Menu
Bruno Merola
Publicações
Exile on Wall Street

Por que recomendamos fundos sistemáticos

Nos últimos dias, investidores receberam a notícia de que o fundo multimercado Giant Zarathustra reabrirá para captação, pela última vez, no dia 1º de março. Após a breve janela que pode se encerrar a qualquer momento, a estratégia será fechada de forma definitiva, de acordo com a gestora Giant Steps. Como um dos três leitores […]

Exile on Wall Street

Manifesto das sete classes e além

Se não há tantas restrições, a alocação da sua carteira é um grande conjunto das seis classes de ativos básicos no Brasil

Exile on Wall Street

O passarinho verde trouxe a boa-nova

O Verde rende 18.703% desde sua criação, em janeiro de 1997, e em 24 anos de existência só́ teve um ano no negativo

Exile on Wall Street

Comece (e termine) pelos porquês

Não pude deixar de notar o paradoxo — possível e brilhantemente proposital — que há nas escolhas da Pixar.

Exile on Wall Street

Alocação não vende; e isso é um bom motivo para comprá-la

Se o leitor soubesse quantos dos clientes mais ricos do país cultivam o hábito de conferir sua conta na corretora diariamente, não acreditaria.

EXILE ON WALL STREET

Alfa-betização de fundos

As duas primeiras letras do alfabeto (e a etimologia deste termo não é por acaso) grego representam opostos que se complementam na gestão de seus investimentos.

Exile on Wall Street

Os riscos de cabeceira dos gestores de multimercados

Liquidez global em abundância, rápida retomada dos dados de atividade chinesa e a possibilidade de um novo ciclo de commodities que implique em crescimento para países emergentes são, sem dúvida, bons drivers para uma recuperação

Exile on Wall Street

A maldição do vencedor e outras heurísticas

O que chamamos de maldição do vencedor em investimentos é o hábito indesejável de um investidor observar retornos passados e inferir, apenas a partir disso e do burburinho em torno do papel, que eles vão se repetir

EXILE ON WALL STREET

A ordem dos fatores altera o aprendizado

Tenho convicção de que os melhores investidores pessoa física e grandes gestores de fundos – não necessariamente os que mais ganharam dinheiro – são aqueles dispostos a errar pouco e cedo

Exile on Wall Street

#SomosTodosDesqualificados

Quer diversificar sua carteira com um fundo que investe 100% no exterior? E que tal um veículo que compra empresas que não são listadas em Bolsa, os fundos de private equity? Essas duas categorias não estarão disponíveis para o Neivaldo, que tem menos de R$ 1 milhão investidos.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies