O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-08T17:02:42-03:00
Carolina Gama
FECHAMENTO DO DIA

S&P 500 tem dia morno à espera dos grandes bancos; veja com as bolsas gringas se comportaram

Semana foi marcada pela volatilidade tanto nos EUA como na Europa depois que o banco central norte-americano apresentou detalhes de seu plano agressivo de aperto monetário

8 de abril de 2022
17:02
vista da nyse em wall street
Vista para o prédio da Nyse, em Wall Street, nos EUA - Imagem: Shutterstock

O S&P 500 operou praticamente estável nesta sexta-feira (08), com os ganhos no setor financeiro e de energia de um lado e, de outro, a fraqueza das ações de tecnologia. Já o Nasdaq encerrou o dia com perdas, enquanto o Dow Jones conseguiu subir. 

A semana que acaba hoje foi marcada pela preocupação dos investidores com uma política monetária mais dura do Federal Reserve (Fed) — e as chances de que esse ritmo mais agressivo possa lançar a economia norte-americana em uma recessão.

A ata da reunião de março do Fed, divulgada na quarta-feira (06), mostrou que os membros do comitê de política monetária estão preparados para aumentar os juros de 50 pontos-base em suas próximas reuniões e iniciar uma redução considerável do balanço em breve.

Já a semana que virá será marcada por uma nova temporada de balanços nos Estados Unidos, com resultados de cinco grandes bancos. 

A estreia será feita pelo JPMorgan antes da abertura das negociações de quarta-feira (13). Citigroup, Goldman Sachs, Morgan Stanley e Wells Fargo divulgarão seus balanços na quinta-feira (14).

As ações desses bancos, que estiveram sob pressão nas últimas sessões devido a preocupações de que uma possível recessão possa aumentar a inadimplência, finalmente encontraram algum alívio no pregão de hoje, subindo mais de 1% durante a sessão em NOva York. 

Confira o fechamento dos índices de Wall Street:

  • Dow Jones: +0,40%, 34.723,03 pontos
  • S&P 500: -0,26%, 4.488,68 pontos
  • Nasdaq: -1,34%, 17.711,00 pontos

Europa seguiu o mesmo rumo do S&P 500?

Os mercados europeus tiveram um desempenho mais forte do que o do S&P 500 nesta sexta-feira, fechando em alta  uma semana de negociação volátil, com investidores avaliando o ritmo dos planos de aperto monetário do Federal Reserve e as notícias da Ucrânia.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 1,2%, com as ações de petróleo e gás subindo 3,2% para liderar os ganhos, já que quase todos os setores e principais bolsas entraram em território positivo.

  • Londres: +1,56%
  • Paris: +1,34%
  • Frankfurt: +1,46%

As bolsas europeias iniciaram o dia repercutindo a decisão do Congresso dos EUA de votar para revogar o status comercial da Rússia e proibir as importações de petróleo e gás. 

Além disso, disso os investidores também avaliaram a proibição de todos os novos investimentos no país e as sanções contra as filhas do presidente russo, Vladimir Putin, após relatos de estupro e tortura contra civis na Ucrânia.

O caso foi condenado por membros do G-7 (formado por EUA, Reino Unido, Canadá, Japão, Itália, França e Alemanha), que votaram pela remoção da Rússia do Conselho de Direitos Humanos da ONU. 

A União Europeia também aprovou novas sanções contra a Rússia, incluindo um embargo histórico às importações russas de carvão.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Elon Musk em apuros? Tesla perde apelo entre consumidores de carros de luxo

Tesla cai do 3º para o 5º lugar na preferência dos compradores de carros de luxo nos EUA no primeiro trimestre, mas ainda domina entre modelos elétricos

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa futuro abre próximo da estabilidade e tenta ignorar exterior; dólar vai a R$ 5,07

RESUMO DO DIA: A desaceleração da economia chinesa pesou no sentimento das bolsas nesta segunda-feira (16). Os dados mais fracos dão os primeiros sinais de recessão, o que deve afetar o desempenho das atividades nos demais países. Por aqui, a Petrobras (PETR4) é o foco do dia, com debates envolvendo o preço dos combustíveis e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies