Menu
2019-10-25T17:12:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
fala governador

Privatização da Cemig e outras estatais ocorrerá no momento oportuno, diz governador de MG

Zema tratou ainda da situação fiscal do Estado, que classificou como “grave”; para ele, MG é “viável” desde que faça adesão ao regime de recuperação fiscal

25 de outubro de 2019
17:15 - atualizado às 17:12
Governador de MG, Romeu Zema
Imagem: Raul Junior/BTG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), disse, em entrevista à Globonews, que o governo estadual estuda ainda a privatização das outras estatais sob gestão do Estado.

Entre elas, ele citou a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e a Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig).

"Já encaminhamos à Assembleia Legislativa de Minas Gerais a solicitação de privatização da Codemig. No momento oportuno, encaminharemos as demais", afirmou o governador.

Zema tratou ainda da situação fiscal do Estado, que classificou como "grave". "Minas é viável, sim, desde que faça adesão ao regime de recuperação fiscal (RRF)", afirmou o governador. "Se Minas não entrar em regime de recuperação fiscal, a situação vai se deteriorar como aconteceu no Rio de Janeiro, em que o funcionalismo público levava caneta para trabalhar e papel higiênico".

Segundo Zema, o pedido já foi enviado para a Assembleia Legislativa do Estado e aguarda apreciação dos deputados. Sobre a possível demora para aprovação, Zema afirmou que "não há plano B". "Mesmo que a economia do Brasil e de Minas apresente desempenho acima do esperado, a arrecadação não vai corresponder ao esperado".

Outra prioridade pontuada pelo chefe do Executivo mineiro foi a reforma da Previdência para os servidores públicos do Estado. Ainda segundo ele, o governo tem uma proposta pronta caso não seja aprovada a PEC paralela, que inclui Estados e municípios na Previdência.

Outra prioridade do governador é a retomada da atividade mineradora do Estado compatível com a implementação de medidas mais rígidas em relação às empresas que atuam no setor do estado. Uma das propostas é que as empresas façam mineração à seco para reduzir os riscos de desmoronamento de barragens.

"Países como o Chile, Canadá e Austrália têm operações intensas de mineração como Minas e já existe tecnologia que propicia esta segurança, com risco próximo a zero. Quero ser o último governador de Minas a enfrentar este tipo de tragédia".

De acordo com Zema, o que aconteceu em Brumadinho foi uma "tragédia de engenharia". "Eu e meu governo não estamos satisfeitos com as reparações da Vale. O Estado sofreu muito com as atividades econômicas de mineração, o Ministério Público está apurando os fatos e analisando uma indenização para o Estado", comentou.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Número de casos do novo coronavírus no Brasil ultrapassa 510 mil

Com 480 mortes registradas nas últimas 24 horas, o número de óbitos pela covid-19 chega a 29.314

governo diante da crise

Bolsonaro atrasa promessas contra covid-19

Foram 17 compromissos sobre medidas de combate à pandemia entre 17 de março e 21 de abril. Dessas, 41% não foram cumpridas integralmente

crise em debate

Na China, preço do minério de ferro dispara 24%

Negociadores temem que a situação da pandemia por aqui provoque interrupções na cadeia de fornecimento do material

em meio à pandemia

Em Brasília, Bolsonaro vai a manifestação contra STF; São Paulo tem ato pró-democracia

Supremo tem sido alvo de ataques por parte do presidente após a Corte autorizar o cumprimento de mandados de busca e apreensão de aliados

conflito entre poderes

Ministro do STF compara Brasil à Alemanha de Hitler e diz que bolsonaristas querem ditadura

Em mensagem a ministros da corte, Celso de Melo diz que “é preciso resistir à destruição da ordem democrática”, segundo informações obtidas pela Folha de S. Paulo

histórico

SpaceX, de Elon Musk, chega à Estação Espacial; veja vídeo

Empresa finalizou primeira parte da missão espacial com astronautas da Nasa; operação deve abrir caminho para futuras viagens, inclusive turísticas

caos no país

EUA têm quinta noite seguida de protestos; ao menos 20 cidades declaram toque de recolher

Manifestações insurgiram após a morte de um homem negro de 46 anos, asfixiado por um policial branco no último dia 25; total de prisões é de 1,7 mil

DE OLHO NO LONGO PRAZO

Ouro ou imóveis: qual o melhor investimento para defender seu patrimônio?

Na hora da crise, os dois investimentos são considerados capazes de salvar seu dinheiro do derretimento dos mercados no longo prazo.

crise de saúde

Brasil tem 28.834 mortes por covid-19

Foram incluídas nas estatísticas 33.274 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, somando 498.440 casos confirmados

conflito entre poderes

‘Tudo aponta para uma crise’, diz Bolsonaro sobre decisões do STF e e TSE

Decisões recentes de Cortes miram a família, aliados e a sua campanha presidencial em 2018

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements