Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-06T06:52:05-03:00
Camille Lima
ULTRAPASSADO

Bitcoin ficou pra trás: confira as 125 ações do S&P 500 que superam os retornos da criptomoeda

A valorização de 44,2% do bitcoin em 12 meses não foi o suficiente para garantir seu primeiro lugar no coração dos investidores, com Tesla e Google rendendo mais retorno nas carteiras

5 de janeiro de 2022
13:10 - atualizado às 6:52
Bitcoin recua e perde os US$ 47 mil e criptomoedas recuam hoje
Imagem: Shutterstock

Talvez a maior e mais conhecida criptomoeda do mundo não seja mais a melhor opção de investimento. Existem outros ativos – mais precisamente, 125 – do índice americano S&P 500 que renderam aos investidores bem mais no ano passado e superaram o bitcoin.

No período entre 4 de janeiro de 2021 e 3 de janeiro de 2022, 125 ações acumularam uma valorização superior ao ganho de 44,2% do bitcoin. 

Isso sem considerar os proventos. Caso os dividendos fossem incluídos, o retorno total de alguns desses papéis seria ainda maior.

Nesse intervalo, a criptomoeda viveu uma verdadeira montanha-russa – e os investidores tiveram que apertar seus cintos para aguentar os altos e baixos durante o ano.

Tesla e Musk como nocauteadores do bitcoin

O primeiro dos papéis que nocauteou o bitcoin no S&P foi a Tesla (TSLA). As ações da montadora de Elon Musk iniciaram o ano de 2022 com o pé direito, em uma valorização de 13,5%. Em 12 meses, os papéis acumularam alta de 64,4%.

O movimento de alta veio após a fabricante de veículos elétricos bater recordes em 2021, ao fabricar mais de 308 mil veículos no quarto trimestre, bem acima da mediana das projeções, de 266 mil.

No ano passado como um todo, as entregas atingiram a marca de 936 mil veículos. O número representa um avanço de cerca de 87% em relação a 2020, quando a montadora atingiu meio milhão de entregas.

Cerca de 43,90% dos analistas recomendam a compra dos papéis da fabricante, apesar de possuírem um potencial de valorização de 12 meses negativo em 27%, de acordo com dados da FactSet.

Outras empresas de destaque

A Alphabet (GOOGL), dona do Google, também se destacou em relação ao bitcoin, com aumento de 68% no preço de suas ações em 12 meses, ao sair de US$ 1.731 em 1 de janeiro para US$ 2.906 no final do ano.

Assim, a holding se consolidou como a terceira empresa pública mais valiosa do mundo, com valor de mercado de US$ 1,9 trilhão.

Do total de analistas consultados pela FactSet, 93,88% recomendam a compra dos papéis da companhia, que possuem potencial de valorização de 15% em 12 meses.

A fabricante de placas gráficas Nvidia também bateu a criptomoeda, com expansão de 129,7% em um ano. Do total, 81,40% analistas recomendam a compra das ações, que contam com potencial de valorização de 13% em um ano.

Mas a fabricante não cresceu sozinha – grande parte de sua valorização se deve justamente ao mercado de criptomoedas.

Isso porque, conforme a demanda por equipamentos aumentou devido à mineração das moedas digitais, o preço de suas placas disparou.

Mas a verdadeira vencedora foi a Devon Energy (Nyse: DVN), a maior empresa independente do setor de petróleo e gás natural dos EUA.

A companhia acumulou elevação de 182,5% no preço de suas ações em um ano. Com um potencial de valorização de 13% em 12 meses, cerca de 84,85% dos analistas recomendam a compra dos papéis.

Confira todas as 125 ações que superaram a criptomoedas:

CompanhiaCódigo da açãoMudança de preço em 1 anoAvaliações de "compra"Preço de fechamento - 3 de janeiro de 2022Preço-alvoPotencial de valorização de 12 meses
Devon Energy Corp.DVN182,50%84,85%$45,57$51,6913%
Ford Motor Co.F155,40%59,09%$21,76$20,25-7%
Marathon Oil Corp.MRO147,00%61,29%$16,87$20,8223%
Banco de AssinaturaSBNY140,80%94,44%$327,34$378,8216%
Nvidia Corp.NVDA129,70%81,40%$301,21$341,5113%
Fortinet Inc.FTNT128,90%55,17%$333,12$374,4212%
Diamondback Energy Inc.FANG128,50%85,29%$111,84$135,5821%
Bath & Body Works Inc.BBWI117,50%85,71%$69,62$90,2130%
Nucor Corp.NUE115,30%15,38%$113,04$112,40-1%
Moderna Inc.MRNA110,40%38,89%$235,05$293,4625%
Gartner Inc.ISTO103,50%50,00%$321,73$358,3311%
Arista Networks Inc.UMA REDE100,90%45,83%$142,24$134,52-5%
Extra Space Storage Inc.EXR98,80%58,82%$219,24$220,791%
Simon Property Group Inc.SPG93,60%52,38%$160,30$173,838%
APA Corp.APA90,00%43,33%$28,06$34,5723%
Seagate Technology Holdings PLCSTX88,30%39,29%$113,16$105,90-6%
ConocoPhillipsPOLICIAL86,40%86,67%$73,77$91,0923%
EPAM Systems Inc.EPAM84,50%76,47%$642,29$787,7923%
Mid-America Apartment Communities Inc.MAA84,30%38,89%$226,13$222,00-2%
Applied Materials Inc.AMAT84,10%67,86%$159,93$169,206%
CF Industries Holdings Inc.CF83,30%63,16%$70,62$70,880%
EOG Resources Inc.EOG82,80%79,41%$91,16$112,8424%
CBRE Group Inc. Classe ACBRE82,70%55,56%$108,70$128,1718%
Old Dominion Freight Line Inc.ODFL81,60%23,81%$346,37$337,31-3%
Iron Mountain Inc.IRM79,10%75,00%$51,32$47,57-7%
Robert Half International Inc.RHI79,00%38,46%$109,45$104,67-4%
Occidental Petroleum Corp.OXY78,00%44,44%$31,06$40,5230%
SVB Financial GroupSIVB77,70%70,83%$688,17$850,1924%
AutoZone Inc.AZO73,30%52,17%$2.045,11$2.170,296%
Regency Centers Corp.REG71,90%45,00%$76,12$80,065%
Johnson Controls International PLCJCI71,80%69,57%$79,35$87,3710%
Prologis Inc.PLD71,70%71,43%$164,90$167,782%
Kimco Realty Corp.KIM71,50%62,50%$24,57$26,357%
Live Nation Entertainment Inc.LYV71,40%52,94%$121,14$115,00-5%
Wells Fargo & Co.WFC70,80%70,37%$50,73$56,0310%
Intuit Inc.INTU69,90%81,82%$631,47$761,3521%
Mosaic Co.MOS69,80%45,45%$40,20$46,1815%
LKQ Corp.LKQ68,80%84,62%$58,61$65,5012%
Tractor Supply Co.TSCO68,70%51,61%$235,72$225,96-4%
Duke Realty Corp.DRE68,10%66,67%$64,56$64,931%
Alphabet Inc. Classe AGOOGL68,00%93,88%$2.899,83$3.342,7115%
KLA Corp.KLAC67,10%63,64%$435,09$443,212%
Federal Realty Investment Trust LPFRT66,20%35,00%$136,72$137,471%
Armazenamento PúblicoPSA65,90%38,89%$365,28$369,791%
Pioneer Natural Resources Co.PXD64,70%85,71%$186,89$231,3624%
Textron Inc.TXT64,60%71,43%$76,32$87,0814%
Quanta Services Inc.PWR64,50%83,33%$112,27$135,6921%
Tesla Inc.TSLA64,40%43,90%$1.199,78$879,12-27%
Eli Lilly and Co.LLY64,20%65,22%$271,73$290,167%
Raymond James Financial Inc.RJF64,10%66,67%$102,89$122,0019%
Fonte: FactSet

O longo inverno do bitcoin

Um longo inverno para o bitcoin também está se aproximando, com o tapering – a retirada dos incentivos monetários – dos Estados Unidos aumentando o receio dos investidores. O BTC está passando por um período entre halvings, ou seja, quando a recompensa dos mineradores cai pela metade.

Em 2016, aconteceu o penúltimo halving. Um ano depois, a moeda digital passou por uma valorização de 1.369%. Enquanto isso, 2018 foi o período conhecido como “o longo inverno”, quando a criptomoeda desabou 73,3%. Já 2020 foi marcado pelo último halving. 

“Eu acredito que possa ocorrer o que aconteceu em 2018 de novo, então os investidores terão um ano difícil pela frente”, disse André Franco, especialista em criptomoedas. 

*Com informações de MarketWatch e FactSet

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PRECAUÇÃO EXTRA

Cautela demais atrapalha os negócios? Não para o Bradesco (BBDC4): banco cria nova vice-presidência focada na gestão de riscos

A nova vertical abrangerá as áreas de compliance, conduta, ética e demais setores ligados à gestão de ameaças corporativas

FECHAMENTO DOS MERCADOS

Ibovespa ignora tensão pré-Fed e sobe mais de 2%, fechando no melhor nível desde outubro; dólar volta aos R$ 5,43

O dia tinha tudo para ser como ontem, mas o Ibovespa encontrou forças para voltar aos 110 mil pontos e recuperar as perdas da semana

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) sobe forte e apaga parte da queda brusca na semana; veja como operam as principais criptomoedas do mercado

Como outros ativos do risco, a moeda digital também foi afetada pelas tensões entre entre Ucrânia e Rússia nos últimos dias, mas encontrou fôlego para avançar hoje

INTERRUPÇÃO TEMPORÁRIA

Banco Central suspende sistema para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos; veja o que está por trás do bloqueio

O BC precisou interromper o funcionamento do sistema lançado ontem após enfrentar instabilidades geradas pelo grande volume de acessos

NOVA DEBANDADA?

Mais um técnico da área de Orçamento da Economia deixa cargo e expõe novo desgaste na equipe de Paulo Guedes

O movimento de saída é comum no último ano de governo, mas agora tem ocorrido mais cedo, ainda no primeiro mês de 2022

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies