2022-07-03T19:30:38-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa dá uma pausa nas perdas e sobe 0,29% na semana, mas dólar dispara e chega a R$ 5,32

O começo de julho foi mais animador para o Ibovespa, mas as dificuldades seguem pressionando o câmbio

1 de julho de 2022
18:40 - atualizado às 19:30
Pausa nos mercados
Imagem: Shutterstock

Que sexta-feira costuma ser o dia da semana favorito de muita gente não é novidade, mas você já reparou na tendência que temos de tentar fazer dele o mais leve de todos para não atrapalhar o descanso do fim de semana?

Seja no escritório ou no mercado financeiro, o último dia útil é o momento extra-oficial de se pegar mais leve – mesmo que a volatilidade também faça parte da rotina. 

Em Wall Street e na B3, os investidores aproveitaram o início do novo semestre para recuperar um pouco de terreno após as fortes perdas das últimas semanas. 

No exterior, o movimento foi sustentado por uma série de dados mistos da economia americana, aumentando a percepção de que a atividade já mostra sinais de enfraquecimento, o que pode travar a atuação do Federal Reserve. 

Com o mercado de juros em ajuste de baixa, as bolsas subiram e o Ibovespa encerrou o dia em alta de 0,42%, a 98.953 pontos. Na semana, o ganho foi de  0,29%.

Hoje, no entanto, o que serviu para a bolsa não se aplicou ao câmbio. E não foi por acaso. 

A aprovação da PEC dos combustíveis – também conhecida como pacote de bondades, do desespero, PEC dos benefícios ou Kamikaze – pressiona as contas públicas e traz incertezas sobre o que mais pode acontecer até o fim do período eleitoral. 

Assim, mesmo com a recuperação na bolsa, o dólar à vista refletiu o desconforto do mercado e disparou, fechando o dia em alta de 1,65%, a R$ 5,3212. Na semana, o avanço foi de 1,30%.

Os dados do dia

Um dia após dados da economia americana decepcionarem o mercado, o índice de gerente de compras (PMI) agradou e fortaleceu as bolsas em Nova York. O PMI industrial caiu para 52,7 em junho, acima do patamar projetado.

Se a primeira bateria de dados americanos agradou o mercado, a segunda deixou a desejar. Segundo o ISM, o PMI industrial recuou a 53 em junho, bem abaixo da expectativa de 54,3 dos analistas.

Com os dados mistos e uma projeção de que o Federal Reserve atue de forma mais branda em seu aperto monetário, as bolsas americanas fecharam o dia em alta. O Nasdaq subiu 0,90%, enquanto o S&P 500 e o Dow Jones tiveram ganhos de 1,05%. 

No Brasil, também foi dia de divulgação. O índice gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Brasil passou de 54,2 em maio para 54,1 em junho, de acordo com a S&P Global.

Apesar do resultado levemente abaixo, o número acima de 50 pontos ainda indica expansão da atividade do setor.

Sobe e desce do Ibovespa

O Fleury (FLRY3) anunciou nesta quinta-feira a aquisição da Hermes Pardini (PARD3), num movimento de consolidação para criar um novo player de peso no segmento de saúde. A notícia da fusão foi bem recebida pelo mercado – no Ibovespa, o Fleury liderou os ganhos da semana.

A MRV (MRVE3) foi outro destaque positivo. A construtora arrumou uma forma de turbinar o seu caixa em um momento delicado para o setor de construção e juros elevados. A companhia embolsou R$ 349,4 milhões a partir da venda de uma carteira pró-soluto — uma espécie de portfólio de créditos a receber, ligado a empréstimos feitos a clientes. 

Confira as maiores altas do Ibovespa na semana:

CÓDIGONOMEULTVARSEM
FLRY3Fleury ONR$ 15,809,72%
PETR4Petrobras PNR$ 28,588,71%
PETR3Petrobras ONR$ 31,288,20%
MRVE3MRV ONR$ 8,267,69%
ENEV3Eneva ONR$ 15,205,85%

A queda das commodities foi mais uma vez uma vilã para o Ibovespa. Com o recuo do minério de ferro na China, as empresas do setor de mineração e siderurgia enfrentaram dias complicados. 

Apesar disso, o destaque negativo ficou com setores mais sensíveis à pressão no câmbio e nos juros. 

Confira os piores desempenhos da semana:

CÓDIGONOMEULTVARSEM
CVCB3CVC ONR$ 7,02-17,51%
VIIA3Via ONR$ 1,90-16,30%
QUAL3Qualicorp ONR$ 11,36-12,95%
CASH3Meliuz ONR$ 1,10-12,70%
GOLL4Gol PNR$ 9,19-12,48%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Um mundo tomado pela inflação: entenda ao que é preciso prestar atenção para saber se os preços vão finalmente parar de subir

9 de agosto de 2022 - 6:10

O processo de normalização dos preços será fundamental para que consigamos ter maior previsibilidade quanto ao futuro dos ativos de risco

COMBUSTÍVEIS

Mudou de ideia? Bolsonaro diz que política de paridade de preços da Petrobras (PETR4) pode ser mantida como está

8 de agosto de 2022 - 20:43

Bolsonaro anunciou que vai manter os impostos federais dos combustíveis zerados no próximo ano

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) perde um pouco de tração, mas segue operando em alta; saiba o que mexe com a maior criptomoeda do mundo

8 de agosto de 2022 - 20:04

O destaque do dia foi para o ethereum (ETH), mas não pela alta de preços e sim pelo volume negociado nas últimas 24h

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro alfineta banqueiros e diz que ações do governo contam mais do que “assinar cartinha”; confira o recado enviado pelo presidente

8 de agosto de 2022 - 18:49

Chefe do Planalto fez referência aos manifestos em defesa da democracia articulados em reação à ofensiva sem provas do governo sobre a lisura do sistema eleitoral brasileiro — e que contou com a assinatura de banqueiros

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Os melhores FIIs do mês, cinco razões para comprar Weg (WEGE3) e o prejuízo do Softbank; confira os destaques do dia

8 de agosto de 2022 - 18:40

Depois que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a Selic a 13,75% ao ano e deixou claro que, caso um novo aumento ocorra, será apenas um ajuste residual, o mercado financeiro comprou a ideia de que o ciclo de aperto monetário chegou ao fim e já começa a sonhar até […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies