Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-03-30T18:33:09-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Imobiliária em destaque

Resultado do 4º tri faz ações da Lopes dispararem quase 20%

O destaque positivo veio para o braço financeiro da imobiliária, a CrediPronto, que registrou um volume financiado de R$ 1,066 bilhão

30 de março de 2021
15:15 - atualizado às 18:33
imóveis; dinheiro com imóveis
Imagem: Shutterstock

A Lopes Brasil (LPSB3) divulgou os resultados do quarto trimestre do ano passado, e o resultado consolidado de 2020 mostrou que o setor imobiliário segue aquecido apesar da pandemia. 

O destaque positivo veio para o braço financeiro da imobiliária, a CrediPronto, uma joint venture de financiamento com o Itaú, que registrou um volume financiado de R$ 1,066 bilhão, um aumento de 126% em relação ao quarto trimestre de 2019.

A joint venture também influenciou na receita líquida da Lopes, que registrou um aumento de 21% no mesmo período. Entretanto, as despesas da operação apresentaram um crescimento de 89% no trimestre, refletindo aumento do volume financiado.

O lucro líquido da CrediPronto, entretanto, cresceu no ano da pandemia, subindo 45% em 2020 e chegando a R$ 33 milhões no quarto trimestre, sendo que R$ 16 milhões são correspondentes a Lopes. Ou seja, mais de um terço da receita da imobiliária vem do seu braço financeiro.

Com os bons números, as ações da Lopes (LPSB3) dispararam 18,70% no pregão desta terça-feira (30), fechando a R$ 4,19.

Empreendimentos

Na comparação com o mesmo período de 2019, a empresa registrou uma alta de 16% no valor geral de vendas (VGV) dos empreendimentos da imobiliária no último trimestre de 2020. O VGV é utilizado para calcular o potencial de venda de um empreendimento.

De acordo com a empresa, o estado de São Paulo permaneceu como principal mercado da companhia, correspondendo a 73% do VGV total intermediado pelas operações próprias. A região Sul representou 9% do VGV total intermediado, permanecendo como mercado imobiliário aquecido na região, principalmente em Londrina.

As regiões Nordeste (Fortaleza) e Outros (Espírito Santo) corresponderam, respectivamente, a 9% e 6% do VGV intermediado, demonstrando a retomada do mercado imobiliário nestas regiões, em especial no Nordeste, que voltou a apresentar lançamentos novos no período. Já o Rio de Janeiro representou 2% do total, sem lançamentos no trimestre.

Perspectivas

De acordo com o relatório divulgado pela Lopes ao mercado, o total de lançamentos a serem disponibilizados para intermediação durante o ano de 2021 deve ser de  R$ 14,1 bilhões. Caso essa projeção se concretize, corresponderá a um aumento de 62% em relação ao total do ano de 2020 para toda a rede da imobiliária.

Em relação ao primeiro trimestre de 2021, a expectativa é de que o volume movimentado pela CrediPronto cresça 177% em relação ao mesmo período de 2020. 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

NA B3

Ações do setor de saúde foram as que menos sofreram em agosto

Levantamento da Teva Índices mostra que os papéis do comércio e da construção foram os mais castigados no mês passado

NÃO AGRADOU

IBP critica mudanças regulatórias na venda de combustíveis

Representante das grandes distribuidoras de combustíveis defende manutenção do modelo de exclusividade no mercado de revenda de derivados de petróleo

Tempo de entrega menor

Randon terá linha férrea própria no interior de SP

Linha férrea partirá de dentro da fábrica e percorrerá 1,5 km transportando vagões, reboques e semirreboques a um ramal principal na mesma cidade; expectativa é de que a obra fique pronta em 2023

Entrevista exclusiva

Após vender Hortifruti para Americanas, Partners Group quer investir US$ 300 milhões e lançar fundo para o varejo no Brasil

Com um total de US$ 120 bilhões sob gestão, responsável pela gestora suíça no Brasil e América Latina fala ao Seu Dinheiro sobre potenciais alvos de aquisição e “concorrência” com IPOs na B3

em busca de recursos

B3 levanta US$ 700 milhões e revisa projeção de alavancagem

Segundo operadora da bolsa brasileira, a emissão faz parte da gestão ordinária dos negócios da companhia e visa diversificar as fontes de captação a condições atrativas de financiamento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies