Menu
2019-07-14T19:58:11+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Plano JK das fintechs

50 anos em 5? Nubank anuncia que chegou a todas as cidades do Brasil

Segundo a empresa, são cerca de 6 milhões de usuários em território nacional; iniciativa surfou no crescimento do acesso à internet e na onda das fintechs

11 de abril de 2019
15:54 - atualizado às 19:58
Cartão da fintech Nubank
Nubank: 73% dos clientes são brasileiros com menos de 36 ano - Imagem: Divulgação

O Nubank afirmou nesta quinta-feira, 11, que chegou a todos os municípios do País em cinco anos de atuação. Para chegar até os rincões do Brasil, o banco digital não precisou instalar agências físicas como os concorrentes tradicionais, mas apenas por meio do aplicativo instalado nos celulares dos mais de 6 milhões de usuários.

Para se ter uma ideia da velocidade da expansão geográfica do Nubank, o Bradesco só alcançou o mesmo feito após 65 anos de existência, com a presença de postos de atendimento em cada município do País. À época, a instituição já tinha 53,5 milhões de usuários, informava reportagem do jornal O Globo.

Agora, com o atalho da revolução digital — hoje, são 116 milhões conectados no Brasil —, o Nubank apresenta uma espécie de plano JK concluído.

É bom ressaltar que os 65 anos em cinco do Nubank não representam diretamente e de imediato uma ameaça aos grandes bancos. É o que dizem os números. Para citar um exemplo, as quatro maiores instituições financeiras ainda detêm 72,69% de todos os ativos bancários, de acordo com dados de dezembro do Banco Central.

Mas não só o Nubank, como uma série de fintechs têm chacoalhado o mercado e vêm fazendo com que muitos serviços das cestas de grandes bancos sejam reconfigurados.

O Nubank destaca um número que vai no sentido contrário a uma possível ameaça aos grandes bancos. Eles estariam oferecendo o serviço justamente para aqueles que são desbancarizados. O Brasil tem 60 milhões nessa situação, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) — quase metade da população do País.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

"Ao marcar nossa presença em cada um dos municípios do Brasil, estamos fazendo a inclusão financeira de pessoas em locais onde muitas vezes não há outra opção", diz a empresa, mas informando que 47% dos seus usuários estão em cidades do Sudeste, a região mais populosa do País.

Outros dados interessantes: 73% dos clientes do Nubank são brasileiros com menos de 36 anos, 48% do total são mulheres e a maior proporção de clientes em relação ao estado próprio é no Distrito Federal, onde 6,3% da população utiliza o app da empresa.

O céu é o limite

O Nubank pode se orgulhar de um crescimento incrivelmente rápido. Desde que surgiu — com apenas um cartão de crédito sem anuidade — até hoje, a empresa captou cerca de US$ 420 milhões em sete rodadas de investimento. Hoje conta com outros produtos, entre eles uma conta digital.

A perspectiva é boa também na avaliação de especialistas. Neste ano a revista Fast Company elegeu o Nubank como a empresa mais inovadora da América Latina e a 36ª do mundo no ranking das 50 Most Innovative Companies. Viria mais um plano JK por aí?

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Seu Dinheiro no domingo

Liberais não fazem pacotes

Dentro de mais alguns dias conheceremos o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre. O resultado será magro e há quem fale em recessão técnica. Na sequência veremos uma nova onda de críticas e demandas na linha: “o governo tem quem fazer alguma coisa! Tem que impulsionar a demanda! Esse BC está errado!”. Sinto desapontar […]

Trilhando caminhos

Jovens precisam ter resiliência e iniciativa, dizem executivos sobre ser um novo empresário

Executivos falam sobre os comportamentos que um jovem ingressante numa grande empresa deve ter para trilhar um caminho profissional de sucesso

Crise partidária

Pedro Simon, ex-governador do RS: ‘existe o risco de o MDB desaparecer’

Em entrevista ao Estadão, o filiado ao MDB desde 1965 diz que seu partido precisa fazer uma “profunda reflexão”

Barrado na embaixada?

Consultoria do Senado diz que indicação de Eduardo Bolsonaro configura nepotismo e senadores se articulam para rejeitar seu nome

Parecer foi embasado no entendimento da Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal, que trata sobre nepotismo

Analisando a situação dos hermanos

Crise Argentina, feitiço do tempo

Os grandes desafios econômicos de Maurício Macri também parecem reimpressões de velhos e bem conhecidos problemas argentinos

O HOMEM MAIS RICO

Jeff Bezos: paciência para esperar o lucro da Amazon fez o maior bilionário do mundo

Como o empresário transformou uma pequena livraria online em uma das maiores varejistas do mundo e desbancou Bill Gates da lista da Forbes com uma fortuna estimada em US$ 148 bilhões.

Demissão anunciada

Ministro da Fazenda da Argentina renuncia ao cargo e traz novas turbulências ao mercado internacional

Anúncio foi feito por meio de uma carta enviada a Mauricio Macri em que Nicolás Dujóvne justifica a necessidade de uma renovação na área econômica

Bandeira branca no radar?

EUA devem estender licença da chinesa Huawei para atender clientes do país

Movimento dos EUA pode ser visto como positivo para o fim da guerra comercial com a China já que a companhia foi um dos focos de tensões entre os gigantes

Governador de Minas

‘Governo entra em pautas minúsculas’, avalia Romeu Zema

Em entrevista, governador de MG nega que esteja sendo “tutelado” pelo partido Novo e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro deveria “focar em coisas maiores, grandiosas”

Corrida contra o tempo

Tarifa de importação do Mercosul pode cair já em 2020

Com receio de que o grupo político da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner volte ao poder, o governo brasileiro tem pressa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements