Menu
2019-10-25T17:12:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
fala governador

Privatização da Cemig e outras estatais ocorrerá no momento oportuno, diz governador de MG

Zema tratou ainda da situação fiscal do Estado, que classificou como “grave”; para ele, MG é “viável” desde que faça adesão ao regime de recuperação fiscal

25 de outubro de 2019
17:15 - atualizado às 17:12
Governador de MG, Romeu Zema
Imagem: Raul Junior/BTG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), disse, em entrevista à Globonews, que o governo estadual estuda ainda a privatização das outras estatais sob gestão do Estado.

Entre elas, ele citou a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e a Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig).

"Já encaminhamos à Assembleia Legislativa de Minas Gerais a solicitação de privatização da Codemig. No momento oportuno, encaminharemos as demais", afirmou o governador.

Zema tratou ainda da situação fiscal do Estado, que classificou como "grave". "Minas é viável, sim, desde que faça adesão ao regime de recuperação fiscal (RRF)", afirmou o governador. "Se Minas não entrar em regime de recuperação fiscal, a situação vai se deteriorar como aconteceu no Rio de Janeiro, em que o funcionalismo público levava caneta para trabalhar e papel higiênico".

Segundo Zema, o pedido já foi enviado para a Assembleia Legislativa do Estado e aguarda apreciação dos deputados. Sobre a possível demora para aprovação, Zema afirmou que "não há plano B". "Mesmo que a economia do Brasil e de Minas apresente desempenho acima do esperado, a arrecadação não vai corresponder ao esperado".

Outra prioridade pontuada pelo chefe do Executivo mineiro foi a reforma da Previdência para os servidores públicos do Estado. Ainda segundo ele, o governo tem uma proposta pronta caso não seja aprovada a PEC paralela, que inclui Estados e municípios na Previdência.

Outra prioridade do governador é a retomada da atividade mineradora do Estado compatível com a implementação de medidas mais rígidas em relação às empresas que atuam no setor do estado. Uma das propostas é que as empresas façam mineração à seco para reduzir os riscos de desmoronamento de barragens.

"Países como o Chile, Canadá e Austrália têm operações intensas de mineração como Minas e já existe tecnologia que propicia esta segurança, com risco próximo a zero. Quero ser o último governador de Minas a enfrentar este tipo de tragédia".

De acordo com Zema, o que aconteceu em Brumadinho foi uma "tragédia de engenharia". "Eu e meu governo não estamos satisfeitos com as reparações da Vale. O Estado sofreu muito com as atividades econômicas de mineração, o Ministério Público está apurando os fatos e analisando uma indenização para o Estado", comentou.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

crise de saúde

Brasil tem 28.834 mortes por covid-19

Foram incluídas nas estatísticas 33.274 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, somando 498.440 casos confirmados

conflito entre poderes

‘Tudo aponta para uma crise’, diz Bolsonaro sobre decisões do STF e e TSE

Decisões recentes de Cortes miram a família, aliados e a sua campanha presidencial em 2018

dados da anp

403 estão contaminados pelo coronavírus em unidades de produção de petróleo

ANP reiterou o registro de uma morte de funcionário de uma embarcação de apoio à produção que desembarcou no dia 24 de abril

crise política

PF quer ouvir Bolsonaro no inquérito sobre interferências na corporação

Como presidente, Bolsonaro pode optar pelo depoimento por escrito

situação crítica

Acordo fixa prazo de 20 dias para análise de pedidos de auxílio de R$ 600

Em redes sociais, usuários chegam a relatar espera superior a 40 dias para receber uma resposta da solicitação

conflito entre poderes

Maia diz que Bolsonaro ‘desorganiza e gera insegurança’

Na última quinta-feira, 28, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), se reuniu com Bolsonaro para pedir a pacificação entre os Poderes. Maia decidiu não acompanhar o colega na visita

sem reabertura agora

Prefeitura de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho

De acordo com Covas, não haverá nenhum tipo de mudança na autorização de funcionamento dos setores que atualmente estão proibidos de abrir à população.

diante da crise

Abrindo a economia agora, vamos ter de fechar de novo, diz ex-presidente do BC

Affonso Celso Pastore disse que vê como prematura a reabertura antes do início do achatamento da curva de mortes pela Covid-19; estados anunciaram nos últimos dias a flexibilização

histórico

SpaceX, do bilionário Elon Musk, lança astronautas da Nasa pela primeira vez; veja vídeo

Neste sábado, às 16h22 (pelo horário de Brasília), foguete da empresa decolou, marcando mais um avanço do setor privado sobre a exploração espacial

efeito coronavírus

Latam tem prejuízo de US$ 2,1 bilhões no primeiro trimestre

Segundo explica a companhia em suas demonstrações financeiras, o principal fator responsável pelo resultado final foi um ajuste contábil (impairment) de US$ 1,729 bilhão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements