🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-05-24T13:07:55-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
VOLATILIDADE NÃO É BRINQUEDO

Agradeça à Terra (LUNA): Mercado global de criptomoedas já perdeu US$ 1 trilhão em 2022 — e o ano nem chegou na metade ainda

O início do ano foi difícil para as criptomoedas, mas o desaparecimento da Terra (LUNA) foi o ponto em que o mercado mais perdeu

19 de maio de 2022
15:42 - atualizado às 13:07
dinheiro sendo destruído criptomoedas perderam um trilhão este ano
Dinheiro sendo destruído: criptomoedas perderam um trilhão este ano. Imagem: Shutterstock

As criptomoedas são conhecidas por movimentarem cifras gigantescas. Desde ganhos exponenciais na casa dos 14.000% até valores acumulados que beiram o PIB de grandes países, esse mercado consegue mover montanhas de dinheiro — e perder rios também. 

De acordo com um levantamento feito pelo Crypto Rank, o valor de mercado global das criptomoedas derreteu cerca de US$ 1 trilhão desde o início de 2022. Isso representa uma queda de 44,71% no período.

Não são só criptomoedas que sofrem

O levantamento do Crypto Rank ainda mostrou que o mercado de criptomoedas foi o que mais sofreu em 2022. Na sequência das maiores perdas vêm as bolsas dos Estados Unidos: o Nasdaq (índice de tecnologia) perde 23,4% no ano, e o S&P 500 recua 17,7%.

Quem perde menos nessa história é o índice ACWI do Morgan Stanley Capital International (MSCI), projetado para representar o desempenho de 23 mercados desenvolvidos e 26 emergentes. É considerado o mais abrangente em se tratando de escala global.

A culpa é de quem?

É inegável que os olhares raivosos foram direcionados à Terra (LUNA), a criptomoeda que desapareceu do mapa em poucos dias e levou com ela toda sua credibilidade no mercado de moedas digitais.

Sim, ela foi responsável por boa parte das perdas recentes. Mas não foi a única.

Desde o início do ano, os especialistas alertavam que 2022 poderia ser o Grande Inverno Cripto em virtude de um cenário macroeconômico conturbado pela frente. Já naquela época, os investidores esperavam um ano difícil com a elevação dos juros do Federal Reserve.

Espaço para mais quedas entre criptomoedas

O investimento em criptomoedas é arriscado devido à alta volatilidade desses ativos — por isso os especialistas recomendam apenas uma parcela de no máximo 5% do seu portfólio em ativos digitais.

O bitcoin ainda pode cair mais e levar o mercado consigo para o buraco. Mesmo com um suporte no patamar de US$ 26.700, o noticiário pode penalizar a maior criptomoeda do mundo e fazê-la cair ainda mais.

Mas ainda há esperança para as criptomoedas?

Vale destacar que a volatilidade pode ser tanto positiva quanto negativa. Se o noticiário “virar”, o mercado também pode avançar junto.

Os especialistas ouvidos pelo Seu Dinheiro acreditam que o momento é positivo para comprar criptomoedas e aumentar sua posição para diminuir seu preço médio de compra — sempre, é claro, ressaltando a cautela com esse mercado.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOITE CRIPTO

Na luta: bitcoin (BTC) opera em alta, mas performance não dá inveja; confira cotações

Apesar do avanço, o último mês foi o pior da história do bitcoin. A queda de 37,9% se consolidou como a mais terrível da história, desbancando maio de 2021, quando o recuo foi de 35,4%

PROBLEMAS FINANCEIROS

Tenda (TEND3) negocia com credores e consegue sinal verde para flexibilizar endividamento

Os detentores de debêntures da empresa aceitaram mudar os termos das dívidas em troca de garantias – e remuneração – extras

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

‘Pane’ nas exchanges, os limites para a Rússia e a queda do Ibovespa; confira os destaques do dia

Os corredores do mercado financeiro estavam mais silenciosos do que o habitual nesta segunda-feira (04).  Nos Estados Unidos, as bolsas em Wall Street ficaram fechadas devido ao feriado do Dia da Independência americana, mas parece que boa parte dos investidores brasileiros também deu uma esticadinha no fim de semana.  Sem Nova York e com o […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa cai abaixo dos 99 mil pontos em dia de baixa liquidez; dólar e juros sobem com petróleo

Sem Wall Street, o Ibovespa teve um dia de movimentação limitada. Apesar da alta do petróleo, o índice não conseguiu se consolidar em alta

ELEIÇÕES 2022

Quem é Maria Luiza Ribeiro Viotti, a primeira mulher a comandar o Itamaraty se Lula vencer as eleições?

A indicação de uma mulher para o Itamaraty contemplaria o movimento feminino na diplomacia, que ganhou força política no Congresso e foi incentivado por Amorim no passado; o Brasil nunca teve uma chanceler

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies