🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Carolina Gama
TIO SAM EM APUROS

Dólar vai perder a majestade? Confira quem ameaça o reinado da moeda americana no mundo

Levantamento do Fundo Monetário Internacional (FMI) mostra que a participação do dólar nas reservas cambiais globais caiu abaixo de 59% no quarto trimestre do ano passado

Dolar-nota-queirmando 2
Imagem: Shutterstock

Quem é rei, nunca perde a majestade. Essa máxima ainda pode valer para muitas coisas, mas parece que não mais para o dólar.

A moeda norte-americana, que reinou absoluta como a reserva global do mundo por décadas,  agora vê as estruturas de seu império abaladas pela concorrência. 

Levantamento do Fundo Monetário Internacional (FMI) mostra que a participação do dólar nas reservas cambiais globais caiu abaixo de 59% no quarto trimestre do ano passado. 

E essa não é uma novidade. Segundo o FMI, a tendência de queda vem ocorrendo há duas décadas. 

Quem quer levar a coroa do dólar?

Algumas moedas aparecem como candidatas a levar a coroa do dólar como moeda dominante no mundo — embora nenhuma, segundo o FMI, desponte ainda como favorita ou próxima de conseguir esse feito. 

A coroa sueca, o won sul-coreano e os dólares australiano e canadense estão nessa lista, dado o interesse dos bancos centrais em reservas não tradicionais.  

Ao mesmo tempo, outras moedas de reserva tradicionais que desempenharam um grande papel internacional — incluindo o euro, o iene e a libra — não avançaram.

Além disso, as moedas de economias menores que tradicionalmente não estão em reservas são responsáveis ​​por três quartos da mudança do dólar, segundo o FMI.

A guerra ajuda a destronar o dólar

Não é só o interesse dos bancos centrais em moedas não tradicionais que tem ajudado a reduzir a supremacia do dólar como moeda de reserva global. 

Em março, o FMI alertou que as sanções ocidentais contra a Rússia por conta da invasão da Ucrânia poderiam diminuir o domínio do dólar. 

E mais: economistas do Fundo indicaram que a guerra também pode levar à adoção de criptomoedas e stablecoins, ainda que haja uma lacuna na regulamentação.

Israel, um exemplo recente

Em abril, o banco central de Israel revelou uma nova estratégia para alocar mais de US$ 200 bilhões em reservas. 

A autoridade monetária expandirá as participações para incluir os dólares canadense e australiano, o yuan e o iene. 

Segundo dados da Bloomberg, quando isso acontecer, a participação do dólar no banco central de Israel cairá de 66,5% para 61%.

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies