🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-08-09T19:00:26-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tem pregão instável, mas emplaca sexta alta consecutiva; dólar sobe

O dia foi cheio de divulgações importantes no mercado doméstico, mas o Ibovespa acabou passando por uma realização dos lucros recentes

9 de agosto de 2022
18:48 - atualizado às 19:00
Gráfico de alta das bolsas
Imagem: Shutterstock

A deflação registrada no mês de julho e a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária confirmaram o que o mercado financeiro já vinha precificando nos últimos dias — a inflação não está mais no seu pior momento e o ciclo de aperto monetário chegou ao fim. 

Mas se nos últimos dias a tendência foi de fortes ganhos na bolsa e de alívio nos juros e no câmbio, hoje o movimento foi de realização de lucros em todas as frentes. É como um velho ditado do mercado financeiro diz: sobe no boato e cai no fato. 

Agora a expectativa fica com outro indicador de inflação: o dos Estados Unidos. Após o mercado de trabalho americano ter apresentado uma melhora bem acima da projetada, os analistas temem que os preços tenham se alimentado desse combustível. O resultado foi uma queda de mais de 1% do Nasdaq nesta tarde. 

O bom balanço do Itaú Unibanco (ITUB4) e o avanço do minério de ferro trouxeram o pique necessário para que o Ibovespa fechasse o seu sexto pregão consecutivo de alta — mas apenas na reta final das negociações. O principal índice da bolsa brasileira avançou 0,23%, a 108.651 pontos. O dólar à vista se afastou das máximas mas teve ganhos de 0,32%, a R$ 5,1295

Deflação renova otimismo

Com uma série de medidas de renúncia fiscal em vigor e a queda das commodities no mercado internacional, a inflação brasileira teve a maior deflação mensal desde o início do plano Real, como já era esperado. 

O índice de preços ao consumidor (IPCA) de julho registrou queda de 0,68%, um recuo maior do que a mediana das projeções, que era de 0,66%.

Com isso, o IPCA registrou a menor queda da série histórica, iniciada em janeiro de 1980.No acumulado do ano, a inflação tem alta de 4,77% e avança 10,07% no ano.

Apesar do resultado mensal, a leitura que prevalece no mercado é a mesma indicada pelo Banco Central em sua última reunião — a meta de inflação só deve voltar a convergir em 2024. 

A divulgação do indicador casou com a ata do último encontro do BC e ajudou os analistas a recalcularem mais precisamente para qual caminho a Selic deve ir nos próximos meses. 

Em outro movimento que também já era esperado pelo mercado, a autoridade monetária seguiu deixando uma fresta aberta para um eventual ajuste residual, mas, ao que parece, o ciclo de aperto monetário chegou ao fim. 

Como esse era um cenário que já vinha sendo precificado nos últimos dias, a curva de juros também passou por uma devolução de ganhos recentes. Confira o fechamento dos principais contratos de DI nesta tarde. 

CÓDIGONOMEULT FEC 
DI1F23DI jan/2313,72%13,72%
DI1F25DI Jan/2511,89%11,76%
DI1F26DI Jan/2611,68%11,56%
DI1F27DI Jan/2711,71%11,59%

Sobe e desce do Ibovespa

As ações da Qualicorp (QUAL3) foram o principal destaque do dia, ainda repercutindo os dados recentes da Agência Nacional de Saúde suplementar (ANS), que mostrou um crescimento acima do esperado de adições de vida para operadores de saúde. 

Na sequência, o mercado repercutiu de forma positiva os números apresentados pelo Itaú no balanço do segundo trimestre. 

O Itaú registrou um lucro líquido gerencial de R$ 7,679 bilhões entre abril e junho de 2022, um crescimento de 17,4% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado também ficou 4% acima do esperado pelo consenso da Bloomberg. O retorno recorrente gerencial sobre o patrimônio líquido (ROE) foi de 20,8%. 

Confira as maiores altas do Ibovespa nesta terça-feira:

CÓDIGONOMEVALORVAR
QUAL3Qualicorp ONR$ 11,723,53%
ITUB4Itaú Unibanco PNR$ 25,982,93%
CMIG4Cemig PNR$ 12,242,68%
DXCO3Dexco ONR$ 11,152,67%
BRKM5Braskem PNAR$ 36,772,62%

Na ponta contrária, o movimento de realização de lucros observado no Ibovespa pesou — a maior parte das empresas que figuraram entre as maiores quedas do dia foram destaque nas últimas sessões. 

O pior desempenho da bolsa ficou com a CVC (CVCB3). Em relatório, os analistas do JP Morgan rebaixaram a recomendação de compra para neutra. Confira:

CÓDIGONOMEULTVAR
CVCB3CVC ONR$ 7,08-10,83%
NTCO3Natura ONR$ 16,51-9,24%
CASH3Meliuz ONR$ 1,23-8,21%
GOLL4Gol PNR$ 9,92-6,59%
BEEF3Minerva ONR$ 12,77-5,83%

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

DIVIDENDO E CAPITAL

Localiza (RENT3) vai colocar R$ 346 milhões no bolso dos acionistas, mas pode “tirar” uma parte em outra operação; entenda

26 de setembro de 2022 - 10:34

Localiza (RENT3) vai distribuir juros sobre o capital próprio (JCP), mas chama acionistas para aumento de capital que pode chegar a R$ 150 milhões

é hora de comprar?

XP inicia cobertura da Eletrobras (ELET3) com recomendação de compra e acredita que o papel pode subir 55%

26 de setembro de 2022 - 10:14

Para a XP, potencial de valorização da Eletrobras (ELET3) tem relação com forte geração de caixa e mudanças trazidas pela privatização

SEM CALMA ANTES DA TORMENTA

Fundador da Terra (LUNA) é procurado em 195 países e bitcoin (BTC) aguarda dados dos EUA: saiba o que movimenta as criptomoedas esta semana

26 de setembro de 2022 - 10:00

Caça ao fundador da Terraform Labs não interfere diretamente nas cotações da Terra (LUNA): o token LUNA salta 5,77% na manhã desta segunda-feira (26)

DÚVIDA CRUEL

Os analistas preferem as ações de shoppings, enquanto os gestores apostam em fundos imobiliários do setor — qual ativo é o ideal para a sua carteira?

26 de setembro de 2022 - 9:34

A retomada do segmento alimenta o otimismo do mercado, mas desperta dúvidas sobre qual é a melhor maneira de aproveitar o bom momento

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Nova York sobe, mas Ibovespa opera em queda acima de 1%; dólar tem forte alta e atinge R$ 5,30

26 de setembro de 2022 - 9:04

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam em tom negativo nesta segunda-feira (26). Com a agenda esvaziada, os investidores mantêm-se cautelosos com a recessão global no radar, além da expectativa da divulgação de importantes dados macroeconômicos ao longo da semana, entre eles o índice de gastos com consumo pessoal (PCE), que mede a inflação nos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies