Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-13T19:21:10-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Sucesso em números

Ação da Moura Dubeux (MDNE3) dispara quase 12% após prévias que mostram recorde de vendas em 2021

Papel, que acumula queda de mais de 70% desde o IPO, ganha fôlego com prévias operacionais positivas do quarto trimestre

13 de janeiro de 2022
17:13 - atualizado às 19:21
Empreendimento da Moura Dubeux em Pernambuco
Empreendimento da Moura Dubeux em Pernambuco. Imagem: Divulgação

Com a alta dos juros, os investidores vêm torcendo o nariz para as construtoras na bolsa, mas ao menos uma delas mostrou, com dados, que tem motivos para celebrar - e as ações dispararam nesta quinta-feira (13).

Após a divulgação de boas prévias operacionais na noite de ontem, com o maior volume de vendas anual da sua história, os papéis da incorporadora pernambucana Moura Dubeux (MDNE3) fecharam com alta de 11,94%, a R$ 5,53.

O dia foi de marasmo na bolsa brasileira, com o Ibovespa em terminando a sessão com queda de 0,15%.

A Moura Dubeux é uma das empresas mais deixadas de lado de um setor que já é, atualmente, patinho feio na bolsa. Por atuar no Nordeste, um mercado imobiliário considerado mais arriscado que o do eixo Rio-São Paulo, a incorporadora nordestina abriu o capital em fevereiro de 2020, e desde então sua ação já perdeu mais de 70% do valor.

Porém, por sua dominância na região, seus números têm vindo fortes. Segundo as prévias divulgadas ontem à noite, a companhia registrou R$ 341 milhões em vendas e adesões líquidas no quarto trimestre de 2021, 17,6% a mais que no mesmo período de 2020.

Assim, as vendas líquidas no ano totalizaram R$ 1,3 bilhão, 84,8% acima de 2020 e o maior volume da história da companhia.

Os lançamentos totalizaram R$ 182 milhões em Valor Geral de Vendas (VGV) líquido no quarto trimestre, uma redução de 59,7% em relação ao mesmo período de 2020. Mas, no ano, os lançamentos totalizaram VGV líquido de R$ 1,1 bilhão, 65,2% a mais que em 2020.

A velocidade de vendas medida pelo indicador Vendas sobre Oferta (VSO) foi de 27,2% no trimestre e 58,5% em 2021, ambos com melhora em relação aos trimestres anteriores e o quarto trimestre do ano passado.

Foram adquiridos 17 terrenos no quarto trimestre, elevando o VGV do banco de terrenos da companhia a R$ 6 bilhões. A geração de caixa totalizou R$ 7,4 milhões no quarto trimestre e R$ 66,3 milhões no ano de 2021.

Credit Suisse tem avaliação positiva

Para os analistas do banco Credit Suisse, os números da Moura Dubeux foram positivos, e a melhora na velocidade de vendas da companhia, apesar do cenário mais desafiador, reforçou sua posição de liderança na região Nordeste.

"Embora o mercado normalmente tenha uma visão cética em relação à exposição a cidades fora da região Sudeste do país, nós temos uma visão positiva para a dominância da Moura Dubeux na região Nordeste, uma vez que a falta de competidores bem estruturados pode resultar numa performance resiliente no caso de um ambiente mais desafiador", dizem os analistas em relatório.

O Credit Suisse tem recomendação de compra para as ações da Moura Dubeux, com preço-alvo de R$ 8, um potencial de alta de quase 62% em relação ao fechamento de ontem.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

PRECAUÇÃO EXTRA

Cautela demais atrapalha os negócios? Não para o Bradesco (BBDC4): banco cria nova vice-presidência focada na gestão de riscos

A nova vertical abrangerá as áreas de compliance, conduta, ética e demais setores ligados à gestão de ameaças corporativas

FECHAMENTO DOS MERCADOS

Ibovespa ignora tensão pré-Fed e sobe mais de 2%, fechando no melhor nível desde outubro; dólar volta aos R$ 5,43

O dia tinha tudo para ser como ontem, mas o Ibovespa encontrou forças para voltar aos 110 mil pontos e recuperar as perdas da semana

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) sobe forte e apaga parte da queda brusca na semana; veja como operam as principais criptomoedas do mercado

Como outros ativos do risco, a moeda digital também foi afetada pelas tensões entre entre Ucrânia e Rússia nos últimos dias, mas encontrou fôlego para avançar hoje

INTERRUPÇÃO TEMPORÁRIA

Banco Central suspende sistema para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos; veja o que está por trás do bloqueio

O BC precisou interromper o funcionamento do sistema lançado ontem após enfrentar instabilidades geradas pelo grande volume de acessos

NOVA DEBANDADA?

Mais um técnico da área de Orçamento da Economia deixa cargo e expõe novo desgaste na equipe de Paulo Guedes

O movimento de saída é comum no último ano de governo, mas agora tem ocorrido mais cedo, ainda no primeiro mês de 2022

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies