🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa fica quase no ‘zero a zero’ com Wall Street no vermelho e ministros de Lula; dólar fecha em queda, a R$ 5,18

Os índices de NY foram derrubados pela divulgação da última leitura do PIB dos EUA, que também afetou negativamente as ações de tecnologia brasileiras

Larissa Vitória
Larissa Vitória
22 de dezembro de 2022
18:42
Montagem do real no mapa dos EUA e uma placa com Ibovespa e setas apontando para cima
Imagem: Shutterstock/Helena Aymee

A primeira lei de Newton diz que um objeto físico em repouso ou movimento retilíneo uniforme tende a permanecer assim se o resultado de todas as forças exercidas sobre ele forem nulas. Quem acompanhou o Ibovespa nesta quinta-feira (22) pôde ver como a lei da inércia também funciona no mercado financeiro.

O principal índice acionário da bolsa brasileira foi puxado em várias direções ao longo do pregão. As forças em atuação se equilibraram ao longo do dia — e, com isso, a cotação do Ibovespa rondou a estabilidade.

Por várias vezes, no entanto, alguma delas se destacava e forçava o índice a escolher o campo positivo ou negativo, invertendo completamente o sinal e mudando a direção da sessão. 

Uma das principais influências ao longo do dia foi o desempenho das bolsas de Nova York. Por lá, os índices foram derrubados pela divulgação da leitura final do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano. 

Entre julho e setembro, os EUA cresceram 3,2% em termos anualizados — acima das previsões e da leitura anterior. A força da economia assustou o mercado, que interpretou o dado como um sinal de que o Federal Reserve pode continuar elevando a taxa de juro sem causar grandes estragos. 

Por aqui, duas forças disputaram para ver quem conduziria o Ibovespa: as cotações do petróleo — que recuaram no mercado internacional e atrapalharam as ações ligadas à commodity — e o presidente eleito e diplomado Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O petista anunciou os nomes dos líderes de 16 ministérios e ajudou a diminuir as incertezas sobre o futuro governo — embora ainda restem 13 vagas que estão sendo negociadas com os aliados de Lula. O próximo chefe da Fazenda, Fernando Haddad, também revelou novos integrantes de sua equipe.

O resultado dessa batalha de influências mostrou que Newton não era um gênio apenas da física, mas também das finanças: as forças positivas superaram por pouco as negativas e o Ibovespa fechou em leve alta de 0,11%, aos 107.551 pontos.

As forças sobre o câmbio também foram aplicadas, em sua maioria, para baixo. O dólar à vista recuou 0,33% hoje, cotado em R$ 5,1858.

Sobe e desce do Ibovespa

Já nas pontas negativa e positiva do Ibovespa os movimentos de subida e descida foram mais acentuados.

As ações de frigoríficos lideraram as altas, com destaque também para a Sabesp. O tom positivo das ações SBSP3 deu-se após a companhia receber o aval da reguladora do setor para realizar reajustes de 6,37% nas tarifas de saneamento a partir de 2023.

Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
MRFG3Marfrig ONR$ 7,446,74%
JBSS3JBS ONR$ 20,893,21%
CCRO3CCR ONR$ 10,812,27%
TAEE11Taesa unitsR$ 34,652,36%
AMER3Americanas S.AR$ 9,062,72%
Fonte: B3

Já na tabela oposta, o destaque das quedas ficou com as ações de tecnologia. Veja abaixo:

CÓDIGONOMEULTVAR
LWSA3Locaweb ONR$ 7,17-4,14%
POSI3Positivo Tecnologia ONR$ 8,14-2,28%
BRKM5Braskem PNAR$ 23,10-1,99%
IRBR3IRB ONR$ 0,99-1,98%
DXCO3Dexco ONR$ 6,61-1,93%
Fonte: B3

Os homens (e mulheres) do presidente

A dez dias de tomar posse, Luiz Inácio Lula da Silva anunciou hoje mais nomes para compor o futuro ministério. A nova leva de ministros inclui o "núcleo duro" do governo, que ficará com o PT e terá o deputado Alexandre Padilha em Relações Institucionais.

A Casa Civil, entregue ao governador da Bahia, Rui Costa, terá um perfil mais técnico e de gestão, nos moldes do que era quando Dilma Rousseff comandou a pasta, de 2005 a 2010, no governo Lula.

Mas o anúncio de hoje deixou de fora cargos sobre os quais ainda há impasse, como Minas e Energia e Cidades, negociados tanto com o MDB quanto com o Centrão. Ainda restam 13 vagas nos ministérios, de acordo com o próprio Lula.

Clique aqui e confira os nomes dos futuros ministros que Lula revelou na manhã desta quinta-feira.

PIB forte derruba Wall Street

A leitura final do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA fez um verdadeiro strike em Wall Street hoje. O Dow Jones, o S&P 500 e o Nasdaq foram derrubados pelo dados mais forte do que o esperado — com o índice de tecnologia chegando a cair mais de 3%. 

As ações do segmento tecnológico lideraram as perdas do dia. Empresas de semicondutores como a Lam Research e a Advanced Micro Devices chegaram a cair mais de 10% hoje. 

Isso ocorreu porque, embora o dado do PIB do terceiro trimestre seja positivo, mantém a porta do aperto monetário escancarada nos EUA. 

O raciocínio dos investidores é o seguinte: uma economia forte, que cresce mais e acima das projeções pode ser o passe que o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) precisava para continuar elevando a taxa de juro sem causar grandes estragos. 

E juro alto é inimigo das ações, já que acaba provocando uma fuga de ativos de risco para abrigos como o dólar, o ouro e títulos da dívida do governo norte-americano. 

Confira a variação e a pontuação dos principais índice de ações dos EUA no fechamento:

  • Dow Jones: -1,06%, 33.028,22 pontos
  • S&P 500: -1,44%, 3.822,60 pontos
  • Nasdaq: -2,18%, 10.476,12 pontos

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) limita ganhos do Ibovespa; dólar cai a R$ 5,10 e recua mais de 1% na semana

17 de maio de 2024 - 17:35

RESUMO DO DIA: Como uma montanha-russa, o Ibovespa iniciou a semana em alta com a ata do Copom que aliviou, momentaneamente, o temor dos investidores. Mas Petrobras (PETR4) roubou a cena com a demissão repentina de Jean Paul Prates da presidência da estatal. Com isso, o Ibovespa termina a última sessão da semana em baixa […]

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa se recupera do tombo de Petrobras (PETR4) e fecha em alta; dólar cai a R$ 5,13

16 de maio de 2024 - 17:40

RESUMO DO DIA: Após um dia de tensão por conta das mudanças na Petrobras (PETR4), o Ibovespa conseguiu conter as perdas embalado pelas máximas em Wall Street. O principal índice da bolsa brasileira terminou a sessão com alta de 0,20%, aos 128.283 pontos. O dólar fechou a R$ 5,13, com baixa de 0,13% no mercado […]

TEMPOS DE GLÓRIA CHEGARAM?

Nas alturas: Dow Jones ultrapassa os 40 mil pontos pela primeira vez na história 

16 de maio de 2024 - 16:30

Quando começou a operar, Dow Jones era composto apenas por 12 ações. Hoje, o índice tem ações das 30 maiores empresas dos Estados Unidos

DESTAQUES DA BOLSA

De malas prontas: Presidente e dois membros do conselho da CVC (CVCB3) renunciam; ações caem mais de 7% na B3 

16 de maio de 2024 - 13:41

Valdecyr Maciel Gomes renunciou ao cargo depois de três anos na função; movimentação acontece uma semana após balanço do primeiro trimestre

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) rouba as atenções e Ibovespa fecha em queda em dia de NY nas máximas; dólar sobe a R$ 5,13

15 de maio de 2024 - 17:16

RESUMO DO DIA: Sinal vermelho para os mercados: a repentina demissão de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras (PETR4) pegou os investidores de surpresa e as atenções se voltaram para os desdobramentos da mudança no comando da companhia. Dado o peso de Petrobras no principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa terminou o pregão […]

VOLATILIDADE

Opções de venda de ações da Petrobras (PETR4) disparam mais de 1000% com ruído em torno da demissão de CEO

15 de maio de 2024 - 15:06

Investidores com posições em opções de venda de ações da Petrobras lucram com o estrago provocado pelo anúncio da saída de Jean Paul Prates

O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Magda Chambriard vai virar a Petrobras (PETR4) de ponta-cabeça? Veja o que pensa a indicada de Lula para suceder Prates

15 de maio de 2024 - 14:06

Compilamos as opiniões da Magda Chambriard sobre os investimentos, os dividendos e o futuro da Petrobras

DANÇA DAS CADEIRAS

Prates não sai sozinho: Petrobras (PETR4) anuncia demissão de CFO e nomeia presidente interina 

15 de maio de 2024 - 13:22

A estatal confirmou Clarice Coppetti, atual diretora executiva de assuntos corporativos, como presidente interina

O DIA QUE NÃO TERMINOU

O que fazer com as ações da Petrobras (PETR4) agora? Saiba se é hora de vender ou se a queda abriu oportunidade

15 de maio de 2024 - 12:42

O ruído em torno da saída de Jean Paul Prates na presidência da estatal já custou a perda de mais de R$ 60 bilhões em valor de mercado

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa avança com ata do Copom, enquanto dólar cai a R$ 5,13; Hapvida (HAPV3) e Natura (NTCO3) chamam atenção após balanços

14 de maio de 2024 - 17:27

RESUMO DO DIA: Dizem que para toda pergunta há uma resposta. Pois bem, o mercado finalmente recebeu a sua hoje, com a divulgação da ata do Copom, após a decisão dividida sobre o corte de 0,25 ponto percentual na taxa Selic. No documento, a explicação foi resumida por uma decisão “técnica”, nada além disso. Afastando […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar