🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-08-15T07:39:19-03:00
Ricardo Gozzi
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
SEGREDOS DA BOLSA

Esquenta dos mercados: Ata do Fed dá o tom da semana para bolsas internacionais; Ibovespa aguarda números da prévia do PIB

O índice local entra na reta final da temporada de balanços, que vem animando a bolsa brasileira nas últimas semanas

15 de agosto de 2022
7:39
Um dólar olhando de perto para as pessoas
Confira o que movimenta as bolsas, o dólar e o Ibovespa esta semana. Imagem: Shutterstock

A safra de balanços do segundo trimestre de 2022 termina hoje com um saldo para lá de positivo para o principal índice da bolsa brasileira. O Ibovespa acaba de emplacar quatro semanas seguidas em alta.

O avanço de 2,8% registrado na última sexta-feira levou o Ibovespa de volta à faixa dos 112 mil pontos — de 96 mil no meio de julho. Só na semana passada, a alta acumulada foi de 5,9%.

No que depender dos sinais vindos do exterior, o Ibovespa ficará por sua própria conta e risco nesta segunda-feira (15). Tanto na Europa quanto nos Estados Unidos, os investidores monitoram o mercado na busca por algum catalisador que justifique uma alta.

Dados vindos da China frustraram a expectativa dos analistas. De acordo com as autoridades chinesas, as vendas no varejo e a produção industrial cresceram em julho, mas menos que o esperado.

Ainda, o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês), reduziu algumas taxas de juros de maneira inesperada e fez uma injeção de liquidez nos mercados. Alguns analistas acreditam que a política de “tolerância zero” contra a covid-19 gerou um impacto econômico além do esperado, o que exigiu uma guinada mais intensa contra a desaceleração econômica.

Somado a isso, os investidores ainda aguardam a ata da mais recente reunião do Federal Reserve e maiores detalhes sobre a política de juros e aperto monetário dos Estados Unidos.

Confira o que movimenta as bolsas, o dólar e o Ibovespa nos próximos dias:

Veja também: APELO DA LUIZA TRAJANO TEVE MOTIVO

Ibovespa hoje: atividade econômica e balanços

A expectativa é de que os últimos balanços da temporada por aqui, que incluem empresas como CSN, Vibra e Itaúsa, movimentem o pregão de hoje e provoquem alguma onda amanhã. Mas e depois?

Quando a temporada de balanços terminar, os investidores vão ter alguma dificuldade para encontrar gatilhos para manter a recuperação do Ibovespa de quarta-feira em diante.

Além disso, vale lembrar que a disputa eleitoral está a todo o vapor. A próxima terça-feira (16) marca o início oficial da campanha para as eleições de outubro deste ano, o que deve movimentar o noticiário nos próximos dias.

Atividade econômica em recuperação

Ainda hoje, para além dos últimos balanços da temporada, os investidores estarão de olho no IBC-Br de junho. O índice é considerado uma prévia do PIB e a expectativa é de alta na leitura de junho. 

Nas projeções dos especialistas ouvidos pelo Broadcast, a mediana das expectativas aponta para uma alta de 0,38%, contra queda de 0,11% no mês anterior. Na passagem dos últimos 12 meses, o IBC-Br deve subir 2,60%. 

Analistas esperam que, pelo retrovisor, o dado indique alguma recuperação da economia no mês que fechou o segundo trimestre. Entretanto, é improvável que o movimento apague as quedas registradas em abril e maio.

Seja como for, o IBC-Br ajudará os investidores a recalibrarem as expectativas para o PIB brasileiro em 2022.

Bolsas lá fora: PIB e inflação movimentam o exterior

Ao longo da semana, os investidores também estarão de olho nos indicadores vindos da Europa, especialmente nos números do PIB e da inflação da zona do euro.

Os dados fornecerão novas pistas sobre os temores de que a região entre em recessão.

Por fim, a publicação mais importante da semana fica para a ata da mais recente reunião de política monetária do Fed. O maior BC do planeta deve dar novas pistas sobre a continuidade do aperto monetário para as próximas reuniões.

Na última leitura, o CPI — o índice de inflação — norte-americano registrou estabilidade, o que animou os investidores com a possibilidade de um ciclo menor de juros altos. Os representantes do Fed, entretanto, já afirmaram que os números não são suficientes para encerrar o aperto monetário já na próxima reunião. 

Seja como for, os investidores seguem de olho nas falas dos diretores do Federal Reserve ao longo da semana e qualquer novo indício de arrefecimento da alta de juros. 

Bolsas na semana: agenda dos próximos dias

Segunda-feira (15)

  • Banco Central: IBC-Br de junho (9h)
  • Estados Unidos: Índice de atividade industrial Empire State de agosto (9h30)
  • Banco Central: Balança comercial semanal (15h)

Terça-feira (16)

  • FGV: Monitor do PIB (8h)
  • Estados Unidos: PRodução industrial de julho (10h15)
  • Estados Unidos: Estoques de gasolina (17h30)

Quarta-feira (17)

  • Reino Unido: CPI e Núcleo do CPO (3h)
  • Estados Unidos: Vendas no varejo de julho (9h30)
  • Estados Unidos: Fed divulga a ata da sua mais recente reunião de política monetária (15h)

Quinta-feira (18)

  • Zona do Euro: CPI e núcleo do CPI de julho (6h)
  • Estados Unidos: Pedidos de auxílio-desemprego (9h30)

Sexta-feira (19)

  • FGV: IGP-M de agosto (8h)

Balanços da semana

Confira o calendário completo de balanços aqui.

Segunda-feira (15)

Após o fechamento:

  • Agrogalaxy (Brasil)
  • Banco Inter (Brasil)
  • Boa Safra Sementes (Brasil)
  • Caixa Seguridade (Brasil)
  • CSN (Brasil)
  • CSN Mineração (Brasil)
  • Even (Brasil)
  • Gafisa (Brasil)
  • IRB (Brasil)
  • Itaúsa (Brasil)
  • Méliuz (Brasil)
  • Nubank (Brasil)
  • Rede D’Or (Brasil)
  • Vibra energia (Brasil)
  • Yduqs (Brasil)

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O efeito do abraço de urso: a volta dos IPOs na B3, dividendos milionários, inverno cripto e outras notícias que mexem com seus investimentos

28 de setembro de 2022 - 8:17

A sucessão de baixas dos ativos de risco nos mercados financeiros levou os investidores a uma caça às pechinchas — e cada vez mais analistas consideram que é hora de ir às compras nas bolsas

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais caem antes de falas de Jerome Powell e dirigentes do Fed; Ibovespa acompanha Campos Neto e Guedes hoje

28 de setembro de 2022 - 7:40

Por aqui, a última rodada da pesquisa Genial/Quaest antes do primeiro turno das eleições presidenciais mostra chances de que Lula ganhe no primeiro turno

REPORTAGEM ESPECIAL

Nova safra de IPOs vai ficar só para 2023 — e terá uma cara bem diferente da última janela

28 de setembro de 2022 - 7:00

Após um período difícil para IPOs, setores mais preparados para abertura de capital em breve são de energia, infraestrutura e saneamento

PALAVRA DO TRADER

O ótimo é inimigo do bom para um trader. O que fazer para não deixar a oportunidade passar

28 de setembro de 2022 - 6:35

Muitos traders, principalmente os iniciantes, se apegam tanto à otimização que demoram muito para colocar o setup para operar

Papo Cripto #028

“Não é hora de vender: são ciclos que passam”: histórias de um sobrevivente do bear market do mercado de criptomoedas para superar o Longo Inverno Cripto

28 de setembro de 2022 - 6:30

O convidado desta semana do Papo Cripto é Axel Blikstad, fundador da gestora BLP Crypto, responsável pelo primeiro fundo de bitcoin (BTC) do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies