Menu
2021-01-20T07:15:23-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
cara nova

Cemig deixa capital social da Light e leva R$ 1,37 bilhão

Com saída da estatal mineira, distribuidora de energia deixa de ter um controlador e passa a ser uma corporation

20 de janeiro de 2021
7:15
Light
Imagem: Divulgação/Light

A Cemig (CMIG4) deixou de ser a maior acionista da distribuidora de energia Light (LIGT3), que agora passou a ser uma corporation, jargão do mercado para definir empresas de capital pulverizado.

A saída da estatal mineira ocorreu por meio de uma oferta subsequente de ações (follow on), anunciada ao mercado em 7 de janeiro.

A operação consistiu em uma oferta primária (com os recursos indo para o caixa da Light) de 68.621.264 novas ações ordinárias e uma secundária de 68.621.264 papéis de titularidade da Cemig e equivalente a 22,5% do capital social da distribuidora.

Os papéis foram vendidos a R$ 20,00 a unidade, abaixo dos R$ 21,59 em que encerraram o pregão de terça-feira (19) e dos R$ 23,48 em que fecharam no dia anterior ao anúncio da operação.

Com isto, o follow on movimentou um total de R$ 2,74 bilhões, com Cemig e Light levando, cada uma, R$ 1,37 bilhão.

A Light informou que pretende utilizar os recursos levantados na oferta primária para fortalecer e otimizar sua estrutura de capital, com redução do endividamento e melhorando sua posição de caixa.

Não foi do jeito que queria

O valor por ação mais baixo representou uma certa decepção para a Cemig.

As ações da Light estavam sendo negociadas acima de R$ 24,00 nos últimos dez dias, levando a estatal mineira a cogitar que ela sairia do capital social da distribuidora de energia vendendo sua participação numa faixa de preço entre R$ 22,00 e R$ 23,00, segundo uma fonte do governo mineiro ouvida pelo site “Brazil Journal”.

Mas a queda dos papéis nos últimos dias forçou uma redução no valor pretendido. Em 2021, as ações da Light acumulam baixa de 10,5%.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

O melhor do Seu Dinheiro

Os atalhos do campo financeiro

Se você gosta de futebol (se não, peço desculpas, o texto já já vai chegar no ponto), sabe que a crônica esportiva é cheia de jargões, metáforas e frases prontas para explicar o jogo e a atuação dos jogadores.  Uma metáfora que vira e mexe aparece nos textos é o tal “atalhos do campo”. Essa […]

débito ou crédito?

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre; maior da história da companhia

O recorde, contudo, não foi suficiente para evitar que o PagSeguro terminasse 2020 em queda. O lucro líquido ajustado da empresa caiu 2,4% em comparação a 2019, ao alcançar R$ 1,434 bilhão

internet mais rápida

Anatel aprova edital do leilão do 5G

A tecnologia 5G é a quinta geração das redes de comunicação móveis. Ela promete velocidades até 20 vezes superiores ao do 4G

Esquenta dos Mercados

Inflação nos EUA atrai a atenção dos mercados globais e dita o tom das bolsas

Os dados saem às 10h30 e perspectivas do mercado afirmam que, não importa a direção, o índice de preços ao consumidor deve surpreender os investidores

substituição

Localiza anuncia escolha de novo CEO em meio à combinação de negócios com Unidas

Bruno Lasansky, diretor de operações, assume posição no lugar de Eugenio Mattar, que se tornará presidente do conselho de administração

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies