🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
O BOLO ESTÁ NO FORNO

Eletrobras (ELET3): a receita para crescer vai custar até R$ 80 bilhões em 5 anos — confira o plano de investimentos da empresa

A companhia quer reconquistar o protagonismo do crescimento no setor elétrico com a previsão de aportes para o período de 2023 a 2027

Logo da Eletrobras (ELET3) elet6
Logo da Eletrobras - Imagem: Reprodução

A receita para uma empresa crescer é muito diferente daquela de um bolo — não só pelos ingredientes como também pelo valor. E este é o caso da Eletrobras (ELET3), que apresentou nesta segunda-feira (24) sua fórmula para reconquistar o protagonismo no setor elétrico brasileiro: um plano de investimentos entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões para o período de 2023 a 2027.

A empresa fatiou o montante e indicou que tem R$ 17,1 bilhões em investimentos contratados em geração e transmissão — que incluem novos ativos — além de investimentos em manutenção dos ativos existentes. 

A esse montante foi adicionado aportes em manutenção dos ativos existentes:  R$ 4,3 bilhões para geração e R$ 200 milhões para transmissão de energia.

Em geração com receitas contratadas, a Eletrobras pretende destinar R$ 700 milhões na primeira fase do Complexo Eólico de Coxilha Negra. Existem ainda opções nas segunda e terceira fases do Complexo Coxilha Negra, que têm um investimento de R$ 1,3 bilhão. 

Os R$ 400 milhões restantes tratam de novos projetos que poderão gerar receitas futuras. 

  • 5 ações gringas para comprar agora: conheça as melhores apostas nos mercados internacionais para buscar lucros nos próximos meses, segundo analistas da Empiricus Research. [ACESSE A LISTA GRATUITA AQUI]

A força da Eletrobras: geração e transmissão

Ainda na geração e transmissão de energia, a Eletrobras planeja destinar R$ 4,5 bilhões para manutenção. Desse total, cerca de R$ 3 bilhões serão destinados a modernização e repotencialização das unidades geradoras. 

A Eletrobras possui um plano para a execução desse investimento, que não será recorrente nos próximos anos. 

O valor restante, de R$ 1,5 bilhão, é, sobretudo, para investimentos em manutenção preventiva de ativos de geração e transmissão, o qual deve ser recorrente ao longo das concessões.

Ainda no horizonte de 2023-2027, e considerando a vida útil dos ativos de transmissão, a companhia poderá adicionar até R$ 10 bilhões de investimentos em reforços do seu sistema de transmissão, com potencial adicional de incremento de receita anual em mais R$ 1,2 bilhão.

Infraestrutura ambiental

Dos R$ 2,9 bilhões destinados à infraestrutura, R$ 1 bilhão será destinado a investimentos ambientais. Desses, R$ 500 milhões vão para os programas socioambientais da Santo Antônio Energia, sociedade recentemente consolidada pela Eletrobras, e cujos investimentos serão objeto de avaliação em busca de otimizações.

O cerca de R$ 1,9 bilhão restante deve ser direcionado para investimentos em infraestrutura a exemplo de aquisição de imóveis ou softwares. 

Segundo a Eletrobras, esses investimentos também poderão fazer parte do plano de otimização de custos operacionais da companhia.

A Eletrobras está de olho nas fusões e aquisições

A Eletrobras deve ainda destinar R$ 600 milhões para fusões e aquisições executadas recentemente e já divulgados ao mercado.

Além dos investimentos de R$ 17,1 bilhões já contratados, a Eletrobras avalia alternativas adicionais. Segundo a empresa, há 15 operações de fusão e aquisição em ativos renováveis e de transmissão em análise. 

Ademais, estima R$ 35 bilhões em novos leilões de transmissão em 2023 e em 2024, com ótimas oportunidades de crescimento em potencial.

VEJA TAMBÉM — Vale, Itaú, Petrobras e outras: o que esperar da temporada de resultados das gigantes da bolsa

Compartilhe

RESULTADO DO LEILÃO

Teste para a Sabesp? Em primeira privatização de Tarcísio, fundo arremata Emae por R$ 1 bilhão

19 de abril de 2024 - 19:51

Com ágio de 33,68%, o fundo arrematou a estatal e passará a gerir um ativo com 906 megawatts (MW) em geração hidrelétrica

RECUOU?

A explicação do ex-conselheiro da Vale (VALE3) após a acusação de interferência do governo na mineradora

19 de abril de 2024 - 19:41

O assunto voltou à tona na resposta a um ofício da CVM, que solicitou esclarecimentos sobre as recentes declarações de José Luciano Eduardo Penido

POR DENTRO DA OPERAÇÃO

Tchau, Vale (VALE3)? Por que a Cosan (CSAN3) vendeu 33,5 milhões de ações da mineradora

19 de abril de 2024 - 19:28

A Cosan também quitou R$ 2 bilhões do saldo remanescente do endividamento e liquidação dos derivativos atrelados às ações da Vale

Cura até coração partido

E agora, Ozempic? Caneta emagrecedora Zepbound se mostra promissora no tratamento da apneia do sono

19 de abril de 2024 - 18:45

De acordo com dados preliminares de ensaios clínicos, a Zepbound foi mais eficaz que um placebo na redução da gravidade da apneia obstrutiva do sono

REPORTAGEM ESPECIAL

Petz (PETZ3) mira fórmula “Raia Drogasil” em fusão com a Cobasi, mas mercado ainda é cético com modelo de negócios

19 de abril de 2024 - 15:35

Fundador da Petz, Sergio Zimerman falou sobre a fusão em teleconferência com analistas, que não contou com a presença de ninguém da Cobasi

RECICLAGEM DE ATIVOS

Log (LOGG3) garante mais de R$ 500 milhões para o caixa com nova venda de galpões para fundo do BTG

19 de abril de 2024 - 10:57

Vale relembrar que o FII foi criado justamente para investir nos imóveis da companhia e já havia comprado cinco outros galpões da Log no ano passado

NEGÓCIO ANIMAL

Petz (PETZ3) e Cobasi selam acordo para fusão que cria gigante do mercado pet; ações disparam mais de 40% na abertura na B3

19 de abril de 2024 - 8:19

Juntas, Petz e Cobasi formarão rede de 483 lojas e faturamento de aproximadamente R$ 6,9 bilhões. Cada rede terá 50% do negócio combinado

NA QUINTA TENTATIVA

Credores aprovam plano de recuperação judicial da Oi (OIBR3) após assembleia se estender até madrugada; veja detalhes

19 de abril de 2024 - 7:17

O documento obteve o aval de 79,87% dos credores presentes no encontro desta quinta-feira (18)

DINHEIRO NO BOLSO

CCR (CCRO3) e Vibra (VBBR3) anunciam mais de R$ 1,2 bilhão em dividendos; confira o cronograma de pagamento de cada uma das companhias

18 de abril de 2024 - 18:32

O maior valor será distribuído pela Vibra, que pagará R$ 676 milhões em duas parcelas; já a CCR depositará R$ 536 milhões na conta dos acionistas

O 'X' DA QUESTÃO

Dividendos da Petrobras (PETR4): governo pode surpreender e levar proposta de pagamento direto à assembleia, admite presidente da estatal

18 de abril de 2024 - 18:03

Jean Paul Prates admitiu a possibilidade de que o governo leve uma proposta de pagamento diretamente à assembleia de acionistas

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar