🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-01T17:11:23-03:00
Carolina Gama
FECHAMENTO DO DIA

Furacão econômico derruba S&P 500, Dow Jones e Nasdaq; entenda o que aconteceu com as bolsas nos EUA

Os mercados europeus também fecharam em baixa hoje, com os traders continuando a avaliar novos dados sobre inflação e atividade econômica

1 de junho de 2022
17:08 - atualizado às 17:11
Furacão bolsas mercados Ibovespa podcast
Imagem: Shutterstock

A previsão do tempo não está favorável para o S&P 500, o Dow Jones e Nasdaq. Os três principais índices de ações de Nova York foram varridos pela perspectiva da chegada de um furacão econômico. 

Depois de descrever os riscos para a economia como “nuvens de tempestade”, o  CEO do JPMorgan, Jamie Dimon, pintou uma imagem mais sombria da economia e alertou os investidores para se prepararem para um “furacão” econômico.

A declaração foi fatal para o setor bancário. O JPMorgan caiu quase 2%, mas os bancos regionais, incluindo SIVB e STT, lideraram as perdas, recuando mais de 3% — mesmo com os juros projetados pelos títulos do Tesouro EUA continuando a ganhar impulso.

As perdas desta quarta-feira (01) dão sequência às de ontem, quando o S&P 500, o Dow Jones e o Nasdaq afundaram pressionados por temores de que a aceleração da inflação esteja pesando no crescimento econômico. 

Confira a variação e a pontuação dos principais índices de ações dos EUA no fechamento:

  • Dow Jones: -0,54%, 32.812,97 pontos
  • S&P 500: -0,75%, 4.101,21 pontos
  • Nasdaq: -0,72%, 11.994,46 pontos

S&P 500 segue bolsas na Europa

Os mercados europeus também fecharam em baixa hoje, com os traders continuando a avaliar novos dados sobre inflação e atividade econômica.

O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou o dia com perda de cerca de 1%, tendo flutuado desde a abertura. 

  • Londres: -0,98%
  • Paris: -0,77%
  • Frankfurt: -0,33%

O índice de blue chip europeu fechou o mês de maio com queda de 0,85%, com as preocupações com a inflação ressurgindo após as impressões de preços ao consumidor em toda a zona do euro.

A inflação na zona do euro atingiu 8,1% em maio, superando as expectativas e marcando o sétimo recorde consecutivo. 

Os investidores estão acompanhando de perto o Banco Central Europeu em busca de dicas sobre o ritmo e a escala dos aumentos das taxas de juros necessários para conter os preços ao consumidor.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

FRUTOS DO CASAMENTO

Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) apresentam relação de troca final de ações; veja quanto os acionistas receberão

Mais cedo, a Superintendência-Geral do Cade aprovou, sem restrições, a venda de parte da frota da Unidas para o Grupo Brookfield, dono da locadora Ouro Verde

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) faz malabarismo para enfrentar volatilidade e seguir acima de US$ 20 mil; confira cotações

O cenário macroeconômico pesou no universo cripto e se juntou à falta de liquidez, exercendo importante fonte de pressão

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies