Menu
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
OS RICOS DEVEM PAGAR O PATO?

Cresce percepção de que mais ricos devem pagar mais impostos

Pesquisa da Oxfam Brasil e Datafolha mostra que 77% dos brasileiros acreditam nessa premissa, contra 71% dos entrevistados um ano antes. Visão de estado mínimo tem pouca aderência entre a população.

8 de abril de 2019
10:52 - atualizado às 16:33
Estação de Metrô
Imagem: Shutterstock

A visão de que os ricos devem pagar mais impostos e financiar políticas sociais no Brasil ganha força. Segundo uma pesquisa da Oxfam Brasil e Datafolha com dados de 2018, divulgada nesta segunda-feira (8), 77% dos brasileiros acreditam nessa premissa, uma fatia maior dos que os 71% dos entrevistados que concordaram com a mesma questão um ano antes.

A pesquisa ainda mostra que 94% da população acredita que o imposto pago deve beneficiar os mais pobres.

Chamou a atenção dos pesquisadores o alto apoio da população a ideia de que o governo deve atuar na diminuição das desigualdades. 84% concorda que é obrigação dos governos diminuir a diferença entre muito ricos e muito pobres, ante 79% em 2017; e 75% apoia a universalidade do ensino público fundamental e médio. Outros 73% defendem a universalidade para atendimento em postos de saúde e hospitais.

"Fica ainda mais evidente que não passamos por uma “onda liberal” para políticas sociais como desejariam aqueles que defendem o estado mínimo – ao contrário, o brasileiro espera cada vez mais investimento estatal na sociedade para um futuro próspero e mais equitativo", dizem os pesquisadores em documento.

Já as prioridades para o imposto pago receberam, na pesquisa, uma nota de 0 a dez. Combate à corrupção (9,7), investimento público em saúde, maior oferta de emprego e investimento público em educação — 9,6 todos — foram elencadas primeiro.

Para maioria, gênero e raça também impactam renda

A pesquisa também mostra que 64% concordam total ou parcialmente que “mulheres ganham menos no mercado de trabalho por serem mulheres”, contra 33% que discordam. Em 2017, a concordância total ou parcial era de 57% e a discordância total ou parcial era de 41%.

Quanto ao racismo, 52% dos brasileiros concordam com a afirmação de que “negros ganham menos no mercado de trabalho pelo fato de serem negros”. Em 2017, as concordâncias somavam 46% contra 50% de discordância.

Quem se diz rico

A pesquisa também perguntou como as pessoas se percebem na distribuição de renda nacional. Os entrevistados tiveram de responder onde se localizam numa escala de 0 a 100, na qual "0" significa “muito pobre” e "100" significa “muito rico”. 85% dos brasileiros se colocam na metade mais pobre (0 a 50).

"Apesar de se tratar de uma oscilação positiva quando comparada aos níveis da primeira pesquisa de 2017 (na qual esse número foi de 88%), ainda é bastante distorcida a percepção da distribuição social", diz o documento divulgado hoje.

Segundo a pesquisa, as maiores variações entre a percepção da própria renda e a realidade ocorreram nas “extremidades”: entre 2017 e 2019, caiu de 41% para 38% o contingente que se coloca entre 0 e 25, e subiu de 1% para 5% aqueles que se colocam entre 76 e 100. No geral, subiu de 12% para 16.

A pesquisa foi feita nacionalmente entre os dias 12 e 18 de fevereiro deste ano.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O LEMA DE SÃO TOMÉ

Por que os gringos estão com o pé atrás em relação ao Brasil e à bolsa?

Apesar de o Ibovespa acumular alta em 2019, o fluxo de recursos estrangeiros para a bolsa no mercado à vista está negativo. Com a reforma da Previdência avançando aos trancos e barrancos, os gringos estão como São Tomé: só acreditam vendo

Transparência

Guedes defende mesma transparência do Copom para política de preços da Petrobras

Em entrevista, ministro voltou a defender que a estatal é livre para definir os preços

Petróleo

ANP nega mais prazo à Petrobras; campos terrestres irão para oferta permanente

Agência reguladora negou mais prazo para a estatal apresentar um plano de desativação de campos terrestres que não estão em produção há mais de seis meses

BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: Siga o dinheiro

A vida dos milionários costuma fascinar as pessoas que ainda não chegaram e talvez nunca cheguem lá. Esse é o tipo de tema que costuma despertar as paixões humanas: admiração, inveja, raiva ou simplesmente a questão aspiracional. Quem não nasceu em uma família endinheirada certamente já pensou em como seria a sua vida se fosse […]

Atualização

Avianca cancela mais de 1.300 voos até dia 28

Guarulhos, Brasília e Galeão são os aeroportos mais prejudicados pelos cancelamentos. Já Congonhas e Santos Dumont parecem ter sido poupados

Entrevista

‘O Brasil precisa apressar o passo nas reformas’, diz conselheiro de Paulo Guedes

Para Carlos Langoni, Brasil precisa se apressar porque o processo de “desaceleração sincronizada” da economia mundial impõe desafios ao país. Confira na entrevista

Piora nas contas

Déficit estrutural do setor público chega a 0,7% do PIB em 2018

Devido à deterioração das contas dos Estados e municípios, movimento de melhora das contas públicas pelo resultado oficial não aconteceu no estrutural, que apresentou piora no ano passado

Preço do diesel

Em áudio, Onyx diz que deu uma ‘trava na Petrobras’

Ministro da Casa Civil diz que os caminhoneiros podem ficar sossegados que o governo tem trabalhado para resolver o problema deles

Na mira de quem tem grana

Para que cidades os milionários estão se mudando?

Estudo mostra que Dubai, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Sydney, Miami e São Francisco caíram nas graças dos endinheirados

Mercados

O que preocupa gestores de US$ 12 trilhões e uma oportunidade para o Brasil

O país tem que abocanhar trilhão ou menos centenas de bilhões desse dinheiro que está à procura de retornos atrativos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu