⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2021-03-02T18:56:51-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
calma, gente

XP considera exagerada reação do mercado à alta de impostos sobre bancos

Analistas ponderam impacto que alta do tributo terá no lucro e no valuation e mantêm recomendação de compra para Bradesco e BB

2 de março de 2021
11:51 - atualizado às 18:56
Montagem com fachada de agências dos bancos Santander, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil
Fachada de agências dos bancos Santander, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil - Imagem: Montagem Andrei Morais / Estadão Conteúdo / Shutterstock

A decisão do presidente Jair Bolsonaro de zerar os impostos federais sobre o diesel e o gás de cozinha, compensando a renúncia fiscal por meio do aumento de tributos sobre bancos pegou mal nos mercados ontem.

Hoje, as ações dos principais bancões registraram recuperação na B3 desde o início do pregão. As units do Santander (SANB11) fecharam em alta de 3,14%, as ações do Banco do Brasil (BBAS3) fecharam com ganho de 3,84%, s papéis preferenciais do Bradesco (BBDC4) tiveram valorização de 2,68% e os do Itaú Unibanco (ITUB4) avançaram 4,04%.

Os bancos sofreram ontem (1º) com a possibilidade de o governo federal aumentar a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das instituições financeiras para conseguir zerar as alíquotas de PIS e Cofins sobre a comercialização e a importação do óleo diesel e do gás liquefeito de petróleo (GLP) de uso residencial.

Enquanto a alta dos tributos era ainda rumor (o governo anunciou oficialmente a decisão à noite), os investidores já precificaram a decisão, com as ações dos bancos caindo em média 2,7%.

Não só os bancos sofreram. O Ibovespa como um todo sentiu o peso da decisão. Ainda que tenha subido 0,27%, fechando aos 110.334 pontos, o índice poderia ter fechado em uma pontuação ainda maior não fosse a medida.

Mas para os analistas da XP Investimentos, a reação foi exagerada.

Não é para tudo isso

Os analistas Marcel Campos e Paulo Gama fizeram algumas contas e constataram que um aumento permanente de 5% na CSLL teria um impacto sobre o lucro e o valuation dos bancos de aproximadamente 3,7%. 

Esse efeito não muda o cenário base deles, porque eles já consideravam a possibilidade de a CSLL dos bancos ser reajustada em junho de 2020, quando isso foi cogitado como uma forma para o governo lidar com os gastos provocados pela pandemia de covid-19.

Eles também destacaram que é preciso ponderar três questões na hora de analisar a decisão do governo federal:

  • o imposto só deve passar a valer a partir de julho;
  • o impacto é limitado para 2021; e
  • o Congresso ainda tem que aprovar a medida.

“Sendo assim, reiteramos nossa recomendação de compra para Bradesco (BBDC4) e Banco do Brasil (BBAS3) e neutra para Itaú (ITUB4) e Santander (SANB11)”, diz trecho do relatório.

Não é só a XP...

A reação dos mercados contra a decisão do governo também foi vista como exagerada por André Pimentel, sócio da consultoria Performa Partners.

Para ele, a alta da CSLL proposta não deve trazer consequências negativas para os resultados dos bancos, com base na decisão que o governo apresentou.

"Olhando para a dimensão do lucro dos bancos nos últimos trimestres, é uma parcela pequena desse lucro. Portanto, não vejo condições de esse aumento trazer algum tipo de impacto no custo de captação ou de empréstimo dos bancos", disse ele em áudio enviado ao Seu Dinheiro.

Ele admite a possibilidade de queda na rentabilidade, mas ainda assim os bancos vão continuar apresentando um desempenho "muito acima dos pares em outros países".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Menos de um mês ou uma eternidade? As tendências para os ativos brasileiros de hoje até o segundo turno das eleições

4 de outubro de 2022 - 6:04

O resultado primeiro turno da eleição dilui o risco de cauda e impulsiona os ativos locais de maneira consistente

ESTÁGIO E TRAINEE

Vivo, Bradesco e Shopee estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 8 mil

3 de outubro de 2022 - 18:38

Os processos seletivos aceitam candidaturas até o final de outubro, com início previsto a partir de janeiro de 2023

FECHAMENTO DO DIA

Eleições e rali em NY levam Ibovespa a saltar 5,5%; dólar anota a maior queda dos últimos quatro anos

3 de outubro de 2022 - 18:05

Qualquer que seja o resultado das eleições, uma peça chave para os próximos quatro anos do país já foi definida e agradou ao mercado

UM PASSO PRA TRÁS

Alívio para a libra: Reino Unido recua em parte do plano de impostos e moeda britânica sobe

3 de outubro de 2022 - 17:26

O medo de que o governo tivesse que pedir empréstimos massivos para pagar os cortes levou a libra na semana passada ao seu nível mais baixo em relação ao dólar desde 1985

EXPECTATIVA X REALIDADE

Eleições 2022: Pesquisas do Ipec e Datafolha erraram resultados das urnas em até 20 pontos percentuais nos estados

3 de outubro de 2022 - 16:57

As pesquisas acertaram que Lula despontaria na frente com o maior número de votos, mas erraram a ordem dos vencedores nos maiores colégios eleitorais do país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies