2022-07-12T18:22:45-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta leve alta apesar do dia negativo em NY; dólar sobe forte e fecha em R$ 5,43, maior cotação em mais de cinco meses

Em um dia marcado pelo cabo de guerra entre varejistas e empresas ligadas às commodities, o índice rondou a estabilidade, enquanto a moeda norte-americana engatou uma nova alta

12 de julho de 2022
18:12 - atualizado às 18:22
bonecos em primeiro plano observam gráfico com cotações de mercados ao fundo | Ibovespa, ações, Petrobras, PETR4
Imagem: Freepik

Duas pequenas criaturas estiveram sobre os ombros do Ibovespa durante esta terça-feira (12). De um lado, um anjo sussurrava promessas de que a taxa Selic deve parar de subir em agosto. Do outro, um demônio dizia que a recessão econômica está rodando o globo e, em breve, deve bater na nossa porta. 

Atentos às palavras do anjo, os investidores voltaram-se para as varejistas, duramente penalizadas pela alta dos juros. Puxado pelo Magazine Luiza (MGLU3), o setor disparou em bloco em um movimento de 'caça à barganhas".

Já a previsão do demônio — que fez questão de relembrar que uma nova onda de casos de covid-19 colocou diversas cidades chinesas em lockdown — caiu como uma bomba entre as produtoras de commodities, que já vinham enfraquecidas pelo tombo do minério de ferro e do petróleo no mercado internacional.

As siderúrgicas reverteram parte da queda ao longo do pregão e Vale (VALE3) e outros nomes do setor ficaram no terreno dos ganhos. Já as petroleiras amargaram performances negativas, com a 3R Petroleum (RRRP3) liderando as perdas do dia.

Em Wall Street, os seres sobrenaturais também disputavam para ver quem iria influenciar mais o rumo dos negócios e as bolsas por lá operaram sem direção única ao longo da sessão.

No final da tarde, contudo, o pessimismo e o tombo do setor elétrico falaram mais alto e os três principais índices dos Estados Unidos fecharam com perdas de 0,63% a 0,95%.

Por aqui, a batalha entre o bem e o mal também foi definida tarde. Faltando poucos minutos para o fechamento dos negócios, o celestial cansou de conversa, pegou emprestada a espada do arcanjo Miguel e derrubou o demônio dos ombros do índice brasileiro. O Ibovespa terminou o dia com ganho de 0,06%, aos 98.271 pontos.

Já o dólar à vista aproveitou o clima de cabo de guerra e emendou mais uma forte alta. Com os investidores buscando proteção, a moeda norte-americana chegou a valer mais do que o euro pela primeira vez em 20 anos e subiu 1,27%, cotada em R$ 5,4391. Esse é o maior valor de fechamento desde 26 de janeiro.

O que mexeu com os mercados lá fora?

Os principais mercados de ações da Europa e os índices futuros de Wall Street amanheceram no vermelho hoje. Nos Estados Unidos, a espera pelos novos dados sobre a inflação em junho, que serão conhecidos amanhã (13), alimentou a aversão ao risco. 

O índice já se encontra nos níveis mais elevados em 40 anos. Em maio, a inflação avançou 8,6% no acumulado em 12 meses nos Estados Unidos.

E a expectativa dos analistas é de que a leitura referente a junho venha ainda mais elevada — e quem garante que todos os tons de pessimismo tomem o mercado é o governo dos Estados Unidos.

A porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, afirmou que o governo norte-americano espera uma leitura "altamente elevada" do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de junho.

O índice deve ser impulsionado principalmente pelos preços elevados de combustível no período. Em julho, os preços da gasolina no país recuam 7% "em relação ao pico de junho".

Além disso, investidores ao redor de todo o globo acompanham o avanço da covid-19 na China. Uma nova sub variante da ômicron é o motivo da nova onda de casos que colocou diversas cidades chinesas em lockdowns.

Ainda que Pequim tenha anunciado medidas de contenção de danos à economia, os investidores estão céticos quanto a sua eficácia no momento. 

Europa sem gás

A manutenção programada do gasoduto Nord Stream 1 também pesa, especialmente para a Europa. A interrupção do fornecimento de gás para as atividades de manutenção alimenta temores de que a Rússia possa prolongar o trabalho e atrasar ainda mais o fornecimento de gás para a Alemanha.

Com o bloco econômico imerso em preocupações energéticas ligadas ao fornecimento do gás russo, o euro chegou a atingir a paridade com o dólar, movimento que não era visto desde 2002.

O temor de uma recessão na Europa aumentou nas últimas semanas devido à crescente incerteza sobre o acesso do bloco a importações de gás natural e petróleo.

PEC dos benefícios e Ibovespa

Por aqui, o Ibovespa ainda contou com a face brasileira da crise para afetar os negócios. A PEC dos benefícios — que também recebe os nomes de PEC Kamikaze e PEC dos Combustíveis — foi novamente destaque do dia.

A votação no plenário da Câmara, marcada para hoje, é o grande foco dos investidores.  A aprovação do texto que instaura uma série de benefícios fora do teto de gastos pode ser o fim de um capítulo do sofrimento dos investidores.

Acontece que a PEC foi inflada e modificada para durar até o final do ano, mas com gastos que, somados, chegam a R$ 38,7 bilhões fora da regra que limita as despesas do governo.

Burlar o teto de gastos é extremamente mal visto pelos investidores porque aumenta o chamado risco Brasil. Por outro lado, a aprovação da proposta traz um alívio porque impede o aumento ainda maior dos gastos públicos.

Veja também - RECESSÃO é INEVITÁVEL nos EUA? I S&P de mal a pior I Hora de investir em AÇÕES DO EXTERIOR ou BDRs?

Sobe e desce do Ibovespa

Em meio a esse cenário, os investidores buscaram ações descontadas hoje. E o setor de varejo, que concentra boa parte das pechinchas da B3, foi o grande destaque positivo.

Veja abaixo as maiores altas:

CÓDIGONOMECOTAÇÃOVARIAÇÃO
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 2,9411,79%
VIIA3Via ONR$ 2,559,44%
AMER3Americanas ONR$ 16,908,26%
AZUL4Azul PNR$ 12,417,82%
NTCO3Natura ONR$ 14,687,70%
Fonte: B3

Na outra ponta do Ibovespa, as ações ligadas às commodities sofreram com as perspectivas de recessão e com a queda brusca do petróleo no mercado internacional. Confira as maiores quedas do dia:

CÓDIGONOMECOTAÇÃOVARIAÇÃO
RRRP33R Petroleum ONR$ 30,27-6,49%
PCAR3GPA ONR$ 16,66-3,36%
CRFB3Carrefour Brasil ONR$ 16,70-2,91%
ALPA4Alpargatas PNR$ 19,29-2,28%
B3SA3B3 ONR$ 10,53-2,23%
Fonte: B3
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Um mundo tomado pela inflação: entenda ao que é preciso prestar atenção para saber se os preços vão finalmente parar de subir

9 de agosto de 2022 - 6:10

O processo de normalização dos preços será fundamental para que consigamos ter maior previsibilidade quanto ao futuro dos ativos de risco

COMBUSTÍVEIS

Mudou de ideia? Bolsonaro diz que política de paridade de preços da Petrobras (PETR4) pode ser mantida como está

8 de agosto de 2022 - 20:43

Bolsonaro anunciou que vai manter os impostos federais dos combustíveis zerados no próximo ano

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) perde um pouco de tração, mas segue operando em alta; saiba o que mexe com a maior criptomoeda do mundo

8 de agosto de 2022 - 20:04

O destaque do dia foi para o ethereum (ETH), mas não pela alta de preços e sim pelo volume negociado nas últimas 24h

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro alfineta banqueiros e diz que ações do governo contam mais do que “assinar cartinha”; confira o recado enviado pelo presidente

8 de agosto de 2022 - 18:49

Chefe do Planalto fez referência aos manifestos em defesa da democracia articulados em reação à ofensiva sem provas do governo sobre a lisura do sistema eleitoral brasileiro — e que contou com a assinatura de banqueiros

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Os melhores FIIs do mês, cinco razões para comprar Weg (WEGE3) e o prejuízo do Softbank; confira os destaques do dia

8 de agosto de 2022 - 18:40

Depois que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a Selic a 13,75% ao ano e deixou claro que, caso um novo aumento ocorra, será apenas um ajuste residual, o mercado financeiro comprou a ideia de que o ciclo de aperto monetário chegou ao fim e já começa a sonhar até […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies