP Morgan para a Apple voltar às boas: por que você não compra a Netflix?

Nas estimativas de Samik Chatterjee, a aquisição da empresa custaria, provavelmente cerca de US$ 189 bilhões. Na opinião dele, a Netflix seria a melhor estratégia para aumentar a posição da Apple como criadora de conteúdo em vídeo

Desânimo

Para JP Morgan, aumentou a chance de recessão nos EUA nos próximos 12 meses

Banco projeta uma probabilidade de 42,9% de contração na economia americana, contra uma projeção anterior de 40,8%

Cervejeira decepcionou

Com todo mundo dizendo “fuja”, Ambev cai forte na bolsa e vive tempestade pós-balanço

Diversos operadores de mercado avaliaram de forma bem negativa as ações da companhia, que pelo jeito vai ter pouco espaço para virar o jogo

Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements