Menu
2019-08-28T14:49:20-03:00
Enquanto isso, em Minas Gerais

Privatização da Cemig, Copasa e Gasmig devem ficar para 2020 ou 2021

Propostas de privatização fazem parte do plano de recuperação fiscal do Estado de Minas Gerais

28 de agosto de 2019
14:49
Governador de MG, Romeu Zema
Imagem: Raul Junior/BTG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou que as privatizações da Cemig, da Copasa e da Gasmig devem ficar para o segundo semestre do ano que vem ou até para 2021.

A declaração foi feita ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) no Latam Retail Show. "Já fizemos diluição do nosso controle na Light e temos, em breve, Taesa, Belo Monte, Santo Antônio, Renova. Todas as que não dependem de aprovação da Assembleia, já estamos preparando para serem privatizadas ainda este ano. Vamos vender o que a Cemig tem de participação. Agora, privatização mesmo da Cemig, da Copasa, da Gasmig, que dependem de aprovação em Assembleia, provavelmente serão no segundo semestre do ano que vem ou em 2021. Será um processo mais lento, inclusive pelo porte dessas empresas", disse.

Ele afirmou que ainda não foi feito um trabalho de esclarecimento da população sobre os prós e os contras da privatização da Cemig, mas tem certeza de que as pessoas optarão por ela. "A Cemig foi drenada nos últimos anos e, mesmo que nós voltemos a reinvestir o resultado dela, o que já estamos fazendo, é insuficiente. A privatização não é uma questão ideológica, mas de puro bom senso", afirmou.

Segundo Zema, em mãos privadas, a Cemig poderá ofertar mais energia e tem perspectivas de reduzir os preços no médio e longo prazo.

A proposta de privatização da Cemig e da Copasa fazem parte do plano de recuperação fiscal do Estado, que, segundo Zema, deve ser apresentado à Assembleia entre os dias 10 e 20 de setembro. "Depende de alguns ajustes finais", disse.

Na terça-feira, o diretor-presidente da Cemig, Cledorvino Belini, declarou, em Nova York, que espera que a Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprove a privatização da companhia energética até o fim deste ano.

Questionado sobre a renovação de concessão da Gasmig, Zema disse que não tem uma data, mas confirmou que ela será feita tendo em vista sua privatização, "para que o novo controlador tenha um cenário de 10, 20 anos pela frente. Caso contrário, ela não teria valor", afirmou.

O governador ressaltou que não está a par sobre o porquê da demora na renovação, mas acredita serem trâmites burocráticos.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Bolsa e dólar hoje

Ibovespa abre em baixa, mas logo vira para campo positivo; dólar passa de R$ 4,37

Dólar busca novas máximas, ultrapassando o patamar de R$ 4,35, enquanto Ibovespa segue o bom humor externo

Exile on Wall Street

A coisa mais importante é…

Persigo uma coisa, obstinadamente: levar ao investidor pessoa física ideias para aplicar seu dinheiro tão boas ou até melhores do que aquelas anteriormente restritas aos profissionais

Balanço

IRB anuncia programa de recompra de até 5% das ações em circulação

Empresa reforça aposta nas ações, que acumulam queda de 19% em fevereiro, após carta da gestora Squadra que questionou números do balanço

Agora é oficial

Decreto formaliza ministro Paulo Guedes presidente do conselho de PPI

O governo federal publicou nesta quarta-feira (19) um novo decreto de regulamentação do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI). A atualização da norma ocorre depois que o presidente Jair Bolsonaro decidiu tirar o PPI da estrutura da Casa Civil e transferir o programa que cuida das privatizações federais para o Ministério da Economia. […]

De olho nos números

Confiança da indústria cresce 0,7 ponto na prévia de fevereiro

Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, recuou 0,3 ponto, para 101,7 pontos

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

Devo admitir que o balanço da resseguradora IRB Brasil não costuma ser dos mais badalados da temporada. Mas a luz amarela lançada pela gestora Squadra, que questionou os números da empresa em carta há cerca de 10 dias, trouxe uma expectativa para a divulgação dos números do quarto trimestre de 2019. O Vinícius Pinheiro aguardou […]

compromisso do bilionário

Campanha de Michael Bloomberg diz que candidato vai vender grupo de mídia, se eleito presidente dos EUA

Bilionário é dono da Bloomberg, uma empresa de dados para o mercado financeiro e agência de notícias que opera em todo o mundo

Tudo que mexe com os mercados hoje

Desaceleração do coronavírus injeta bom humor nos mercados

No Brasil, os investidores ficam atetos aos movimentos do câmbio e no balanço da Petrobras, que deve ser divulgado após o fechamento.

Balanço

IRB anuncia lucro de R$ 1,764 bilhões em 2019 e abre números contestados pela Squadra

Empresa não cita nome da gestora, mas contesta informação de que balanço de 2019 teria sido turbinado por itens que não vão mais se repetir

reaquecendo

China promete ampliar assistência para fábricas retomarem operações

Governo chinês vai colocar fábricas em contato com empresas de tecnologia para ajudar a identificar quaisquer elos fracos nas cadeias de suprimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements