O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-29T19:19:48-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
FESTA DOS PROVENTOS

Sextou com mais de R$ 7 bilhões em dividendos: CPFL Energia (CPFE3) puxa fila com R$ 3,7 bilhões; confira quais outras empresas anunciaram proventos

Outro destaque da noite foi a Cemig (CMIG4), que depositará mais de R$ 1 bilhão na conta dos cotistas

29 de abril de 2022
19:08 - atualizado às 19:19
onda dinheiro dividendos
Imagem: Shutterstock

Assim como o mar está para peixes, a noite desta sexta-feira (29) está para dividendos na B3. Mais de uma dezena de companhias anunciaram o pagamento de proventos até agora, com destaque para a CPFL Energia, que depositará mais de R$ 3,7 bilhões na conta dos acionistas.

A companhia do setor energético dividirá a bolada - que equivale a R$ 3,242280516 por ação - em duas parcelas iguais. A primeira será paga até 30 de junho e a segunda até 30 de dezembro.

A data exata em que o dinheiro será depositado ainda não foi definida, mas a empresa já avisou que terão direito aos proventos quem estava na base acionária da companhia hoje.

A partir de segunda-feira (2) as ações serão negociadas "ex-direitos" e passarão por um ajuste na cotação referente aos dividendos já alocados.

Cemig (CMIG4) também anuncia pagamento bilionário

Outra empresa a se destacar entre os dividendos da noite é a Cemig (CMIG4), que declarou mais de R$ 1 bilhão hoje. O novo valor soma-se aos R$ 955,3 milhões já anunciados em dezembro do ano passado.

A companhia de Minas Gerais optou por dividir o montante em duas parcelas iguais, com as mesmas datas- limite para o pagamento que a CPFL.

A base acionária considerada para a distribuição da segunda parcela também é a dessa sexta-feira.

Outros dividendos da noite

Além das duas empresas, mais de uma dezena de outras companhias pagarão proventos para os acionistas. Os valores são um pouco mais modestos, mas ainda assim chamam a atenção dos investidores.

Confira detalhes sobre os principais dividendos anunciados hoje:

EmpresaData de corteValor por AçãoData de pagamento
Bradespar (BRAP4)29 de abrilR$ 1,43332432810 de maio
Cosan (CSAN3)05 de maioR$ 0,42811085020 de maio
Companhia Brasileira de Alumínio (CBAV3)29 de abrilR$ 0,28867132884Em até 60 dias
Cury (CURY3)29 de abrilR$ 0,51535Até o final de 2022
Equatorial Energia (EQTL3)29 de abrilR$ 0,64Até o final de 2022
Locamerica (LCAM3)29 de abrilR$ 0,10111969335Em até 60 dias
SLC Agrícola (SLCE3)29 de abrilR$ 2,4261479311118 de maio
TC Traders Club (TRAD3)29 de abrilR$ 0,00020382043Até 31 de maio
Fonte: CVM

A data de corte para ter dinheiro já passou para a maioria das empresas, mas na Cosan ainda é possível entrar para a base acionária elegível. As ações serão negociadas "ex-dividendos" a partir do dia 6 de maio, então você pode optar por comprar o papel agora e receber ou dinheiro ou esperar a data de corte e adquirí-los por um valor menor, mas sem o direito aos dividendos.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies