Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-03-18T17:42:27-03:00
Estadão Conteúdo
alívio em meio à crise

Zema deve anunciar suspensão de cortes de energia elétrica pela Cemig

Em março de 2020, Zema já havia adotado a flexibilização para o pagamento de contas de luz e água para consumidores de baixa renda e estabelecimentos que ficaram fechados

18 de março de 2021
17:42
Governador de MG, Romeu Zema
Romeu Zema, governador de Minas Gerais. - Imagem: Raul Junior/BTG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), deve anunciar a suspensão dos cortes de fornecimento de energia elétrica da Cemig como uma das medidas de alívio para a população durante a pior fase da pandemia de covid-19 no País até agora.

Na quarta-feira, 17, o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo, Marcos Penido, afirmou em entrevista coletiva ter pedido à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) medidas para evitar que consumidores inadimplentes em território paulista tenham a luz cortada.

Ele disse ter recebido sinalização do diretor-geral da Aneel, André Pepitone, de que o assunto seria tratado em reunião da agência ainda esta semana.

O Broadcast Político apurou que outros Estados fizeram pedidos semelhantes à Aneel. A área técnica do órgão está analisando as solicitações, mas ainda não há um parecer nem definição de um diretor para relatar o tema.

No ano passado, a Aneel suspendeu os cortes no fornecimento de energia por falta de pagamento para todos os consumidores. A princípio, a medida valeria por 90 dias, mas a agência chegou a prorrogar o prazo por solicitação dos secretários estaduais de energia.

Usuários do programa Tarifa Social, destinado a famílias de baixa renda, tiveram o fornecimento do serviço mantido até o fim do ano, mesmo em casos de inadimplência.

Em Minas, ainda não há definição sobre se a Copasa, principal empresa mineira de água e saneamento, acompanhará as medidas de alívio a consumidores como fez no ano passado. Em março de 2020, Zema já havia adotado a flexibilização para o pagamento de contas de luz e água para consumidores de baixa renda e estabelecimentos que ficaram fechados pelas regras de quarentena, com parcelamento de débitos em até seis vezes e a garantia temporária de fornecimento.

Logo em seguida, durante o período de abril a junho de 2020, a Cemig isentou a parcela do consumo de energia elétrica para todos os clientes cadastrados na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e com consumo mensal de até 220 kWh, obedecendo à Medida Provisória 950/2020 do governo federal.

Atualmente, está em vigor em Minas Gerais a onda roxa da matriz de quarentena da gestão estadual, que proíbe o funcionamento de todas as atividades não essenciais. A ocupação das UTIs em Minas é de 92%, com alguns municípios chegando a 100%.

A Cemig informa ter mais de 8,6 milhões de consumidores no Estado, divididos entre 774 municípios.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

MANDOU BEM?

Mudanças no alto escalão da Ultrapar agradam — mas enquanto ações sobem 9%, analistas apontam que ainda é cedo para uma reclassificação

Analistas enxergam movimentação da Ultrapar como ‘ponto de virada’ e uma surpresa positiva, mas ainda é cedo para um diagnóstico mais preciso do futuro.

OCCUPY B3

MTST ocupa sede da B3 em protesto contra o governo e a desigualdade social

Militantes do movimento por moradia entraram no saguão da bolsa de valores em ato contra as altas no desemprego e na inflação

Balança, mas (ainda) não cai

Qual o destino da Evergrande? Veja quatro possíveis cenários para a crise da gigante chinesa

As ações da Evergrande subiram mais de 17% na bolsa de valores de Hong Kong após um acordo com credores. A situação, porém, está longe de ser resolvida. Saiba o que esperar

mercado cripto

Bitcoin e criptomoedas: XP e Rico lançam dois fundos, com investimento a partir de R$ 100

Com gestão passiva, produtos são voltados ao público geral, com taxa de administração de 0,5% ao ano, sem proteção cambial ou taxa de performance

Destaques da bolsa

Cyrela (CYRE3): ‘Sem razões para ânimo’ com o setor, Credit Suisse rebaixa recomendação para construtora e ações têm queda firme

Banco suíço, que rebaixou recomendação de “compra” para “neutra”, vê um cenário difícil para as construtoras nos próximos meses por causa da alta da inflação e da taxa básica de juros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies