🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
PASSA-SE O POSTO

Grupo Pão de Açúcar (GPA) quer vender redes de postos de gasolina e pode levantar até R$ 450 milhões com operação

Em comunicado enviado à CVM, a companhia busca reduzir essa alavancagem por meio da venda de ativos “non core” — isto é, que não fazem parte do negócio principal do GPA

Fachada da sede do Grupo GPA, dono da rede Pão de Açúcar (PCAR3)
Imagem: Divulgação

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) está em busca de voltar a ser uma das estrelas entre as maiores varejistas do país.

Assim, a companhia informou nesta sexta-feira (23) que pretende vender sua rede de postos de gasolina, visando a redução da alavancagem financeira. No total, são 66 pontos de operação.

O plano de reestruturação parece ter dado frutos, “apesar de estar apenas na metade do trabalho”, segundo o CEO. Na noite da última quarta-feira (21), a rede varejista reportou seu balanço do quarto trimestre de 2023, que ainda apresentou prejuízo, mas bem inferior às estimativas dos analistas.

Os resultados do Pão de Açúcar (PCAR3) foram bem recebidos por analistas e inicialmente também pelo mercado.

Esse otimismo se refletiu nas ações PCAR3, que chegaram a subir quase 1% no início do pregão do dia seguinte.

Pão de açúcar vende postos de gasolina

Em comunicado enviado à CVM, a companhia busca reduzir essa alavancagem por meio da venda de ativos “non core” — isto é, que não fazem parte do negócio principal do GPA. 

Nesse contexto, o grupo informou que a avaliação interna estima que a venda desses ativos possa atingir montantes de até R$ 450 milhões.

Os postos estão localizados em diversas regiões do Brasil e a aquisição também inclui a sede administrativa da rede, na cidade de São Paulo.

No entanto, a empresa esclarece que, até o momento, não celebrou qualquer acordo para a venda desses ativos.

Houve apenas uma antecipação na submissão de documentos junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para a venda dos postos.

Os termos e condições mais específicos ainda estão em negociação e a conclusão depende do cumprimento de certas condições, incluindo a celebração dos contratos definitivos.

Compartilhe

FABRICANTE DE CHIPS

Mesmo com lucro quase 10% maior, por que investidores penalizam as ações da “rival” da Nvidia, a TSMC?

18 de abril de 2024 - 10:29

Os lucros da TSMC são vistos como um indicador para a demanda global por chips, devido ao seu papel fundamental na indústria de fabricação e à importância de seus clientes

OFERTA DE AÇÕES

Sabesp (SBSP3): governo Tarcísio define modelo de privatização e autoriza aumento de capital de até R$ 22 bilhões; saiba como vai funcionar

18 de abril de 2024 - 10:21

Venda do controle da Sabesp ocorrerá via oferta de ações, com seleção de acionista de referência pelo mercado a partir das duas melhores propostas

O TAL DO MULTIFAMILY

Dona de 5 mil apartamentos, Brookfield aposta no mercado residencial para a renda e diz o que falta para o segmento decolar no Brasil

18 de abril de 2024 - 6:05

Demanda não falta, mas o vice-presidente sênior da gestora lista duas grandes dificuldades que o multifamily enfrenta no país

AS ÁGUAS VÃO ROLAR

A privatização da Sabesp vem aí: cidade de São Paulo dá um passo fundamental para a desestatização da companhia

17 de abril de 2024 - 20:18

Entre os cerca de 370 municípios atendidos pela Sabesp, São Paulo representa entre 45% e 50% da receita total da empresa de saneamento

MERCADO LOGÍSTICO

Muito além de Cajamar: Log (LOGG3) prevê maior demanda por galpões fora do Sudeste, mas ainda nos grandes centros

17 de abril de 2024 - 16:31

No quarto trimestre, por exemplo, a companhia entregou 131 mil metros quadrados em Salvador, Brasília e Maceió

POR QUE A PRESSA?

Vale (VALE3): a surpresa dos dados que fazem as ações subirem e os bancões correrem

17 de abril de 2024 - 14:47

A mineradora apresentou dados operacionais do primeiro trimestre de 2024 e o mercado refez as contas sobre como será o desempenho financeiro da companhia, que ainda tem pedras no caminho — saiba se é hora de comprar ou vender

ELE MERECE?

Tesla pede a acionistas que votem para aprovar pagamento de US$ 56 bilhões a Elon Musk barrado pela Justiça; entenda o caso

17 de abril de 2024 - 13:17

O bônus ao bilionário foi aprovado em 2018, mas o Tribunal de Delaware barrou o pacote após uma extensa disputa judicial entre um dos acionistas da Tesla e o CEO da companhia

O MERCADO NÃO GOSTOU

Vai decidir quando? Oi (OIBR3) adia pela quarta vez assembleia de credores que votará plano de recuperação judicial  — ações tocam mínima na bolsa

17 de abril de 2024 - 12:11

Os papéis da companhia caíram 1,47% e atingiram o menor valor do dia depois que a votação foi postergada junto com o stay period; confira a nova data e o novo horário

ATENÇÃO, ACIONISTAS

Klabin (KLBN11) e Gerdau (GGBR4) vão distribuir mais de R$ 5,5 bilhões em ações; veja como vai funcionar a bonificação

17 de abril de 2024 - 9:56

O bônus funciona como uma distribuição gratuita de novos papéis para os acionistas das empresas — mas existe data de corte para receber a “remuneração”

DADOS OPERACIONAIS

Quem foi bem e quem foi mal entre as construtoras listadas na B3 nas prévias de resultados do 1T24

17 de abril de 2024 - 6:07

Incorporadoras se aproveitaram do cenário favorável para lançar mais empreendimentos neste começo de ano; saiba quem se destacou, na visão dos analistas

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar