O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-03T07:03:27-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
A NATA DA B3

PetroRio (PRIO3) entra nas ações mais recomendadas para maio com “ajuda” da Petrobras (PETR4). Confira as principais indicações para o mês

As ações PRIO3 já haviam aparecido entre as menções honrosas no mês passado; agora, com um impulso da própria estatal, elas ganham ainda mais destaque

3 de maio de 2022
7:01 - atualizado às 7:03
Ações do mês | Vale VALE3
Confira aqui todos os papéis apontados pelas 12 corretoras consultadas pelo Seu Dinheiro. Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Já faz tempo que a Petrobras (PETR4) deixou de ser o único sinônimo para o setor de óleo e gás no Brasil. Com a decisão da estatal de concentrar a exploração em águas profundas, outras produtoras de petróleo ganham a oportunidade de crescer e aparecer.

Uma delas, inclusive, tem desbancado a gigante do setor na preferência dos analistas: a PetroRio (PRIO3). Maior produtora independente do país, a companhia voltou a despontar como a petroleira preferida das corretoras na Ação do Mês de maio.

As ações PRIO3 já haviam aparecido entre as menções honrosas no mês passado. Agora, com um impulso da própria Petrobras, elas ganham ainda mais destaque ao ocupar o segundo lugar da seleção do Seu Dinheiro.

O combustível extra para subir mais um degrau no pódio veio do sinal verde para uma aguardada negociação entre as duas petroleiras. O conselho da Petrobras aprovou no final de abril a venda da participação na concessão de Albacora Leste para a PetroRio.

A transação está avaliada em US$ 2,2 bilhões. O valor é alto, assim como o crescimento potencial para a produção da companhia. A produção média diária de Albacora Leste de janeiro a março de 2022 foi de 25,4 mil barris de óleo e 615,3 mil metros cúbicos de gás.

De acordo com a Petrobras, a celebração do contrato de compra e venda e as etapas seguintes ainda serão divulgadas. Mas, ainda que inconcluso, o negócio já engatilhado é o suficiente para garantir três recomendações e a medalha de prata para a PetroRio em maio.

O ouro é novamente da Vale (VALE3). Mesmo depois de enfrentar um mês difícil, a mineradora não larga o osso quando se trata da preferência dos analistas e ocupa o primeiro lugar do pódio das corretoras desde dezembro do ano passado.

Já a Petrobras (PETR4), que havia tido um desempenho tímido na seleção de abril, apareceu entre as favoritas de duas corretoras e está entre as menções honrosas deste mês.

Também com duas recomendações cada, ISA Cteep (TRPL4), JBS (JBSS3) e JHSF Participações (JHSF3) fazem companhia à estatal.

Confira aqui todos os papéis apontados pelas 12 corretoras consultadas pelo Seu Dinheiro:

Entendendo a Ação do Mês: todos os meses, o Seu Dinheiro consulta as principais corretoras do país para descobrir quais são suas apostas para o período. Dentro das carteiras recomendadas, normalmente com até 10 ações, os analistas indicam as suas três prediletas. Com o ranking nas mãos, selecionamos as que contaram com pelo menos duas indicações.

Vale (VALE3) — início de ano difícil, mas com boas perspectivas para 2022

As últimas semanas não foram fáceis para a Vale na B3. As ações VALE3 recuaram quase 14% em abril, apagando boa parte dos ganhos registrados neste ano — um retrato, aliás, do que aconteceu com o Ibovespa.

Os papéis da mineradora são afetados pela mudança nas perspectivas para seu principal produto, o minério de ferro. Os lockdowns na China afetam a produção e a demanda pela commodity no globo.

Além disso, os próprios resultados apresentados pela companhia no último trimestre ficaram aquém das expectativas dos analistas. Sofrendo com as tempestades de verão, que chegaram a paralisar parte das operações no início do ano, a produção da Vale recuou.

Os efeitos sazonais também choveram no resultado financeiro da mineradora: o lucro líquido recuou 19,6%, para US$ 4,458 bilhões entre janeiro e março deste ano. O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado caiu ainda mais no período, 26,9%, e chegou a US$ 6,2 bilhões.

Ainda assim, VALE3 é novamente a preferida das corretoras no mês. Guide Investimentos e Santander mantiveram as ações entre as ações, enquanto Toro e Terra Investimentos acrescentaram os papéis em seu top 3 para maio.

A medalha de ouro segue no pescoço da Vale porque, a despeito do deslize financeiro, as perspectivas para o ano permanecem favoráveis. Os analistas da Toro apontam, por exemplo, para notícias vindas do gigante asiático que devem aliviar a pressão sobre o minério de ferro

“As medidas expansionistas anunciadas pelo governo chinês poderão gerar uma maior demanda com relação à commodity que tende a compor um cenário positivo para as ações da Vale no curto prazo”, diz a corretora.

O Santander também destaca o novo programa de recompra de ações da Vale, anunciado junto aos resultados do primeiro trimestre. Para o banco, a recompra de até 10% dos papéis em circulação “reforça o foco na remuneração dos acionistas” e pode levar a uma reação positiva do mercado para os ativos.

PetroRio (PRIO3) — conquistando o mercado com uma ajuda de Golias

Se a PetroRio (PRIO3) fosse o Davi do setor de óleo e gás e Petrobras (PETR4) o Golias, o final da história seria diferente.

Isso porque, na versão óleo e gás da parábola bíblica, o gigante e o pequeno guerreiro estão concentrados em áreas diferentes. E, por alguns bilhões de dólares, o titã do setor até dá uma forcinha para os negócios do jovem petroleiro.

O avanço nas negociações de Albacora Leste era o que faltava para tirar a PetroRio das menções honrosas e levá-la de volta ao pódio das Ações do Mês, em segundo lugar. A companhia recebeu recomendações da Ativa Investimentos, Elite Investimentos e Warren em maio.

O sinal verde para o negócio também sustentou a alta das ações. Em um mês majoritariamente negativo para o mercado acionário, os papéis PRIO3 avançaram mais de 10%.

“O campo produz atualmente 25 mil barris por dia e, em reunião com o mercado, a Petrorio apontou que fará investimentos para dobrar o potencial do campo”, salientam os analistas da Ativa.

E a petroleira não deve parar por aí, pois segue negociando a compra da participação da Petrobras em Albacora. Se conseguir arrematar os dois ativos na Bacia de Campos, a produção da companhia pode saltar 120%, segundo os cálculos da Elite.

“Acreditamos que a empresa tem uma grande avenida de crescimento pela frente, seja devido à produção de novos poços dos campos de Polvo e Frade, seja nos campos de Albacora e Albacora Leste”, indicam os analistas

Além dos ativos negociados com a Petrobras, a PetroRio também explora outras opções no setor de óleo e gás. Segundo informações do portal Pipeline, ela está entre os interessados na possível venda da Dommo Energia (DMMO3).

A empresa — que está sob o controle da gestora Prisma Capital desde o início deste ano e contratou o Santander para conduzir o processo de venda — opera no campo de Tubarão Martelo, onde detém uma participação de 20%.

Repercussão — vermelho domina, mas alta das ações da PetroRio impressiona

Atropelado pela aversão ao risco global em abril, o Ibovespa teve o pior resultado mensal desde o pico da pandemia. Por isso, não é surpresa ver que boa parte das ações favoritas do mês passado tiveram desempenhos negativos.

A Magazine Luiza (MGLU3), que retornou à seleção depois de um bom tempo fora, foi uma das que mais sofreu no período, com queda de 28,5%. A Vale (VALE3), campeã do mês, recuou quase 14%.

Na ponta positiva, ocupada por apenas três papéis, o destaque é a alta de 10,8% da PetroRio. Veja a lista completa:

Fonte: B3
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa surfa no otimismo internacional e abre em alta; dólar é negociado abaixo dos R$ 5

RESUMO DO DIA: Os sinais de alívio da covid-19 na China devolveu o apetite de risco dos investidores nesta terça-feira (17). O tom menos agressivo dos representantes do Federal Reserve na tarde de ontem (16) também incentivam uma busca por barganhas nas bolsas hoje. Por aqui, o Ibovespa acompanha os debates envolvendo a PEC 63, […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Positivo (POSI3) e lucro de 2% no bolso com Wiz (WIZS3)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Positivo Tecnologia (POSI3), com entrada em R$ 7,87; veja a análise das ações

O melhor do Seu Dinheiro

Velozes e autônomos: desafio Imigrantes; veja a história do dia e outras oito notícias que mexem com os seus investimentos

Descubra tudo o que você precisa saber sobre os carros autônomos e o que é preciso para eles ganharem de vez as estradas brasileiras

BARGANHANDO EM PÚBLICO?

Elon Musk acha que o Twitter tentou enganá-lo, suspende negociação e exige clareza sobre número de contas falsas

Twitter e Elon Musk divergem sobre quantidade de usuários falsos e spams; empresa fala em 5%, bilionário acha que é bem mais

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior reagem ao alívio da covid-19 na China e sobem pela manhã; Ibovespa acompanha PEC que pode gerar até R$ 7,5 bi em novos gastos

A proposta de reajuste para juízes e procuradores acontece em meio à greve dos servidores do Banco Central e Receita Federal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies