Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-17T15:29:21-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
Radiocash

Como encontrar negócios promissores? Líder do SoftBank na América Latina revela ‘modus operandi’ do conglomerado japonês na região

A frente dos investimentos do conglomerado japonês por aqui, Alex Szapiro explica como funciona o processo de análise de empresas executado pelo grupo

17 de novembro de 2021
15:27 - atualizado às 15:29
Alex Szapiro, líder do SoftBank na América Latina
Alex Szapiro é líder do SoftBank no Brasil e parceiro operacional do SoftBank Group International - Imagem: Arquivo pessoal

Com 48 empresas em seu portfólio, incluindo 15 dos 25 unicórnios latino-americanos, o SoftBank Latin America Fund é referência quando se trata de selecionar negócios promissores na região.

Banco Inter, MadeiraMadeira, Gympass, Quinto Andar, Mercado Bitcoin e Rappi são apenas alguns dos nomes que já receberam um cheque do Latin American Fund — fundo do conglomerado japonês voltado a investimentos na área de tecnologia da região.

Mas como escolher os possíveis vencedores em meio a tantas alternativas? Só aqui no Brasil, por exemplo, foram criadas 3,4 milhões de novas empresas no ano passado, de acordo com dados do governo federal.

Líder do SoftBank no Brasil e parceiro operacional do SoftBank Group International, Alex Szapiro explica que diversas variáveis são consideradas pelo “modus operandi” do grupo. 

“É um processo muito analítico, de fazer extrapolações de modelo de negócios, de receita, de retorno sobre o investimento, olhar os múltiplos e compará-los com o resto da indústria”, conta o executivo na edição desta semana do RadioCash, podcast da Empiricus Research apresentado por Jojo Wachsmann, sócio-fundador da Vitreo, e pelo analista Richard Camargo.

Além disso, fatores não tão ortodoxos também entram na conta: “Em muitos casos temos um time fantástico de investimento que gasta semanas em análises que chegam a 50, 60 ou 80 páginas, então tem muita ciência por trás disso. Mas tem também muita não-ciência, know how do time, apostas e diversidade”.

Longo prazo é crucial

Szapiro, que também já foi CEO da Amazon Brasil, afirma que outro ponto importante da filosofia de investimentos do SoftBank é o pensamento de longo prazo: “acho que esse é o grande desafio do venture capital, porque muitas das teses [dos negócios] não ficarão claras na semana que vem e nem no próximo mês.”

Como principal limited partner do Latin American Fund, o grupo garante a tranquilidade para permanecer no negócio pelo tempo necessário, inclusive após uma possível abertura de capital. 

“Se a empresa é boa, não necessariamente porque aconteceu o IPO [Oferta Pública Inicial, da sigla em inglês] é preciso sair. A grande frustração de um venture capital não é só uma empresa que não deu certo ou que você deixou de investir, mas é sair na hora errada”.

Alex Szapiro

Oportunidades locais

A frente do SoftBank aqui no Brasil há pouco mais de sete meses, Szapiro acompanhou o lançamento do SoftBank Latin America Fund II, que elevou para US$ 8 bilhões o total reservado para investimentos na região.

O executivo aponta que, antes da chegada do conglomerado japonês, havia uma desproporcionalidade gritante entre o tamanho da população e importância econômica da região e a quantidade de recursos disponíveis para o venture capital latino-americano.

“Temos um monte de coisas quebradas: questões em relação à educação, à burocracia, à logística, à medicina. São grandes oportunidades, grandes problemas para serem resolvidos e com muito talento disponível”.

Para ele, o SoftBank mudou esse cenário e já é possível observar a chegada de grandes fundos de growth para competir no investimento nas empresas de tecnologia. 

Ouça abaixo a íntegra do podcast RadioCash:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]

Clube anti-cripto

China acertou ao banir o bitcoin? Braço direito de Warren Buffett diz que as criptomoedas nunca deveriam ter sido inventadas

A aversão de Charlie Munger pelo bitcoin cresceu ainda mais durante a pandemia; para o bilionário, o criptoativo é “repugnante”

COMEÇAR TUDO DE NOVO

‘Um dos textos mais horríveis que já tramitaram’: relator da reforma do Imposto de Renda defende arquivamento da proposta

Angelo Coronel (PSD-BA) defende a criação de um novo texto para votação no Senado após ampla discussão com os setores que mais pagam impostos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies