Menu
2019-04-04T14:41:35+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Em análise

Banco Votorantim estuda IPO ainda este ano, segundo jornal

Na avaliação dos sócios, instituição já chegou a uma posição satisfatória para um IPO após atingir lucro líquido de R$ 1 bilhão

13 de fevereiro de 2019
11:21 - atualizado às 14:41
Banco Votorantim
Imagem: Divulgação

O Banco Votorantim está a caminho de abrir seu capital na bolsa e fazer uma oferta pública de ações (IPO, em inglês) ainda neste ano. A informação é da coluna "Broadcast", do "Estado de S. Paulo,  desta quarta-feira, 13.

Na avaliação dos sócios e da família Ermírio de Moraes, a instituição já chegou a uma posição satisfatória para um IPO após atingir lucro líquido de R$ 1 bilhão.

No início do ano, a diretoria executiva de Finanças e Relações com Investidores da instituição passou a ser comandada por Rodrigo Tremante.

O movimento foi visto como um sinal de que estava prestes a fazer um IPO já que Tremante, que vem do Carrefour, comandou a abertura de capital do varejista no país.

Depois de quase dobrar seus resultados no ano passado, o banco Votorantim, controlado por Banco do Brasil e a família Ermírio de Moraes, espera colher frutos da estratégia de diversificação de negócios que fez nos últimos anos, reduzindo o peso do crédito a veículos em sua operação.

Na mira, conforme o presidente da instituição, Elcio Jorge dos Santos, estão parcerias já fechadas na área de educação, saúde, turismo e ainda novos contratos que possam surgir com foco, principalmente, na oferta de crédito.

Com uma carteira de mais de R$ 33 bilhões em crédito a veículos, o ganho de escala em outros segmentos não reduzirá, contudo, esse peso do dia para a noite. "Não vejo a participação de crédito a veículos se reduzindo nominalmente, mas de forma proporcional ao longo do tempo outras verticais de negócios passarão a ter um papel mais representativo", avalia Santos, em entrevista ao Broadcast.

"Vamos diversificar sem perdermos o protagonismo no crédito a veículos", acrescenta.

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

estratégias para emplacar novo embaixador

Aliados querem mudar comissão que vai sabatinar Eduardo

Primeira alteração seria tornar o senador Flávio Bolsonaro, irmão de Eduardo, titular do colegiado

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Entrevista

‘Teremos um ciclo melhor do que o de 2006 e 2007’

Para o presidente do banco americano JPMorgan no Brasil, José Berenguer Neto, o ciclo de entusiasmo no mercado brasileiro tem potencial para ser maior do que o observado há mais de uma década

na expectativa

Governo quer reduzir alíquota do IR para máximo de 25%, diz Bolsonaro

Outra ideia do governo é unificar impostos e contribuições federais, como PIS, Cofins, IPI e IOF, em um imposto único

Novos planos

Weg chega ao varejo e amplia projeto de miniusinas solares em condomínios

Abertura dessa relação direta com o cliente pessoa física segue de perto a estratégia adotada por uma de suas principais concorrentes no segmento corporativo, a Siemens

a bula do mercado

Guerra comercial chega aos balanços corporativos

Detalhes sobre saque do FGTS são esperados no Brasil

Crypto news

Volátil, mas rentável. As surpresas positivas de quem investe no mundo das criptomoedas

Ao contrário do que pensa uma boa parte dos investidores, não podemos propagar a falácia de que o mercado cripto é um mercado perdedor. Por exemplo, no ano, mais de 63 criptoativos subiram mais do que o Ibovespa

EXCLUSIVO PREMIUM

O rei das emergências: os melhores fundos para a sua reserva de curto prazo

Conheça os três fundos DI que não possuem taxa de administração e saiba até quando é mais interessante investir nesses tipos de fundo ou no Tesouro Selic

Quando o dinheiro morre

O novo paradigma de Ray Dalio e um apelo para a compra de ouro

Gestor da Bridgewater compartilha sua avaliação sobre como a atuação dos BCs, juros negativos e endividamento crescente vão mudar a cara do mercado

Entrevista

Fuja da bolsa americana e compre ouro, diz analista da Crescat

Otavio Costa é um brasileiro que trabalha no mercado americano e se soma à corrente que acredita em recessão nos EUA e problemas de crédito na China. Cenário que faz do ouro a melhor opção no momento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements