🔴 [TESTE GRÁTIS] NOVO APP PODE GERAR ATÉ R$ 680 POR DIA COM 3 CLIQUES – CONHEÇA

Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa supera virada em NY, mas fecha a semana com queda de 1,28%; dólar sobe mais de 2% no período

Quanto mais nos aproximamos da próxima reunião do Federal Reserve, mais as bolsas globais e o Ibovespa lidam com a volatlidade

Jasmine Olga
Jasmine Olga
2 de setembro de 2022
19:03 - atualizado às 19:16
Presidente do Fed, Jerome Powell, caminha sobre corda bamba com tubarões na água
Montagem com o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell - Imagem: Banco Central da Suíça, iStock, Brenda Silva

Quanto mais caminhamos em direção ao mês de outubro, mais o mercado financeiro parece polarizado entre duas possibilidades que não agradam aos analistas. 

De um lado, parte dos investidores estão certos de que o Federal Reserve será obrigado a continuar em um ritmo elevado de aperto monetário. Do outro, há quem veja algum alívio nos dados mais fracos do que o esperado da economia americana, projetando um espaço menor de manobra por parte do Fed. 

A divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos, o payroll, deixou o racha entre os dois lados bem marcado — nas primeiras horas, o número abaixo do esperado impulsionou as bolsas, mas o entusiasmo foi insuficiente e o cabo de guerra foi vencido pelo lado mais cauteloso E o Dow Jones, S&P 500 e o Nasdaq recuaram mais de 1%. 

Para William Castro Alves, estrategista-chefe da Avenue Securities, parece claro que o Fed está disposto a seguir elevando os juros a patamares elevados até que a inflação volte meta — tudo vai depender dos dois próximos dados importantes que serão divulgados antes da próxima reunião: os indicadores de inflação ao consumidor e produtor. 

Em dia de agenda fraca para o investidor brasileiro, o Ibovespa sentiu de forma intensa a movimentação em Nova York — ainda que tenha permanecido em campo positivo. 

O principal índice da bolsa brasileira teve alta de 0,42%, aos 110.864 pontos. Na semana, a queda foi de 1,28%. O dólar à vista encerrou o dia em queda de 1,02%, a R$ 5,1848, mas acumulou valorização de 2,10% na semana, repercutindo a saída de capital estrangeiro do país após uma semana de fortes perdas no setor de commodities. 

Mais tensão no ar

Nos EUA, foram criados 315 mil empregos em agosto. segundo o relatório payroll, pouco acima das expectativas dos analistas ouvidos pela Bloomberg, que projetavam a criação de 300 mil postos de trabalho.

A taxa de desemprego subiu 3,7% em agosto, acima também das expectativas do mercado, que previa o índice em 3,5%.

Com o mercado de trabalho dando sinais de fraqueza, o mercado entende que a postura do Federal Reserve deve ser de alívio ou manutenção nos juros, o que chegou a animar as bolsas no exterior, mas o movimento não teve vida longa. 

Apesar disso, o mercado de juros repercutiu a hesitação do mercado em cravar um caminho para o Fed. No Brasil, a curva teve o quinto pregão seguido de desinclinação. Confira:

CÓDIGONOMEULT FEC 
DI1F23DI jan/2313,70%13,72%
DI1F24DI jan/2412,85%12,85%
DI1F25DI Jan/2511,70%11,73%
DI1F26DI Jan/2611,50%11,55%
DI1F27DI Jan/2711,46%11,53%

Sobe e desce do Ibovespa

Com a semana marcada pela forte queda dos juros futuros, as ações das empresas de construção civil e incorporadoras ficaram com os melhores desempenhos da semana. A desinclinação da curva também beneficiou alguns players do setor de consumo Confira as maiores altas do período:

CÓDIGONOMEVALORVARSEM
MRVE3MRV ONR$ 11,8816,36%
CYRE3Cyrela ONR$ 16,3614,81%
EZTC3EZTEC ONR$ 20,0311,15%
JHSF3JHSF ONR$ 7,0310,36%
ASAI3Assaí ONR$ 18,995,79%
POSI3Positivo Tecnologia ONR$ 11,985,36%

De olho na oferta de ações que saiu a R$ 1 e foi concluída na última quinta-feira, as ações do IRB lideraram com folga os piores desempenhos dos últimos dias. Confira também as maiores quedas do Ibovespa:

CÓDIGONOMEULTVARSEM
IRBR3IRB ONR$ 1,22-38,07%
AMER3Americanas S.AR$ 15,50-14,36%
GOLL4Gol PNR$ 10,03-12,63%
CSNA3CSN ONR$ 13,46-10,33%
CIEL3Cielo ONR$ 5,33-9,97%

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar