2022-05-11T14:44:52-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADO NÃO CURTIU

Após resultado fraco, Qualicorp (QUAL3) lidera quedas do Ibovespa e puxa todo o setor de saúde junto

O resultado fraco da Qualicorp também pesa sobre os papéis da Rede D’Or, maior cionista da companhia

11 de maio de 2022
14:22 - atualizado às 14:44
Qualicorp - Imagem: Reprodução

O cenário macroeconômico delicado segue atrasando os planos de crescimento da Qualicorp (QUAL3) e penalizando os resultados da companhia. 

O balanço do primeiro trimestre divulgado na noite de ontem passou longe de agradar o mercado, com os números sendo classificados como fracos pela maior parte dos analistas, criando novas preocupações. A resposta do mercado pode ser sentida no desempenho das ações da companhia. 

Os papéis de QUAL3 caem mais de 8%, a R$ 10,95, puxando todo o setor de saúde para as maiores quedas do dia. A Rede D'Or, detentora de quase 30% do capital da Qualicorp, também tem forte queda, com um recuo de 45, a R$ 32,37. A rede de hospitais divulga amanhã os seus números.

Os analistas da Genial Investimentos aproveitaram o momento para revisar suas projeções para as ações da Qualicorp. Embora a recomendação siga sendo de compra, o preço-alvo foi reduzido a R$ 18,50, um potencial de alta de 53%. 

Qualicorp: os números

A operadora de saúde apresentou um lucro líquido de R$ 74 milhões no primeiro trimestre de 2022, 35,3% menor do que os R$ 114,5 milhões do ano anterior. 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 252,8 milhões, queda de 9,2% na comparação anual. A receita líquida recuou 4%, a R$ 502,2 milhões, enquanto a dívida líquida dobrou e ultrapassou a casa dos R$ 1,4 bilhão. 

Seguindo o que já vinha sendo tendência nos últimos balanços, os cancelamentos foram superiores às novas adições de vida, mesmo com as novas contratações apresentando um crescimento de 15%. 

Diante de um crescimento dos cancelamentos por inadimplência, a Qualicorp aumentou as suas provisões visando diminuir o impacto das perdas -- um crescimento de 35,5% na base anual. 

A diretoria da companhia disse estar buscando alternativas frente ao cenário desafiador, como a criação de novas estratégias de crescimento, maior mix de produtos e novos canais de atendimento. 

O que o mercado não gostou

Para a Genial Investimentos, embora o pior já pareça ter passado com relação aos reajustes acumulados e a nova onda de cancelamentos, o pior parece ter passado. O balanço, no entanto, indica um outro problema: a inadimplência. 

Segundo os analistas o cancelamento por falta de pagamento dificulta o repasse dos preços e pressiona as margens, obrigando as operadoras a realizarem um reajuste acima do esperado. "Dado uma situação macroeconômica cada vez mais incerta, que está diretamente ligada à manutenção da venda de planos de saúde no país, estamos cada vez menos otimistas com os resultados futuros da Qualicorp", aponta o relatório. 

Além da perda de vidas, o ticket médio da companhia também recuou, pressionando as receitas da Qualicorp. 

Segundo o Credit Suisse, os sinais de reversão de tendência para o aumento da carteira de clientes ainda são poucos e é um dos principais fatores que seguram uma possível alta dos papéis. 

A Qualicorp também sofreu com o impacto das comissões de vendas mais altas praticadas em 2021. 

O que o mercado gostou

Mesmo diante de um balanço bem negativo, os analistas conseguiram apontar duas linhas do resultado animadoras : o controle dos custos e o resultado financeiro. 

Os custos apresentaram uma queda na comparação trimestral e ficaram bem abaixo da inflação quando observada na base anual. A Genial, no entanto, ressalta que a queda nos gastos com marketing preocupam já que a companhia tem um objetivo de crescimento. 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Entre 65 e 380 eu compro

7 de julho de 2022

“O que vai acontecer com X?”. É uma pergunta errada e perigosa, que nem sequer deve ser formulada em decisões de investimento; entenda

OS SOBREVIVENTES

Putin vê mais um primeiro-ministro britânico cair, mas ainda precisa comer muita farinha antes de alcançar a rainha Elizabeth II

7 de julho de 2022

Boris Johnson é o quinto primeiro-ministro a cair com Putin na presidência da Rússia, mas a monarca britânica já viu muito mais que isso

FINO EQUILÍBRIO

Bitcoin (BTC) tenta começar o segundo semestre com o pé direito e criptomoedas acumulam altas na semana; confira oportunidades

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

REESTRUTURAÇÃO

TIM anuncia plano de transformação: confira se as mudanças vão atingir os negócios da TIM Brasil (TIMS3)

7 de julho de 2022

A reestruturação tem o objetivo de reduzir a dívida da operadora na Itália; as operações no Brasil não serão afetadas, de acordo com a TIM

RECONECTANDO

Após três semanas fora do ar, Binance volta a negociar criptomoedas em reais; problemas com BC serão resolvidos com nova parceira?

7 de julho de 2022

Em nota enviada à reportagem, a exchange afirma que “atua em total acordo com o cenário regulatório do Brasil”