Menu
2021-06-11T10:16:01-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
De olho em diversificação

XP mira em gestoras e compra participação na Capitânia Investimentos

Essa é a segunda aquisição da XP em quase uma semana, após adquirir uma participação na Giant Steps, gestora de fundos quantitativos

11 de junho de 2021
10:15 - atualizado às 10:16
XP Investimentos Dólar
Imagem: Montagem / Andrei Morais

De olho no crescente mercado das gestoras independentes, a XP  anunciou a compra de uma minoritária da Capitânia Investimentos. O valor do negócio não foi revelado.

A gestora é uma das mais tradicionais em estratégias de investimento em crédito privado, imobiliário e de infraestrutura e administra mais de R$ 11 bilhões em ativos.

Essa é a segunda aquisição da XP em quase uma semana. Na última sexta-feira (04), a corretora anunciou a aquisição de uma participação na Giant Steps, gestora de fundos quantitativos.

Leon Goldberg, sócio da XP, afirmou, por meio do comunicado, que a parceria entre as empresas já dura mais de dez anos e visa dar aos clientes um panorama mais completo do mercado. A corretora tem mais de 3 milhões de clientes e R$ 715 bilhões em ativos sob custódia.

A Capitânia Investimentos possui atualmente 30 fundos de investimento sob gestão, com 140 mil diferentes investidores individuais, além de mais de 80 investidores institucionais (fundos de pensão, seguradoras, gestores de patrimônio, family offices).

Ainda de acordo com a nota, a Capitânia afirma que será mantida a independência das companhias e que elas seguem sendo lideradas pela mesma equipe.

Além de Ricardo Quintero, coordenador geral, a gestora conta ainda com Arturo Profili e Caio Conca como co-responsáveis por gestão de recursos e Carlos Simonetti e Flávia Krauspenhar como co-responsáveis por relações com investidores, produtos e marketing.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Insights Assimétricos

Preparado para a Super Quarta? O que você precisa saber antes das decisões do Fed e do Copom sobre juros

Um ajuste dos juros, mantendo-os ainda abaixo do neutro (entre 5,5% e 6,5%), seria salutar. Uma alta para além disso, contudo, poderá comprometer a retomada brasileira

Caçadores de tendências

Itaú Asset lança mais 3 ETFs com foco em inovação nas áreas de saúde, tecnologia e consumo dos millennials

Gestora do Itaú agora aposta em índices de empresas globais ligadas a tendências de consumo que estão mudando a sociedade

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

As ações das novas petroleiras valem a pena?

Nos recentes movimentos de rotação de carteiras nos mercados, temos nos deparado com a dicotomia Velha Economia (empresas de segmentos tradicionais) e Nova Economia (empresas ligadas à tecnologia e novas formas de consumo). Dentro do que se convencionou chamar de Velha Economia, temos visto o destaque das empresas de commodities, justamente o forte do Brasil. […]

Problemas no paraíso

Cesp, Engie, AES Brasil e mais: seca reduz brilho de ações do setor de geração hídrica

Com menos água, as empresas geram menos em hidrelétricas, mas não ficam livres de cumprir os contratos de fornecimento de energia

Jabuti do bem?

MP da Eletrobras: contratação de térmicas a gás pode diminuir conta de luz, diz estudo da Abegás

A medida vem sendo criticada pela maioria das elétricas, que alegam que ela vai na contramão da modernização e competitividade do setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies