🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
FANTASMA DA GUERRA

Perigo nuclear: o novo risco na maior usina da Europa coloca o mundo em alerta — de novo

A região da usina Zaporizhzhia, na Ucrânia, controlada pelos russos, começou a ser evacuada depois que os bombardeios se intensificaram nos últimos dias

Carolina Gama
7 de maio de 2023
15:01 - atualizado às 14:45
Torres de resfriamento da usina nuclear de Zaporozhia, na Ucrânia
Torres de resfriamento da usina nuclear de Zaporozhia, na Ucrânia - Imagem: Getty Images/Istockphoto

O conflito na Ucrânia ressuscitou um velho fantasma: o da guerra nuclear. De um lado, a Rússia de Vladimir Putin coloca as armas atômicas sobre a mesa, do outro, os EUA admitem pela primeira vez na história a chance dessa escalada nos campos de batalha. Mas, ao que tudo indica, o perigo nuclear virá de um outro lugar. 

A usina de Zaporizhzhia, a maior planta nuclear da Europa, voltou ao centro das atenções depois que a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) informou neste final de semana que a situação na região é “potencialmente perigosa”.

"A situação geral na área perto da usina nuclear de Zaporizhzhia está se tornando cada vez mais imprevisível e potencialmente perigosa", disse Rafael Grossi, diretor-geral da AIEA. 

"Estou extremamente preocupado com a segurança nuclear muito real e os riscos de proteção enfrentados pela usina. Devemos agir agora para evitar a ameaça de um grave acidente nuclear e suas consequências associadas para a população e o meio ambiente", acrescentou. 

  • Ainda tem dúvidas sobre como fazer a declaração do Imposto de Renda 2023? O Seu Dinheiro preparou um guia completo e exclusivo com o passo a passo para que você “se livre” logo dessa obrigação – e sem passar estresse. [BAIXE GRATUITAMENTE AQUI]

A ordem é evacuar

As forças russas tomaram a fábrica de Zaporizhzhia dias depois que Putin ordenou a invasão da Ucrânia, em fevereiro de 2022. 

Desde então, trocas de tiros ocorrem com frequência perto da usina, com cada lado culpando o outro pelos problemas estruturais na instalação. 

Na sexta-feira (5), as autoridades instaladas por Moscou na região começaram a evacuar pessoas de áreas próximas.

O diretor da AIEA disse que enquanto o pessoal operacional da usina permanece no local, as condições para o pessoal e suas famílias são "cada vez mais tensas".

O Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia disse neste domingo (7) que os moradores estão sendo evacuados na direção de Berdiansk e Prymorsk, na costa do Mar de Azov.

  • VEJA TAMBÉM: Adeus, Serasa: “se eu deixar de pagar minhas dívidas por 5 anos, elas simplesmente somem e meu nome volta a ficar limpo?” Descubra a resposta para este e outros problemas envolvendo dinheiro no novo episódio de A Dinheirista, que resolve suas aflições financeiras com bom humor:

Caos à vista

O prefeito exilado de Melitopol, Ivan Fedorov, afirmou que o comércio nas áreas evacuadas ficaram sem mercadorias e as farmácias, sem remédios.

Fedorov também disse que os hospitais estavam dispensando pacientes em meio a temores de que o fornecimento de eletricidade e água pudesse ser suspenso se a Ucrânia atacasse a região.

E ele afirmou que dois terços dos comboios de evacuação — supostamente compostos por civis — consistiam na retirada das tropas russas. 

"A evacuação parcial que eles anunciaram está indo muito rápido, e existe a possibilidade de que eles estejam se preparando para provocações e [por essa razão] focando nos civis", acrescentou Fedorov.

O perigo nuclear

Há algumas semanas, a AIEA havia alertado que a situação na fábrica de Zaporizhzhia estava "se tornando cada vez mais imprevisível e potencialmente perigosa".

Agora, Grossi diz que, embora os reatores da usina não estejam produzindo eletricidade, eles ainda estavam carregados com material nuclear.

Em março, a AIEA indicou que a usina estava funcionando com geradores a diesel para manter os sistemas vitais de resfriamento funcionando, após danos às linhas de energia.

*Com informações da Reuters e da BBC

Compartilhe

SÓ UMA PROMESSA?

Vai fechar o banco central, Milei? A nova declaração do presidente da Argentina sobre o futuro do BC do país

17 de maio de 2024 - 18:45

O presidente argentino está na Espanha e deu diversas declarações polêmicas a um público que o aplaudiu calorosamente; veja o que mais ele disse

O CUSTO DA NOVA ORDEM MUNDIAL

Xi Jinping na Rússia: o presidente da China está disposto a pagar o preço pela lealdade de Putin?

16 de maio de 2024 - 18:37

O líder chinês iniciou nesta quinta-feira (16) uma visita de Estado de dois dias à Rússia e muito mais do que uma parceria comercial está em jogo, mas o momento para Pequim é delicado

UM SUSPIRO

Os juros continuarão altos nos EUA? Inflação de abril traz alívio, mas Fed ainda tem que tirar as pedras do caminho

15 de maio de 2024 - 14:54

O índice de preços ao consumidor norte-americano de abril desacelerou para 3,4% em base anual assim como o seu núcleo; analistas dizem o que é preciso agora para convencer o banco central a iniciar o ciclo de afrouxamento monetário por lá

DESINFLAÇÃO ACELERADA

Boas notícias para Milei: Argentina tem inflação de um dígito e Banco Central promove corte de juros maior que o esperado

15 de maio de 2024 - 10:19

Os preços tiveram alta de 8,8% em abril, em linha com o esperado pelo mercado, que estimavam um avanço de preços entre 8% e 9%

UM PRATO QUE SE COME FRIO

A vingança da China: EUA impõem pacote multibilionário de tarifas a carros elétricos chineses e Xi Jinping quer revanche

14 de maio de 2024 - 20:03

O governo chinês disse que o país tomaria medidas resolutas para defender os seus direitos e interesses e instou a administração Biden a “corrigir os seus erros”

VIVA EL DÓLAR

Vitória para Milei: FMI anuncia novo acordo para desembolsar quase US$ 1 bi em pacote de ajuda à Argentina

13 de maio de 2024 - 15:00

Segundo o fundo, a Argentina apresenta “desempenho melhor que o esperado”, com queda na inflação, reconstrução da credibilidade, programas de consolidação fiscal, entre outros

ESCOLHA A FRANÇA

Em busca de capital estrangeiro, Macron atrai gigantes como Amazon para impulsionar investimentos na França

12 de maio de 2024 - 17:03

O presidente francês garantiu investimentos da Amazon, Pfizer e Astrazeneca, enquanto Morgan Stanley prometeu adicionar empregos no país

TECNOLOGIA EM FOCO

Guerra dos chips: Coreia do Sul anuncia pacote de mais de US$ 7 bilhões para a indústria de semicondutores

12 de maio de 2024 - 13:02

O ministro das Finanças sul-coreano, Choi Sang-mok, disse que o programa poderia incluir ofertas de empréstimos e a criação de um novo fundo

XI JINPING QUE SE CUIDE

A fúria de Biden contra a China: EUA preparam tarifaço sobre carros elétricos e energia solar — nem equipamentos médicos vão escapar

10 de maio de 2024 - 19:58

O anúncio completo, previsto para terça-feira (14), deve manter as tarifas existentes sobre muitos produtos chineses definidas pelo ex-presidente norte-americano, Donald Trump

FORA DO FRONT

Uma resposta a Israel? Assembleia da ONU aprova por maioria esmagadora mais direitos aos palestinos

10 de maio de 2024 - 18:50

O projeto de resolução também apela ao Conselho de Segurança que reconsidere favoravelmente o pedido dos palestinos para a adesão plena à organização

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar